Latitude e o clima

  • Atualmente 5/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Latitude e o clima As temperaturas variam ao longo das latitudes graças à influência dos raios solares
PUBLICIDADE

As coordenadas geográficas, como nós já sabemos, são os instrumentos que utilizamos para estabelecer a localização de qualquer ponto na superfície terrestre. Assim, um dos conceitos mais importantes utilizados pelas coordenadas é o de latitude. Vamos relembrá-lo?

A latitude é a distância, em graus, de qualquer ponto da Terra em relação à Linha do Equador, lembrando que essa linha é imaginária e “corta” a Terra ao meio no sentido horizontal, dividindo o planeta em norte e sul.

As latitudes variam de 0º a 90º para o norte e de 0º a -90º para o sul. Utilizando essas numerações em combinação com as longitudes, podemos, assim, encontrar qualquer ponto na superfície terrestre.

Mas qual é a relação entra a latitude e o clima?

As latitudes interferem diretamente no clima, pois os raios do sol, responsáveis por aquecer o nosso planeta, incidem de diferentes formas ao longo do eixo norte-sul, fazendo com que o clima apresente condições diferentes conforme alteramos as latitudes.

Assim, temos que: quanto mais as latitudes aproximam-se dos polos da Terra, menores são as temperaturas. Da mesma forma, quanto mais próximas as latitudes estão da Linha do Equador, maiores são as temperaturas.

Isso ocorre porque a região que abriga as áreas que estão mais ou menos próximas à Linha do Equador (chamada de região equatorial) recebe uma quantidade mais intensa de raios solares ao longo do ano, ao passo que as regiões polares (mais próximas dos polos sul e norte) recebem em menor intensidade o calor do sol.

Diante disso, é possível até mesmo estabelecer algumas zonas climáticas, que são as faixas de latitude em que o clima se apresenta de formas diferenciadas. Confira o esquema a seguir:

Zonas climáticas da Terra explicam as diferenças de temperatura *
Zonas climáticas da Terra explicam as diferenças de temperatura *

Podemos notar, com a figura, que as Zonas Tropicais tendem a ser mais quentes. O território brasileiro está, quase todo, localizado nessas faixas, o que contribui para as médias de temperatura no nosso país serem maiores do que em outros lugares.

Por outro lado, as Zonas Temperadas, durante a maior parte do ano, apresentam temperaturas mais baixas. Em certas épocas, regiões do extremo sul do Brasil, por exemplo, apresentam um frio muito forte, chegando até a nevar em alguns casos. A região da Patagônia, no sul da Argentina, uma das áreas mais geladas do continente, também é um exemplo disso.

​A Patagônia, na Argentina, é uma área muito fria em virtude de sua latitude
A Patagônia, na Argentina, é uma área muito fria em virtude de sua latitude

Se essas regiões são frias, imaginem então as Zonas Polares! Nelas, encontram-se os polos da Terra, os locais do planeta onde se registram as menores temperaturas. O extremo norte dos continente americano, europeu e asiático sofre com o frio, que torna algumas localidades praticamente inabitáveis.

Por fim, é importante lembrar que a latitude não é o único fator que interfere no clima. Existem regiões que, mesmo estando localizadas em áreas equatoriais, são frias por causa da altitude e de inúmeros outros fatores.


Por Rodolfo Alves Pena
Graduado em Geografia

Avaliação

10.0

    Escola Kids