Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Agricultura Orgânica

Entenda o que é a agricultura orgânica, qual é a sua importância e os seus aspectos principais.

A agricultura orgânica utiliza trabalho manual e sem agrotóxicos A agricultura orgânica utiliza trabalho manual e sem agrotóxicos

A agricultura orgânica é uma forma ambientalmente sustentável de se utilizar o solo para a produção, ou seja, de forma a garantir a preservação dos recursos naturais para as gerações futuras. A principal preocupação e objetivo da agricultura orgânica é garantir a saúde no consumo dos alimentos, diminuindo ou eliminando a presença de agrotóxicos e outros produtos químicos durante o cultivo.

Existem quatro princípios básicos da agricultura orgânica, a saber:

1 – respeito à natureza: considerando a necessidade de se preservar os solos, os recursos naturais, os animais etc.;

2 – diversificação de culturas: com a preocupação de desenvolver a diversidade de produtos cultivados, tanto para equilibrar o solo quanto para garantir variedade;

3 – independência entre os sistemas produtivos: de modo a separar a produção agrícola dos sistemas industriais e comerciais, ao contrário da agricultura mecanizada;

4 – o solo é um organismo vivo: o entendimento de que o solo deve ser preservado, incluindo a manutenção de seus nutrientes, micro-organismos e seres vivos em geral.

Nesse sentido, todo o processo é realizado de maneira a não empregar qualquer produto químico que possa alterar a qualidade dos elementos cultivados e nem a capacidade dos alimentos em fazer bem à saúde. Assim, fertilizantes e defensivos agrícolas são substituídos por adubos orgânicos e métodos naturais de controle de pragas, entre outras formas de cultivo.

Na maior parte dos casos, a agricultura orgânica é mantida no contexto da agricultura familiar, com pequenos produtores que utilizam, sobretudo, o trabalho manual, ou seja, sem recorrer a grandes maquinários. Além disso, em áreas de produção em maior escala, emprega-se uma grande quantidade de mão de obra, gerando mais empregos no campo. A maioria dos produtos cultivados refere-se à chamada “cultura do pobre”, que envolve basicamente aqueles alimentos que são cotidianamente consumidos pelas famílias, como arroz, feijão, verduras, frutas etc.


A agricultura orgânica prioriza a variedade na produção de alimentos

O Brasil é o décimo maior país em área destinada à agricultura orgânica. No entanto, isso equivale a apenas 0,25% de todas as terras agrícolas do país, o que revela a necessidade de se aumentar os investimentos públicos e privados nesse setor, principalmente para garantir mais alimentos saudáveis na mesa das pessoas. Os países que mais possuem agricultura orgânica são Austrália, Argentina, Estados Unidos, China e Espanha.


Por Me. Rodolfo Alves Pena

Por Rodolfo F. Alves Pena

Você pode se interessar também

Geografia

Agricultura

Geografia

Agricultura Familiar

Geografia

Agrotóxicos

Ciências

Importância econômica e ecológica dos insetos

Últimos artigos

Sedentarização

A sedentarização foi o processo por meio do qual os humanos abandonaram o nomadismo, fixando-se em uma localidade.

Comidas de Festa Junina

Algumas comidas de Festa Junina são: a pamonha, o milho cozido, o milho assado, a canjica, o curau, o arroz-doce, a paçoca, o mané pelado, o pé de moleque e o bolo de milho.

Lixiviação

Lixiviação é um processo de degradação do solo que consiste na retirada de seus nutrientes pela percolação da água, o que reduz sua fertilidade e pode levar à desertificação.

Ciclo do Café

O ciclo do café foi o ciclo econômico em que o café predominou na economia brasileira. Iniciou em meados do século XIX, estendendo-se até metade do século XX.