Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Energia eólica

Entenda como funciona a energia eólica e descubra a importância dessa forma alternativa de geração de eletricidade.

A energia eólica não emite poluentes A energia eólica não emite poluentes

Você sabia que também é possível obter energia elétrica a partir dos ventos? É isso mesmo! Essa energia produzida pela movimentação do ar é chamada de energia eólica, que nada mais é do que o aproveitamento da força que os ventos possuem para a ativação de geradores de energia elétrica.

A energia eólica é considerada uma fonte limpa de energia, pois, diferentemente de outros recursos energéticos, não emite poluentes para o ar, evitando, portanto, o agravamento dos problemas ambientais em nível local e global. Outra vantagem da energia eólica é que os ventos são fontes renováveis de energia, ou seja, eles não se esgotam com a sua utilização, podendo ser sempre aproveitados.

O aproveitamento da energia eólica para a produção de eletricidade costuma acontecer da seguinte forma:

a) alguns parques eólicos são formados por equipamentos chamados aerogeradores, uma espécie de “catavento gigante” composto por três hélices e estruturado por um material bem leve, que é facilmente deslocado pela força do vento.

b) quando os ventos circulam sobre a área em que estão os aerogeradores, as suas hélices começam a movimentar-se, fazendo girar também um gerador que se encontra dentro do equipamento. Esse instrumento tem a função de transformar essa movimentação circular (energia mecânica) em eletricidade.

c) a energia produzida pelos parques eólicos é direcionada para um transformador e, depois, para a rede de alta tensão, onde é conduzida para as subestações, que têm a função de levar essa eletricidade toda até as residências e demais localidades.


Parque eólico em operação na cidade de Coachella, no estado da Califórnia (EUA)

Como já dissemos, essa forma de produção de energia não emite poluentes para a atmosfera, mas isso não significa que não existam pontos negativos. Dentre as desvantagens da energia eólica, podemos citar o seu alto custo de produção, os ruídos produzidos para as áreas próximas e que geram muito desconforto, a interferência em rotas de aviões e na migração de pássaros, entre outros casos. No entanto, esses problemas são menores do que os que existem em outras fontes de energia.

Entre os países que mais usam a energia eólica no mundo, os Estados Unidos estão na primeira posição, produzindo mais de 35 mil megawatts (MW) por ano. Logo após vem a China, a Alemanha e a Espanha, que também utilizam esse recurso energético em grande quantidade.

O Brasil, por sua vez, possui um alto potencial para produzir energia a partir dos ventos, principalmente nas áreas litorâneas da região Nordeste e também em algumas zonas no interior da Bahia e de Minas Gerais. Todavia, ainda faltam investimentos para a instalação dos parques eólicos, que são poucos no nosso país.


Por Me. Rodolfo Alves Pena

Por Rodolfo F. Alves Pena

Você pode se interessar também

Ciências

Eletricidade

Geografia

Energia Solar

Ciências

Energia renovável

Geografia

Fontes de Energia

Últimos artigos

Sedentarização

A sedentarização foi o processo por meio do qual os humanos abandonaram o nomadismo, fixando-se em uma localidade.

Comidas de Festa Junina

Algumas comidas de Festa Junina são: a pamonha, o milho cozido, o milho assado, a canjica, o curau, o arroz-doce, a paçoca, o mané pelado, o pé de moleque e o bolo de milho.

Lixiviação

Lixiviação é um processo de degradação do solo que consiste na retirada de seus nutrientes pela percolação da água, o que reduz sua fertilidade e pode levar à desertificação.

Ciclo do Café

O ciclo do café foi o ciclo econômico em que o café predominou na economia brasileira. Iniciou em meados do século XIX, estendendo-se até metade do século XX.