Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Transformando a voz ativa em passiva

Entenda como acontece a transformação da voz ativa em passiva.

Em uma oração, o sujeito pode praticar a ação (voz ativa), sofrê-la (voz passiva) ou, ao mesmo tempo, ser agente e paciente (voz reflexiva). Hoje, nossa discussão será em torno das modificações que ocorrem na passagem da voz ativa para a voz passiva.

A primeira característica a ser considerada é a predicação verbal, porque só haverá a possibilidade da transformação das vozes se o verbo for transitivo direto ou transitivo direto e indireto.

Vejamos alguns exemplos:

  1. O rapaz perdeu a carteira.
  2. A viagem foi tranquila.
  3. O avião chegou no horário previsto.

Em todos os exemplos, há a presença de um sujeito explícito, não é verdade? Entretanto, só o exemplo I permite a transformação entre as vozes. Você lembra por quê? Exatamente porque só o exemplo I possui verbo transitivo direto.

Voltemos ao exemplo I e façamos a análise sintática desse enunciado:

Sujeito simples: O rapaz

Verbo transitivo direto: perdeu

Objeto direto: carteira

Agora, visualize como ficará a oração, quando for colocada na voz passiva:

A carteira foi perdida pelo rapaz.

Ao fazermos a análise sintática da oração formada após a transformação das vozes, teremos:

Sujeito: A carteira

Locução verbal: foi perdida

Agente da passiva: pelo rapaz.

Perceba que os termos não se alteram ou sofrem apenas algumas adaptações, mas as funções sintáticas exercidas por eles são totalmente modificadas. Veja o que acontece na passagem da voz ativa para a passiva:

1.   O objeto direto transforma-se em sujeito, mas como não pratica a ação, mas a recebe, é chamado de sujeito paciente;

2.   O verbo principal ganha um “companheiro”, formando assim uma locução verbal. Entretanto, é preciso atentar para alguns fatores:

  • O verbo auxiliar deve aparecer no mesmo tempo e modo do verbo principal, no exemplo, o verbo perder estava no pretérito perfeito, portanto o verbo ser permaneceu no mesmo tempo e modo;

  • O verbo principal não desaparece na mudança de voz, mas surge no particípio, que é uma forma nominal. Portanto, ele deve concordar com o substantivo, por isso, a locução verbal do exemplo é: foi perdida, por fazer referência à carteira. 

3.   Na voz passiva, a ação não é feita pelo sujeito, mas para que haja a ação, ela precisa ser praticada por alguém, concorda? Então, por isso, há o agente da passiva, que é quem pratica a ação dentro da voz passiva. Ele posiciona-se, em geral, no final da oração e vem acompanhado de preposição.


Por Mayra Pavan
Graduada em Letras

O verbo indica quem pratica e quem sofre a ação, entretanto essas posições não são rígidas, podendo haver transformação entre as vozes verbais O verbo indica quem pratica e quem sofre a ação, entretanto essas posições não são rígidas, podendo haver transformação entre as vozes verbais
Por Escola Kids

Você pode se interessar também

Português

Vozes do verbo

Português

Núcleos dos objetos: Direto e Indireto

Português

Verbos que precisam de complementos

Português

Agente da passiva

Últimos artigos

Idade Moderna

Idade Moderna foi um dos períodos da História, iniciando-se em 1453 e finalizando-se em 1789. Foi o período dos regimes absolutistas e do surgimento do capitalismo.

Animais onívoros

Animais onívoros são aqueles que podem alimentar-se de algas ou plantas e também de outros animais. Porcos e baratas são exemplos de animais onívoros.

Réveillon e Ano-Novo

O Réveillon e o Ano-Novo são datas comemorativas de final e início de ano e remetem a comemorações diferentes.

Revolução Praieira

A Revolução Praieira foi a última revolução provincial que aconteceu no Brasil durante o período monárquico e abalou Pernambuco, de 1848 a 1850.