Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

O dente é um tipo de osso?

Afinal, o dente é um tipo de osso? Clique aqui e descubra a resposta para essa dúvida!

O dente apresenta várias características que o diferenciam dos ossos O dente apresenta várias características que o diferenciam dos ossos

De coloração esbranquiçada, resistentes e ricos em cálcio, os dentes apresentam características que os tornam semelhantes aos ossos, não é mesmo? Entretanto, o dente não é um tipo de osso. Vamos entender a diferença?

Os dentes são formados por vários minerais, tais como cálcio e fósforo. Esses mesmos minerais são componentes dos ossos, mas, nestes, também existe uma proteína chamada de colágeno. Em virtude da presença dessa proteína, o osso torna-se flexível, diferentemente dos dentes, que são estruturas bastante rígidas.

Os dentes são formados por um tecido conjuntivo chamado de dentina, que é altamente calcificado e bastante resistente. Recobrindo esse tecido, há uma camada dura e branca chamada de esmalte, considerada a substância mais rígida de todo o corpo. Quando um dente quebra-se, ele não pode ser regenerado, diferentemente dos ossos.

Os ossos, como todos sabemos, são formados por tecido ósseo, que é um tecido vivo e bastante complexo. Durante todo o desenvolvimento, os ossos são remodelados e, quando lesionados, podem regenerar-se. Vale ressaltar que o tecido ósseo apresenta três tipos de células: osteoblastos, que são responsáveis pela formação da matriz; osteócitos, que são os osteoblastos maduros; e os osteoclastos, que atuam na remodelagem.


Os ossos possuem uma medula capaz de produzir células sanguíneas

Além da composição e da capacidade de regeneração, outra importante diferença entre os ossos e os dentes é que, nos ossos, ocorre a produção de células sanguíneas (hematopoiese ou hemopoiese) em seu interior, em uma região chamada de medula óssea. Nos dentes, essa produção não é observada, apesar de a polpa, que está localizada mais internamente na dentina, assemelhar-se visualmente à medula óssea.

Curiosidade: Cientistas da Universidade de Harvard estudam técnicas para induzir a regeneração dos dentes por completo. Até o momento, os pesquisadores já conseguiram regenerar a dentina. O procedimento utilizado pelo grupo baseia-se na estimulação de células-tronco.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Características do tecido ósseo

Ciências

Cuidado com os Dentes

Ciências

Dentes

Ciências

Ossos dos membros superiores e inferiores

Últimos artigos

Comidas de Festa Junina

Algumas comidas de Festa Junina são: a pamonha, o milho cozido, o milho assado, a canjica, o curau, o arroz-doce, a paçoca, o mané pelado, o pé de moleque e o bolo de milho.

Lixiviação

Lixiviação é um processo de degradação do solo que consiste na retirada de seus nutrientes pela percolação da água, o que reduz sua fertilidade e pode levar à desertificação.

Ciclo do Café

O ciclo do café foi o ciclo econômico em que o café predominou na economia brasileira. Iniciou em meados do século XIX, estendendo-se até metade do século XX.

Arte rupestre

A arte rupestre são as obras de arte produzidas pelos hominídeos na Pré-História, destacando-se as pinturas e as gravuras.