Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Produção do vinagre

Clique e conheça como ocorre a produção do vinagre e os materiais utilizados!

Neste texto vamos explicar como é realizada a produção do vinagre, líquido que apresenta diversas utilizações no cotidiano das pessoas, como no armazenamento e preparação de alguns alimentos, no cuidado com a casa, no tratamento de algumas moléstias ou na higiene.

Antes de conhecermos como ocorre a produção, devemos saber o que é o vinagre propriamente. O vinagre é uma solução aquosa de ácido acético, ou seja, uma mistura homogênea formada por água e ácido acético (fórmula estrutural representada abaixo).


Fórmula estrutural do ácido acético

De acordo com a Legislação Brasileira, no vinagre comercial (o que compramos no supermercado), deve haver de 4% a 6 % de ácido acético, ou seja, a cada um litro de vinagre, apenas 40 a 60 mL são de ácido acético. Isso ocorre porque esse ácido em sua forma totalmente pura pode apresentar os seguintes riscos para o ser humano:

  • Como é muito volátil, se respirarmos seus vapores, pode ocorrer irritação no sistema respiratório;

  • Diarreia;

  • Vômito;

  • Lesões na boca e no trato gastrointestinal;

  • Pode gerar queimaduras de segundo grau na pele;

  • Se entrar em contato com os olhos, pode provocar cegueira.

Depois de conhecermos um pouco sobre o vinagre, vamos saber agora como ocorre sua produção.

  • A produção do vinagre


Fórmula estrutural do etanol

O vinagre é produzido a partir de uma reação química denominada de fermentação, na qual a substância orgânica etanol (C2H6O) é transformada em outra substância orgânica, o ácido acético (H4C2O2). Veja a representação dessa equação:

C2H6O + O2→ H4C2O2 + 2 H2O

A fermentação do etanol é realizada pelas bactérias acéticas, que pertencem à família Pseudomonodaceae. Algumas das bactérias que pertencem a essa família são:

  • Acetobacter aceti

  • Acetobacter pasteurianus

  • Acetobacter Xylinum


Imagens de bactérias do gênero acetobacter

Como as bactérias utilizadas na fermentação são aeróbicas (necessitam de oxigênio para se reproduzir), é comum, durante o processo de fermentação do material que foi utilizado na produção do vinagre, a formação de uma nata (chamada de mãe do vinagre) sobre a superfície do líquido. Essa nata é composta por bactérias que buscam oxigênio para realizar a sua reprodução.


Imagem demonstrando a mãe do vinagre (nata)

Os materiais que podem ser utilizados para a produção do vinagre são:

  • Vinho tinto ou branco

  • Suco de maçã

  • Suco de limão

  • Arroz

  • Cana-de-açúcar

  • Beterraba

  • Batata

  • Cevada

Como a produção do ácido acético para fazer o vinagre depende da existência do etanol, que é um álcool, podemos utilizar os produtos descritos acima (menos o vinho) desde que o carboidrato (açúcar contido nesses materiais) seja convertido em etanol.

A transformação química do açúcar em álcool, com ação da enzima zimase, é denominada de fermentação alcoólica, representada pela equação abaixo:

C6H12O6 → 2 C2H6O + 2 CO2

Diferentemente da fermentação do etanol, a fermentação alcoólica ocorre por meio de um processo anaeróbico (sem a presença de oxigênio) e é realizada por fungos (como o Saccharomyces cerevisiae) e algumas bactérias anaeróbicas.


Imagem microscópica do Saccharomyces cerevisiae


Por Me. Diogo Lopes Dias

O vinagre pode ser obtido a partir da maçã O vinagre pode ser obtido a partir da maçã
Por Diogo Lopes Dias

Você pode se interessar também

Ciências

Transformações químicas

Ciências

Ácidos e o cotidiano

Ciências

Fenômenos físicos e químicos

Ciências

Bactérias

Últimos artigos

Idade Moderna

Idade Moderna foi um dos períodos da História, iniciando-se em 1453 e finalizando-se em 1789. Foi o período dos regimes absolutistas e do surgimento do capitalismo.

Animais onívoros

Animais onívoros são aqueles que podem alimentar-se de algas ou plantas e também de outros animais. Porcos e baratas são exemplos de animais onívoros.

Réveillon e Ano-Novo

O Réveillon e o Ano-Novo são datas comemorativas de final e início de ano e remetem a comemorações diferentes.

Revolução Praieira

A Revolução Praieira foi a última revolução provincial que aconteceu no Brasil durante o período monárquico e abalou Pernambuco, de 1848 a 1850.