Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Síndrome de Down

Saiba mais sobre a Síndrome de Down, uma alteração genética que afeta um a cada 600/800 nascidos e que pode prejudicar o desenvolvimento mental do indivíduo.

A Síndrome de Down é ocasionada pela presença de um cromossomo 21 a mais Casal de jovens com Síndrome de Down

A síndrome de Down é causada por uma alteração genética no número de cromossomos de uma pessoa. É um problema que afeta um a cada 600/800 nascidos vivos no nosso país, e a incidência é a mesma independente do gênero, classe social ou etnia.

Veja também: Doenças causadas por bactérias

Como ocorre a síndrome de Down?

A espécie humana apresenta 46 cromossomos (23 pares). Uma pessoa com síndrome de Down apresenta 47 cromossomos, ou seja, um cromossomo a mais. O cromossomo excedente é o cromossomo 21 e é por isso que a síndrome é também chamada de trissomia do 21.

Características de uma pessoa com Síndrome de Down

As pessoas com síndrome de Down apresentam algumas características anatômicas bastante típicas, a saber:

  • União das sobrancelhas

  • Protusão lingual (língua para fora)

  • Face um pouco achatada

  • Olhos com leve inclinação

  • Orelha localizada mais inferiormente na cabeça

  • Cabelo fino

  • Mãos pequenas e dedos curtos

  • Prega palmar única

  • Excesso de tecido na região do pescoço

Vale ressaltar que essas características não necessariamente ocorrerão em todos os pacientes com a síndrome. Além disso, a presença de apenas uma dessas características não é suficiente para diagnosticar a pessoa com Down.

Além das alterações na anatomia, as pessoas com síndrome de Down podem apresentar alterações no sistema imunológico que as tornam mais suscetíveis a contrair doenças, problemas no coração, no sistema auditivo e na visão. Além disso, podem apresentar atrasos no desenvolvimento, falando e escrevendo mais tardiamente que outras pessoas.

Leia também: Genes — qual a sua função e importância para o ser humano?

Uma pessoa com síndrome de Down pode conviver normalmente com outras pessoas?

Sim! Uma pessoa com síndrome de Down pode conviver normalmente com outras pessoas. Existe uma série de mitos sobre essa síndrome que fazem muitos acreditarem que as pessoas com Down não sabem viver socialmente, o que não é verdade.

As pessoas com síndrome de Down podem praticar atividades físicas e frequentar a mesma escola que crianças ditas normais, porém, observa-se um aprendizado mais lento quando comparado ao de crianças da mesma idade. Vale destacar também que pessoas com a síndrome podem, inclusive, trabalhar. Hoje em dia existem muitas oportunidades de trabalho para esse grupo, principalmente por causa do estímulo de políticas públicas

Curiosidade: 21 de Março é o Dia da Síndrome de Down.


 

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Genes

Ciências

Genética

Ciências

O DNA

Últimos artigos

Comidas de Festa Junina

Algumas comidas de Festa Junina são: a pamonha, o milho cozido, o milho assado, a canjica, o curau, o arroz-doce, a paçoca, o mané pelado, o pé de moleque e o bolo de milho.

Lixiviação

Lixiviação é um processo de degradação do solo que consiste na retirada de seus nutrientes pela percolação da água, o que reduz sua fertilidade e pode levar à desertificação.

Ciclo do Café

O ciclo do café foi o ciclo econômico em que o café predominou na economia brasileira. Iniciou em meados do século XIX, estendendo-se até metade do século XX.

Arte rupestre

A arte rupestre são as obras de arte produzidas pelos hominídeos na Pré-História, destacando-se as pinturas e as gravuras.