Qual matéria está procurando ?

História

História

Guerra Civil Americana

Saiba mais sobre a Guerra Civil Americana e que consequências ela trouxe para os Estados Unidos.

Você já deve ter visto em várias séries de TV, filmes e mesmo em apresentações de bandas de rock do Sul dos Estados Unidos da América, como Lynyrd Skynyrd, o uso da bandeira dos Estados Confederados, isto é, aquela bandeira vermelha com duas faixas azuis em forma de “X” permeadas por estrelas brancas. Pois bem, essa bandeira simboliza a singularidade ideológica e política dos sulistas americanos e remete aos tempos da Guerra Civil Americana (1861-1865), também conhecida como Guerra de Secessão, uma das maiores guerras da modernidade e que foi travada entre os separatistas do Sul dos Estados Unidos e as forças governamentais do Norte, lideradas pelo presidente Abraham Lincoln.

Com o estabelecimento dos imigrantes ingleses na América do Norte e a consolidação da ocupação na forma das Treze Colônias, houve uma progressiva e acentuada diferença de desenvolvimento entre as colônias do Sul e as colônias do Norte. Essa diferença ficou mais nítida após a Independência. A guerra foi o clímax da tensão que se acumulara entre as duas regiões.

O Norte dos EUA ergueu-se em torno de princípios nitidamente iluministas, pautados nos ideais da liberdade, do trabalho e da pequena propriedade privada. Foi do Norte que partiu a iniciativa para o desenvolvimento da indústria na América, mas, para isso, foram tomadas medidas alfandegárias que restringiam a compra de produtos de outras regiões do mundo. Essas medidas irritavam os sulistas, que necessitavam de comprar vários produtos para a sua subsistência, que era eminentemente agrária.

No Sul, como dito, a estrutura agrária e latifundiária era predominante. Enquanto no Norte a valorização do trabalho livre e assalariado era fomentada, no Sul o trabalho escravo era a principal forma de produção nas lavouras. Os nortistas, também conhecidos como yankees, defendiam a abolição da escravidão e a diversificação da agricultura – coisa que não havia no Sul, que cultivava a modalidade da plantation, isto é, da monocultura em largas extensões de terras.

Diante das restrições políticas do Norte, os líderes sulistas reuniram-se em Montgomery e decidiram pela criação dos Estados Confederados da América, em contraposição aos estados do Norte. O Norte, que representava a unidade nacional e era governado por Abraham Lincoln, não aceitou a proposta sulista e a guerra entre as duas regiões do país estourou em 1861.

Uma das estratégias tomadas pelos nortistas para desgastar o Sul foi a desestabilização econômica. No ano de 1862, foi aprovada a Lei do Homestead, Lei de terras, que estimulou a Marcha para o Oeste. Isso fez com que as perspectivas de crescimento da nação fossem dissipadas da polaridade entre Sul e Norte e abrangessem o lado Oeste do país, no modelo da pequena propriedade proposto pelo Norte.

Essa medida fez com que o modelo escravocrata defendido pelo Sul perdesse força. Aliado a isso, o poderio militar do Norte era mais sofisticado e eficiente que o do Sul, o que fez com que a guerra tivesse fim em 1865, com a rendição dos sulistas.

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto:

Soldados do Norte dos EUA acampados durante a Guerra Civil Soldados do Norte dos EUA acampados durante a Guerra Civil
Por Cláudio Fernandes

Você pode se interessar também

História

Pais Peregrinos dos Estados Unidos

História

Segregação racial nos Estados Unidos

História

Ku Klux Klan

História

Martin Luther King

Últimos artigos

Lobisomem

O lobisomem é um homem amaldiçoado com a condição de se transformar em um ser violento, que é metade homem e metade lobo, todas as noites de lua cheia.

Sarampo

O sarampo é uma virose que pode desencadear complicações e até mesmo a morte. Causa febre, manchas no corpo e mal-estar.

Bicho-preguiça

Bicho-preguiça, também conhecido apenas por preguiça, é um animal vertebrado, mamífero, pertence à superordem Xenarthra, e habita desde a América Central até a América do Sul.

USMCA

A nova atualização do acordo trilateral entre Estados Unidos, México e Canadá foi chamada de USMCA. Esse acordo representa uma modernização da zona de livre comércio.