Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Transporte ativo

Transporte ativo utiliza energia para garantir a movimentação de solutos contra seus gradientes. A bomba de sódio-potássio é um tipo de transporte ativo.

O transporte ativo promove a movimentação de solutos contra gradientes de concentração. O transporte ativo promove a movimentação de solutos contra gradientes de concentração.

O transporte ativo é um tipo de transporte de moléculas pela membrana plasmática em que há gasto de energia pela célula. No caso do transporte ativo, o movimento das moléculas ocorre contra seus gradientes de concentração. Isso significa que os solutos (substâncias que podem ser dissolvidas por um solvente) podem passar pela membrana plasmática da região em que estão em menor concentração para a região onde se encontram mais concentrados.

Leia mais: Osmose – como ocorre esse processo e tão comum entre as células

Resumo sobre transporte ativo

  • O transporte ativo é um tipo de transporte em que a célula gasta energia para mover solutos contra seus gradientes de concentração.

  • A bomba de sódio-potássio é um exemplo de transporte ativo.

  • O transporte ativo se diferencia do passivo, pois neste a célula não gasta energia.

O que é transporte ativo?

O transporte ativo pode ser definido como um tipo de transporte que usa energia para garantir a movimentação de solutos contra os seus gradientes de concentração, ou seja, da região de menor concentração para a de maior concentração de soluto. Assim como o transporte passivo denominado difusão facilitada, o transporte ativo necessita da ajuda de proteínas de transporte.

Contudo, neste caso, como a movimentação dos solutos ocorre contra o gradiente de concentração, a célula deve gastar energia para que o processo ocorra. As proteínas de transporte que atuam no transporte ativo são proteínas carregadoras, não sendo observada a presença de proteínas canal, como no transporte passivo.

  • Bomba de sódio-potássio

A bomba de sódio-potássio é um caso específico de transporte ativo, no qual ocorre o bombeamento de íons contra gradientes de concentração. A concentração dos íons sódio (Na+) é maior fora da célula do que no seu interior. Já a concentração do íon potássio (K+) é maior dentro da célula do que fora dela.

Observe o esquema que ilustra a bomba de sódio-potássio.

O Na+ presente no citoplasma liga-se à bomba de sódio-potássio. O ATP (molécula que fornece energia para a célula) transfere um grupo fosfato para a proteína, processo conhecido como fosforilação. A fosforilação faz com que a proteína mude a sua forma. Essa mudança de forma diminui a afinidade da proteína pelo Na+, o qual é liberado para o meio externo.

O novo formato adquirido pela proteína apresenta grande afinidade com o K+, o qual se liga à proteína e promove a liberação do grupo fosfato. Ao perder o fosfato, a proteína restaura seu formato original, o qual apresenta uma afinidade menor pelo K+. O K+ é liberado e o ciclo recomeça. Durante o bombeamento de íons, a bomba de sódio-potássio transfere três íons sódio para fora da célula a cada dois íons potássio bombeados para o seu interior.

Leia mais: Respiração celular – processo que as células realizam para obtenção de energia

Diferença entre transporte passivo e transporte ativo

Observe as principais diferenças entre o transporte ativo e o passivo.

O transporte passivo e o transporte ativo têm como objetivo garantir que substâncias atravessem a membrana plasmática. Diferenciam-se pelo fato de que, no transporte passivo, as substâncias atravessam a membrana sem que a célula gaste energia, diferentemente do transporte ativo. Além disso, neste as substâncias se movem através da membrana contra seus gradientes de concentração.

  • Videoaula sobre transporte passivo e ativo

Exercício sobre transporte ativo

Agora que você já sabe um pouco a respeito do transporte ativo, resolva a questão a seguir.

Sobre o transporte ativo, marque a alternativa incorreta:

a) O transporte ativo é um tipo de transporte através da membrana que necessita de energia.

b) Em um transporte ativo, os solutos se movem contra seu gradiente de concentração.

c) A bomba de sódio-potássio é um caso de transporte ativo.

d) No transporte ativo, as moléculas se difundem pela membrana plasmática, não sendo necessário a participação de proteínas.

e) O transporte ativo se diferencia do transporte passivo, pois neste último não há gasto de energia.

Resolução: A alternativa incorreta é a letra d. No transporte ativo, faz-se necessário a ação de proteínas de transporte, as quais atuam garantindo a movimentação de moléculas através da membrana contra os seus gradientes de concentração.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Células

Ciências

Membrana plasmática

Ciências

Transporte através da membrana

Últimos artigos

Crise de 1929

A Crise de 1929 foi a maior crise econômica da história dos Estados Unidos e do capitalismo. Foi iniciada pela quebra da Bolsa de Valores de Nova York.

Retângulo

O retângulo possui quatro lados e todos os ângulos internos medindo 90°. Essa forma geométrica está muito presente no cotidiano, como na face de caixas e nas paredes.

Paralelepípedo

O paralelepípedo é um sólido geométrico que possui todas as faces com paralelogramos. Essa forma pode ser percebida nos prédios e em caixas de sapatos.

Hiena

Hiena é um animal encontrado na África e na Ásia, bastante conhecido por seu hábito de se alimentar de carniça. Existem atualmente três espécies diferentes de hienas.