Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Respiração celular

Entenda o que é a respiração celular, um dos processos realizados pelas células com o objetivo de obter energia para suas atividades. Neste texto, explicamos de maneira resumida suas principais etapas, dando ênfase ao local onde cada uma delas ocorre e à quantidade de ATP produzida no final desse processo.

A mitocôndria é uma organela da célula eucarionte onde ocorre parte da respiração celular A mitocôndria é uma organela da célula eucarionte onde ocorre parte da respiração celular

Nossas células precisam de energia para trabalhar de maneira adequada. A maioria das células realiza respiração celular para quebrar moléculas orgânicas e produzir ATP, uma molécula que é capaz de liberar uma grande quantidade de energia. A seguir, falamos um pouco desse processo.

Respiração celular

A respiração celular é um processo em que os organismos vivos conseguem energia a partir de uma molécula orgânica, e a mais comumente utilizada é a glicose. O processo, que necessita de oxigênio, é constituído de três fases: glicólise, ciclo do ácido cítrico e fosforilação oxidativa.

A glicólise é um processo que ocorre no citoplasma da célula, e o ciclo do ácido cítrico e a fosforilação oxidativa, em células eucariontes, acontecem no interior de uma importante organela chamada de mitocôndria. Nos organismos procariontes, o ciclo do ácido cítrico acontece no citoplasma e a fosforilação na membrana plasmática.

  • Glicólise: A glicólise é um processo constituído de 10 reações químicas, em que ocorre a quebra da glicose. Ela é quebrada em duas moléculas chamadas de piruvato. No final desse processo, têm-se duas moléculas de ATP.

  • Ciclo do ácido cítrico ou ciclo de Krebs: O piruvato entra na mitocôndria e sofre uma reação química, dando origem a um composto chamado de acetil-CoA. Esse composto é o que entra no chamado ciclo do ácido cítrico. Esse ciclo consiste em oito reações que produzem importantes compostos, como quatro moléculas de gás carbônico e duas moléculas de ATP.

  • Fosforilação oxidativa: Esse é o processo final da respiração celular e caracteriza-se por uma grande síntese de ATP. Nessa etapa, podem ser formadas cerca de 26 ou 28 moléculas de ATP.

Na respiração celular, portanto, observa-se que a glicose é responsável pela formação de 30 ou 32 moléculas de ATP, molécula que funciona como uma moeda de energia para a célula. Esse ATP será fundamental para a realização das atividades celulares.


Aproveite para conferir nossa videoaula relacionada ao assunto:

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Alvéolos pulmonares

Ciências

Células

Ciências

Células procariontes

Ciências

Células procarióticas e eucarióticas

Últimos artigos

Ponto e vírgula (;)

O ponto e vírgula é um sinal de pontuação que indica uma pausa mais longa que a pausa da vírgula, mas sem interromper o enunciado, como o ponto.

Alvéolos pulmonares

Alvéolos pulmonares são estruturas que lembram pequenas bolsas e são onde ocorrem as trocas gasosas. São os responsáveis pelo aspecto esponjoso do pulmão.

Cerebelo

Cerebelo é uma parte do encéfalo e está relacionado, entre outras funções, com a manutenção do nosso equilíbrio, postura e ajuste dos movimentos corporais.

Tríplice Aliança

Tríplice Aliança foi um acordo militar assinado, em maio de 1882, por Alemanha, Áustria-Hungria e Itália, que procuravam se proteger de França e Rússia principalmente.