Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Tecidos do corpo humano

Conheça as características gerais dos tecidos do corpo humano e as principais diferenças entre eles.

Um conjunto de células exercendo a mesma função forma um tecido Um conjunto de células exercendo a mesma função forma um tecido

Sabemos que todos os seres vivos são formados por células. Alguns apresentam apenas uma célula, outros, no entanto, apresentam uma grande quantidade dessas estruturas, que podem ou não formar tecidos. Quando várias células semelhantes estão unidas e desempenham uma mesma função, dizemos que elas constituem um tecido.

O ser humano é composto por vários tecidos diferentes que apresentam funções importantes para a nossa sobrevivência. No nosso corpo são encontradas cerca de 100 trilhões de células e estas estão agrupadas em quatro tipos básicos de tecido, conhecidos como: epitelial, conjuntivo, muscular e nervoso.

O tecido epitelial apresenta células bastante juntas e com pouco material entre elas. Suas principais funções é proteger o corpo, absorver substâncias, liberar secreção (glândulas) e garantir a percepção de alguns estímulos. O tecido epitelial pode ser encontrado revestindo nosso corpo e cavidades internas e formando as glândulas.

Os tecidos conjuntivos, por sua vez, possuem células bastante separadas umas das outras e com grande quantidade de substância intercelular. Esse tipo pode ser dividido em diversos outros tipos, tais como:

  • Tecido conjuntivo propriamente dito: Apresenta como função principal unir as estruturas do corpo;

  • Tecido ósseo: Forma os ossos, que, em conjunto, formam nosso esqueleto (Ver figura abaixo);

  • Tecido adiposo: É o tecido no qual a gordura está armazenada;

  • Tecido cartilaginoso: Forma as cartilagens do corpo, como aquela encontrada em nossas orelhas;

  • Tecido hematopoiético: Responsável por formar as células sanguíneas.


Observe o tecido ósseo, um tipo de tecido conjuntivo

O tecido muscular apresenta células com grande capacidade de contração e, por isso, está relacionado com a nossa movimentação, alimentação e até mesmo com os batimentos do nosso coração. Podemos classificar o tecido muscular em três tipos principais:

  • Tecido muscular estriado esquelético: Não é capaz de contrair-se involuntariamente e é encontrado ligado aos ossos;

  • Tecido muscular estriado cardíaco: Apresenta capacidade de contrair-se involuntariamente e é encontrado exclusivamente no coração.

  • Tecido muscular não estriado: Apresenta contração involuntária e é encontrado nas vísceras, tais como intestino, estômago e útero.

Por fim, temos o tecido nervoso, que forma o nosso sistema nervoso e, consequentemente, atua no processamento de diferentes informações. A principal célula desse tecido é o neurônio, que possui como função principal transmitir os impulsos nervosos para outras células do corpo. Graças a esse tecido e, consequentemente, ao sistema nervoso, conseguimos realizar nossas atividades vitais.


Aproveite para conferir as nossas videoaulas sobre o assunto:

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Características do tecido cartilaginoso

Ciências

Características do tecido epitelial

Ciências

Características do tecido ósseo

Ciências

Coração

Últimos artigos

Epiglote

Epiglote é uma estrutura cartilaginosa que atua como uma válvula. Essa válvula se fecha durante o ato de engolir, impedindo que o alimento entre na via respiratória.

Héstia

Héstia era uma divindade presente nos mitos gregos, considerada a personificação da lareira. Era a deusa do lar, da hospitalidade e da vida doméstica.

Papiro

Papiro é uma planta aquática que era encontrada ao longo do rio Nilo e utilizada para a fabricação de uma superfície para registro de textos.

Hades

Hades era um dos deuses mais tradicionais de toda a mitologia grega, conhecido como senhor do submundo, local para onde iam as almas dos mortos para os gregos.