Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Baço

O baço é o maior órgão do sistema linfático. Ele está relacionado com funções como defesa, destruição de hemácias e armazenamento de sangue.

Ilustração mostrando o baço, um dos órgãos do sistema linfático. O baço é um órgão bastante sensível que pode se romper caso ocorra grande impacto na região do abdômen.

O baço é um órgão que possui o tamanho e o formato de uma mão fechada e está situado na região do abdômen. Trata-se de um órgão de defesa do nosso organismo, atuando, por exemplo, na remoção de micro-organismos presentes no sangue. O baço também atua na destruição das hemácias velhas e plaquetas fragmentadas; além disso, atua como reservatório de sangue e, no período pré-natal, como órgão formador do sangue.

Apesar de tantas funções importantes, o baço não é considerado vital e uma pessoa pode viver sem essa estrutura. Em algumas doenças e lesões, pode ser necessária a remoção cirúrgica do baço.

Leia também: Fígado — um dos maiores órgãos do corpo humano

Resumo sobre o baço

  • O baço é o maior órgão do sistema linfático.

  • Está localizado na parte superior esquerda do abdômen.

  • Nele há intensa proliferação de células de defesa.

  • Atua na destruição das hemácias e plaquetas e também como reservatório para o sangue.

  • É considerado o órgão abdominal mais vulnerável do corpo humano.

  • Não é considerado um órgão vital, desse modo, uma pessoa pode viver sem ele.

Características do baço

O baço é um órgão que possui mesmo tamanho e formato de uma mão fechada. Em geral, possui cerca de 12 cm de comprimento e 7 cm de largura e pesa em torno de 200 g. Ele está localizado na parte superior esquerda do abdômen, contando com a proteção da porção inferior da caixa torácica. Situa-se sob o diafragma e atrás das costelas inferiores. O baço é considerado o maior órgão do sistema linfático humano.

No baço pode-se distinguir duas regiões importantes: a polpa branca e a polpa vermelha. A polpa branca consiste em tecido linfoide, enquanto a vermelha apresenta um tecido vermelho-escuro rico em sangue.

O baço é um órgão bastante delicado, estando muito suscetível a rupturas. Devido a essa característica, é considerado o órgão abdominal mais vulnerável do corpo humano. É importante destacar que fortes golpes na região do abdômen podem romper o órgão, resultando em hemorragia, que pode ser fatal.

Importância do baço

O baço é um órgão do nosso sistema linfático, estando, portanto, relacionado com a defesa do organismo. Destaca-se por ser rico em células fagocitárias (que ingerem micro-organismos) e por promover um contato íntimo entre o sangue e essas células, proporcionando defesa contra micro-organismos presentes no sangue. Bem como outros órgãos do sistema linfático, o baço origina linfócitos (células de defesa), que passam para o sangue.

O baço não é apenas um órgão responsável pela defesa, é nele também que as hemácias são destruídas quando já estão desgastadas, bem como as plaquetas são fragmentadas. No período pré-natal, o baço atua também como um órgão hematopoético, ou seja, que atua na produção de células sanguíneas. Após o nascimento, no entanto, o baço passa atuar basicamente na identificação e destruição das hemácias e plaquetas, além, é claro, de seu papel na defesa do corpo.

O baço é considerado o maior órgão do sistema linfático humano.

Vale destacar, ainda, que o baço atua como reservatório de sangue. Esse órgão sofre alterações em seu tamanho de acordo com as demandas do nosso corpo, como em caso de exercício e hemorragia. Durante o exercício muscular, por exemplo, aumenta-se a quantidade de hemácias no baço, que então as libera para que possam ajudar no transporte de oxigênio e na ativação dos músculos.

Veja também: Coração — o órgão responsável por garantir o bombeamento do sangue para o corpo todo

O baço é um órgão vital?

É importante destacar que o baço, apesar de apresentar uma série de importantes funções, não é um órgão vital para a nossa sobrevivência. Denomina-se asplenia a ausência anatômica do baço (asplenia anatômica) ou o funcionamento inadequado do órgão (asplenia funcional). A remoção cirúrgica do baço é chamada de esplenectomia e pode ser realizada quando um indivíduo sofre uma lesão grave do baço, por exemplo, ou teve um aumento exagerado dessa estrutura causado por alguma doença.

Fontes

DANGELO. J. G.; FATTINI, C. A. Anatomia Humana: Sistêmica e segmentar. 3ª edição. São Paulo: Editora Atheneu, 2007.

GUYTON, A. C.; HALL, J. E. Tratado de Fisiologia Médica. Tradução da 12ª edição. Rio de janeiro: Editora Elsevier, 2011.

JACOB, S. W.; FRANCONE, C. S.; LOSSOW, W. J. Anatomia e Fisiologia Humana. 5ª edição. Rio de Janeiro: Editora Guanabara, 1990.

JUNQUEIRA, L. C.; CARNEIRO, J. Histologia básica. 12ª edição. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 2013.

MOORE, K. L.; DALLEY, A. F.; AGUR, A. M. R. Anatomia Orientada para a Clínica. 7ª edição. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 2014.

REECE, J. B. et al. Biologia de Campbell. 10 edição. Porto Alegre: Editora Artmed, 2015. 

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Bexiga

Ciências

Coração

Ciências

Corpo humano

Ciências

Fígado

Últimos artigos

Manto terrestre

O manto terrestre é uma camada, constituída pelo magma, muito dinâmica da Terra. Situado entre a crosta e o núcleo, ocupa aproximadamente 84% do volume total do planeta.

Altitude

A altitude é a distância vertical entre um ponto na superfície da Terra e o nível do mar, sendo uma medida importante para a caracterização do relevo de uma área.

Área do cubo

A área do cubo é a medida da superfície desse poliedro. A área da base, a área lateral e a área total do cubo estão relacionadas à área do quadrado.

Roma Antiga

Roma Antiga foi uma das principais civilizações da Idade Antiga. Sua história é dividida pelos historiadores em três períodos: monarquia, república e império.