Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Homofonia

Homofonia: desvende o mistério das palavras homófonas.

por Escola Kids
Homofonia: igualdade fonética Homofonia: igualdade fonética

Você sabe o que é homofonia? Parece complicado, não é mesmo? Talvez você nunca tenha ouvido essa palavra antes, mas saiba que a homofonia é uma das grandes “vilãs” da Língua Portuguesa. Ela está presente em diversas situações, especialmente quando nos deparamos com aquela dúvida cruel na hora de escrever alguma palavra e não sabemos exatamente qual letra usar.

Para começarmos nossa conversa, pensemos: de onde surgiu a palavra homofonia?

A palavra homofonia é formada a partir de dois radicais gregos: homo= igual, e fonia= som. Ficou mais fácil agora, pois já temos uma pista sobre o que veremos adiante.

Homofonia é a igualdade fonética entre dois vocábulos ou entre um vocábulo e uma expressão. Na escrita, vocábulos homófonos têm uma mesma pronúncia, contudo, apresentam grafias diferentes.

Nem sempre é fácil fazer a diferenciação dos casos em que devemos empregar uma letra dos casos em que devemos empregar outra, ainda mais quando elas apresentam o mesmo som. Essas diferenças são regidas, fundamentalmente, pela história das palavras, portanto, existem algumas regras que irão nos auxiliar na escrita, tornando menos frequentes nossas dúvidas em relação à ortografia. Observe atentamente:

1- Distinção gráfica entre s, x e z:

Escrevemos com s as seguintes palavras:

adestrar – destra - destreza – escavar – escusar – esdrúxulo – esgotar – espetáculo - espectador (quem assiste a um espetáculo) – espontâneo - espremer.

Escrevemos com x as seguintes palavras:

contexto - expectador (aquele que está na expectativa) - extensão – explicar – extintor - extraordinário - extrato (coisa extraída) – pretexto – textual.

Escrevemos com z as seguintes palavras:

atrozmente - capazmente - felizmente – velozmente.

2- Distinção gráfica entre x e ch:

Escrevemos com x as seguintes palavras:

almoxarife - bruxa - embaixada - enxoval - enxugar – enxurrada – enxaqueca – faxina – graxa – lagartixa – mexer - puxar – relaxar – enxaguar – deixar – desleixo.

Escrevemos com ch as seguintes palavras:

achar - agachar – bochecha – borracha – brecha – cartucho – capacho – cachorro – capricho – chácara – chaminé – chato – chorar – churrasco – gancho – ficha – flecha – rancho – trecho.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

3- Distinção gráfica entre j e g:

Escrevemos com j as seguintes palavras:

adjetivo – cerejeira – gorjeta – hoje – injeção – jequitibá – manjedoura - lojista – majestade – sujeito – traje – sarjeta – enjeitar.

Escrevemos com g as seguintes palavras:

algema – auge – angelical – lógica – monge – viagem - passagem – estrangeiro – contágio – coragem – gengiva – ferrugem – garagem - gesto – relógio – singelo.

4- Distinção gráfica entre as letras s, ss, c, ç e x:

Escrevemos com s as seguintes palavras:

ânsia – pretensão – cansar – ascensão – aspersão – esconso.

Escrevemos com ss as seguintes palavras:

abadessa – acossar – asseiceira – benesse – crasso – egresso – dossel.

Escrevemos com c as seguintes palavras:

açafate – açorda – almaço – berço – caçula.

Escrevemos com x as seguintes palavras:

auxílio – sintaxe – próximo – máximo.

5- Distinção gráfica entre s final de palavra e x e z com idêntico valor fônico:

Escrevemos com s as seguintes palavras:

aguarrás – após – atrás – gás – quis - retrós.

Escrevemos com x as seguintes palavras:

cálix – Félix – fênix – fluxo.

Escrevemos com z as seguintes palavras:

avestruz - fiz – giz – matiz – dez – assaz.

6- Distinção gráfica entre as letras interiores s, x e z, que representam sibilantes sonoras:

Escrevemos com s:

aceso – anestesia – asa – besouro – brasa – brisa – defesa – empresa – liso – lousa – pesquisa.

Escrevemos com x as seguintes palavras:

exalar – exemplo – exibir – exorbitar – exuberante – inexato – inexorável.

Escrevemos com z as seguintes palavras:

alfazema – fuzileiro – autorizar – azar – azedo – baliza – bazar – beleza – buzina – deslizar.

Como você mesmo pôde perceber, existem regras que regem as palavras homófonas e, apesar de serem muitas, você poderá consultá-las quando houver alguma dúvida.


Por Luana Castro
Graduada em Letras
 

Você pode se interessar também

Português

O S e o SS – quando devemos utilizá-los?

Português

Homonímia

Português

O emprego das letras g e j

Português

Empregando corretamente a letra Z

Últimos artigos

Escandinávia

A Escandinávia é uma região que abrange a Península Escandinávia. Os países pertencentes a essa região assemelham-se cultural, histórica e politicamente.

Simón Bolívar

Simón Bolívar foi um dos nomes mais importantes da história sul-americana, tendo participação direta nas independências de países, como Venezuela e Colômbia.

Monarquia

Monarquia é a forma de governo mais antiga que existe no mundo, e atualmente mais de 40 países adotam-na sob dois modelos: constitucional e absoluto.

Marquês de Pombal

Marquês de Pombal ficou conhecido por ter sido o administrador de Portugal entre 1750 e 1777, promovendo reformas que fizeram parte do Reformismo Ilustrado.