Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Bioluminescência

Entenda o que é bioluminescência e a importância desse fenômeno para algumas espécies.

Os vaga-lumes apresentam bioluminescência Os vaga-lumes apresentam bioluminescência

Você já ouviu falar em bioluminescência? Apesar do nome estranho, muitas pessoas já observaram esse fenômeno, principalmente aquelas que gostam de curtir as férias em locais afastados das grandes cidades, como nas fazendas, que são ricas em vaga-lumes.

A bioluminescência pode ser definida, de maneira simplificada, como a emissão de luz por organismos vivos. Essa emissão, que é observada principalmente em oceanos, pode ser vista em diferentes organismos, como o já citado vaga-lume.

Além de insetos, outros organismos possuem bioluminescência, como é o caso de bactérias, fungos, algas, cnidários, moluscos, equinodermos e até peixes. Vale frisar que, em anfíbios, répteis, aves, mamíferos e plantas, o processo de bioluminescência ainda não foi descrito.

Qual é a função da bioluminescência?

A bioluminescência não possui apenas a função de iluminar o ambiente escuro, como os faróis dos carros fazem. Essa função, na realidade, é observada em poucos grupos, como os peixes abissais, que vivem em locais com pouca iluminação.

O fenômeno da bioluminescência está relacionado, principalmente, com a comunicação dos seres vivos, sendo uma característica importante para o sucesso reprodutivo e também para a atração de presas. Em algumas espécies de fungos que apresentam esse fenômeno, teorias sugerem que a luz possa atrair organismos que ajudariam na dispersão de esporos ou ainda como forma de defesa para afastar possíveis predadores.


Algumas águas-vivas possuem bioluminescência

Como ocorre a bioluminescência?

A bioluminescência acontece graças a reações químicas que ocorrem nos corpos dos seres vivos e que liberam grande quantidade de calor. Essas reações químicas geralmente envolvem dois produtos importantes: uma proteína denominada de luciferina e uma enzima chamada de luciferase. É importante destacar que, para que essas reações aconteçam, é necessário obrigatoriamente a presença de oxigênio.

A bioluminescência apresenta alguma importância para os seres humanos?

A bioluminescência apresenta, sim, importância para os seres humanos, inclusive aplicação médica. As enzimas envolvidas no processo de bioluminescência são utilizados atualmente para observar processos biológicos, com destaque para a detecção e monitoramento de tumores. Além dessa aplicação, alguns pesquisadores estudam outras possibilidades, tais como criar árvores que brilham no escuro e que funcionariam como luminárias naturais. Seria uma bela forma de economia de energia, não é mesmo?


Por Ma. Vanessa dos Santos

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Algas

Ciências

Bactérias

Ciências

Cnidários

Ciências

Equinodermos

Últimos artigos

Cerebelo

Cerebelo é uma parte do encéfalo e está relacionado, entre outras funções, com a manutenção do nosso equilíbrio, postura e ajuste dos movimentos corporais.

Tríplice Aliança

Tríplice Aliança foi um acordo militar assinado, em maio de 1882, por Alemanha, Áustria-Hungria e Itália, que procuravam se proteger de França e Rússia principalmente.

Raposa

Raposa é um nome popular usado para se referir a alguns representantes da família Canidae, a mesma família dos cães e lobos. São animais onívoros e geralmente solitários.

Aranha-armadeira

Aranha-armadeira pode ser encontrada em todo território brasileiro. Recebe essa denominação devido à posição que assume quando se sente ameaçada.