Qual matéria está procurando ?

História

História

Como é eleito o presidente dos EUA?

Saiba como é eleito o presidente dos EUA, entenda as duas fases da disputa eleitoral, bem como a função dos “delegados” em cada uma delas.

  • República Constitucional Federativa dos Estados Unidos da América

  • Como sabemos, os Estados Unidos da América é um país democrático, com instituições republicanas e organizado federativamente, isto é, é formado por 50 estados autônomos, todos eles vinculados ao poder central, a União. Essa unidade federativa é governada por três poderes, também autônomos, o Executivo, o Legislativo e o Judiciário. O poder Executivo é exercido por um só indivíduo que exerce as funções de Chefe de Governo e Chefe de Estado, o presidente da República.

    A estrutura da autonomia federativa dos EUA é decorrente da organização das antigas Treze Colônias. Tais colônias, antes mesmo de se tornarem independentes, já tinham autonomia administrativa interna. Com a Independência, em 1776, o sistema republicano acabou por condicionar tal autonomia a um projeto de nação unificada.

    • Como são realizadas as eleições presidenciais nos EUA?

    O processo de eleição do presidente da República dos Estados Unidos pode ser dividido em duas fases principais. A primeira fase consiste no processo de inscrição do candidato e sua indicação para a Convenção Nacional de seu respectivo partido, seja o Partido Republicano, seja o Partido Democrata. Nessa fase, efetivam-se as eleições primárias, quando são eleitos os delegados (delegates), que são escolhidos pela grande massa de eleitores para que decidam qual dos candidatos do partido irá para a disputa final – nessa fase começa o caráter indireto das eleições. Essa grande massa de eleitores não vota diretamente no presidente.

    Depois, há a fase do Colégio Eleitoral, na qual um candidato de cada partido já está escolhido e os dois vão para a disputa final. A votação no Colégio Eleitoral é feita por outros delegados, chamados de “electors”, e é realizada sempre na terça-feira após a primeira segunda-feira do mês de novembro.

    • Primeira fase: inscrição dos candidatos e as primárias

    Na primeira fase da disputa (eleições primárias), os candidatos devem registrar-se na FEC (Federal Election Commission - Comissão Federal de Eleição). Nessa fase, os “delegates” – normalmente filiados ou simpáticos aos dois partidos dominantes – definem qual candidato republicano e qual candidato democrata vai para a disputa final. Atualmente (2916), o número de “delegates” do Partido Republicano nos EUA é cerca de 2.470, e o Partido Democrata possui cerca de 3.630. Nas primárias, o candidato que consegue receber a metade dos votos mais um vence e vai para a segunda fase.

    • Segunda fase: votação no Colégio Eleitoral

    Passadas as prévias das Convenções Partidárias, os candidatos (agora únicos – apenas um por partido) receberão os votos dos “electors”, cuja quantidade varia de estado para estado, de acordo com o número de parlamentares federais. Assim sendo, o número de “electors” de cada estado dos EUA corresponde exatamente à soma do número de deputados federais e senadores que esse estado tem. Ao todo, os 50 estados dos EUA têm 538 “electors”. O estado que mais tem eleitores é a Califórnia (e por isso há uma disputa tão intensa nesse estado), com 55 “electors”. Para ser eleito, o candidato à presidência precisa ter a maioria absoluta dos votos dos delegados. Portanto, 270 votos, no mínimo. A posse ocorreu no dia 20 de janeiro e recebe o nome de Inauguration Day.


    Por Me. Cláudio Fernandes

As eleições nos EUA, ao contrário do que ocorre no Brasil, são realizadas de modo indireto As eleições nos EUA, ao contrário do que ocorre no Brasil, são realizadas de modo indireto
Por Cláudio Fernandes

Você pode se interessar também

História

Marcha para o Oeste nos Estados Unidos

História

Segregação racial nos Estados Unidos

História

Independência dos Estados Unidos

História

A luta pelos direitos civis dos negros nos Estados Unidos

Últimos artigos

Lobisomem

O lobisomem é um homem amaldiçoado com a condição de se transformar em um ser violento, que é metade homem e metade lobo, todas as noites de lua cheia.

Sarampo

O sarampo é uma virose que pode desencadear complicações e até mesmo a morte. Causa febre, manchas no corpo e mal-estar.

Bicho-preguiça

Bicho-preguiça, também conhecido apenas por preguiça, é um animal vertebrado, mamífero, pertence à superordem Xenarthra, e habita desde a América Central até a América do Sul.

USMCA

A nova atualização do acordo trilateral entre Estados Unidos, México e Canadá foi chamada de USMCA. Esse acordo representa uma modernização da zona de livre comércio.