Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Tipos de erosão

Você sabe distinguir os tipos de erosão? Existem causas e condições que diferem os processos erosivos. Clique aqui e entenda mais!

A erosão é uma transformação no solo e nas rochas, ou melhor, o processo de desgaste, transporte e sedimentação do solo e das rochas. Ocorre de forma natural, mas pode ser intensificada e até provocada pela ação humana.

A classificação das erosões está condicionada a fatores como o tipo de agente erosivo (a água, os ventos e os seres vivos), o relevo, a estrutura geológica do terreno erodido e os processos anteriores a que foi submetido.

Vejamos a seguir alguns dos principais tipos de erosão:

  • Erosão pluvial

É o tipo de erosão provocado pela água da chuva. Na realidade, a água das precipitações é a maior responsável pelos processos erosivos. A chuva provoca a erosão natural das rochas e agrava o processo de desgaste de solos degradados pela ação humana. A proporção da erosão, portanto, não depende apenas da intensidade e do volume de água da chuva, mas, especialmente, do tipo de tratamento dado ao terreno.

  • Erosão fluvial

Ela é ocasionada pela ação da água dos rios e córregos e aprofunda os vales em relação às terras circundantes. A erosão fluvial é agravada quando a mata ciliar é retirada, pois as margens são desgastadas pela força das águas, o que intensifica os processos de assoreamento dos rios.

  • Erosão marinha

Provocada pela ação das águas dos mares e oceanos, a erosão marinha causa o desgaste de rochas e solos litorâneos, contribuindo para a formação de praias e de paisagens costeiras, tais como as falésias.


A erosão marinha é ocasionada pela ação das águas de oceanos e mares no modelado do relevo litorâneo

  • Erosão eólica

É provocada pela ação dos ventos, que, aos poucos, vão deslocando partículas das rochas e do solo e atuando no transporte de sedimentos. Esse tipo de erosão é bem mais lento do que o ocasionado pela água e é mais perceptível em locais onde o clima apresenta baixas médias de precipitação e umidade. Veja um exemplo de erosão eólica na imagem a seguir:


Na erosão eólica, o vento é responsável por esculpir as formas de relevo por meio do transporte de materiais

  • Erosão glacial

Nas regiões em que há temperaturas negativas, há o congelamento da água contida na superfície e no subterrâneo. Quando a água congela, seu volume aumenta – ela se expande –, e essa expansão gera a movimentação em blocos, que provoca o deslocamento de material. Além disso, as partículas de água contidas nos solos quando congeladas também se movimentam, contribuindo para os processos erosivos nesses locais.

  • Erosão gravitacional

Como o próprio nome sugere, esse tipo de erosão ocorre em terrenos com alta declividade, como em cadeias montanhosas. Os materiais das áreas superiores, por força da gravidade, “caem” para as áreas inferiores. A depender da proteção do solo ou da rocha e do tipo de material, esse processo pode ser gradual ou deslocar grandes blocos rochosos.


Por Amarolina Ribeiro
Graduada em Geografia

As erosões são processos naturais que podem ser agravados pela ação humana As erosões são processos naturais que podem ser agravados pela ação humana
Por Amarolina Ribeiro

Você pode se interessar também

Geografia

Desmatamento: causas e consequências

Geografia

Erosão

Ciências

Importância das matas ciliares

Geografia

Intemperismo

Últimos artigos

Animais herbívoros

Os animais herbívoros se alimentam de algas e/ou vegetais e, portanto, ocupam sempre o nível de consumidores primários na cadeia alimentar.

Realismo no Brasil

Realismo foi um estilo de época do século XIX. No Brasil, Machado de Assis é seu maior representante.

Código de Hamurábi

Código de Hamurábi — código de leis tradicionais na Mesopotâmia — foi compilado por Hamurábi, rei da Babilônia, no século XVIII a.C.

Idade Moderna

Idade Moderna foi um dos períodos da História, iniciando-se em 1453 e finalizando-se em 1789. Foi o período dos regimes absolutistas e do surgimento do capitalismo.