Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Agropecuária extensiva e intensiva

Conheça as diferenças existentes entre agropecuária extensiva e intensiva!

Você sabe diferenciar a agropecuária extensiva da intensiva? Você sabe diferenciar a agropecuária extensiva da intensiva?

A agropecuária é uma das principais atividades econômicas da atualidade e, ao lado do extrativismo mineral e vegetal, compõe quase que a totalidade das práticas sociais do meio rural. Os seus métodos e sistemas, no entanto, apresentam-se de formas diferentes conforme o nível de desenvolvimento tecnológico dos lugares e das condições das pessoas que realizam essa importante atividade.

Por esse motivo, em termos de classificação, dizemos que existe uma diferença entre a agropecuária extensiva e a intensiva.

A agropecuária extensiva é aquela praticada a partir de técnicas mais tradicionais e com baixo teor tecnológico. Na agricultura, ela se caracteriza pela produção com baixos investimentos e com o emprego de uma grande quantidade de trabalhadores. Na pecuária, ela ocorre com a criação de gados soltos e ocupa uma grande quantidade de terras, havendo uma menor produtividade.

Já a agropecuária intensiva ocorre de maneira oposta, ou seja, empregam-se avançados recursos tecnológicos, o que ocasiona uma menor necessidade de trabalhadores na produção, tanto na agricultura quanto na pecuária. A necessidade de ocupação de terras é menor, embora ela seja mais frequente em grandes propriedades, e a produtividade é bastante elevada.


Exemplo de criação de gado em agropecuária extensiva


Produção de leite em agropecuária intensiva, com recursos tecnológicos e confinamento

A agropecuária extensiva costuma ser praticada em áreas menos desenvolvidas economicamente, geralmente em países ou regiões em que o avanço da indústria e da urbanização ainda é recente ou não ocorreu totalmente. Já nas regiões mais modernizadas e industrializadas, o emprego de alta tecnologia da agropecuária intensiva é mais comum, o que inclui a utilização de modernos equipamentos, melhorias genéticas, uso de satélites e muitos outros recursos.


Por Me. Rodolfo Alves Pena

Por Rodolfo F. Alves Pena

Você pode se interessar também

Geografia

Agricultura

Geografia

Pecuária

Geografia

Zona rural

Últimos artigos

Sedentarização

A sedentarização foi o processo por meio do qual os humanos abandonaram o nomadismo, fixando-se em uma localidade.

Comidas de Festa Junina

Algumas comidas de Festa Junina são: a pamonha, o milho cozido, o milho assado, a canjica, o curau, o arroz-doce, a paçoca, o mané pelado, o pé de moleque e o bolo de milho.

Lixiviação

Lixiviação é um processo de degradação do solo que consiste na retirada de seus nutrientes pela percolação da água, o que reduz sua fertilidade e pode levar à desertificação.

Ciclo do Café

O ciclo do café foi o ciclo econômico em que o café predominou na economia brasileira. Iniciou em meados do século XIX, estendendo-se até metade do século XX.