Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Dentes

Conheça os diferentes tipos de dente e as partes básicas dessa importante estrutura.

Os dentes são estruturas resistentes encontradas na boca que cortam, amassam e trituram os alimentos. Sem os dentes, nossa alimentação deveria ser baseada em produtos com consistência pastosa ou líquida, pois não conseguiríamos reduzir o tamanho daquilo que foi ingerido e, consequentemente, estaríamos mais propícios a sufocamentos.

Nós possuímos duas dentições diferentes durante a nossa vida: a temporária ou de leite e a permanente. A temporária nasce quando completamos mais ou menos seis meses de idade, sendo substituída entre os seis e 12 anos pelos dentes permanentes. Uma criança possui 20 dentes temporários, e um adulto, 32 dentes permanentes.

Quando olhamos a boca de uma pessoa, vemos apenas uma porção do dente, estando a outra parte inserida dentro do osso. A parte visível dessa estrutura é chamada de coroa, e a parte que está dentro do osso recebe a denominação de raiz. A região de junção da raiz com a coroa é chamada de colo.

A coroa diferencia-se de um dente para outro. Enquanto umas possuem superfície mais afilada, outras são mais planas. Essa característica ajuda-nos a classificar os dentes em alguns tipos:

Incisivos: São os dentes da frente de nossa boca. Seu formato permite que eles sejam usados para cortar alimentos. Quando vamos comer uma maçã, por exemplo, utilizamos primeiro esse grupo de dentes. Na boca de uma pessoa adulta, são encontrados oito incisivos: quatro superiores e quatro inferiores.

Caninos: Possuem coroa com pontas agudas, que servem para cortar e rasgar os alimentos. Esse tipo de dente é bastante desenvolvido nos animais carnívoros. Cada pessoa adulta apresenta quatro caninos.

Pré-molares: Possuem duas pontas e ajudam a esmagar o alimento. Na boca de uma pessoa adulta, há oito pré-molares.

Molares: Possuem a coroa com superfície que apresenta várias pontas e são responsáveis por triturar o alimento. O ser humano adulto possui 12 molares.


Observe as partes básicas de um dente

Apesar das diferenças morfológicas dos dentes, todos apresentam em comum uma estrutura básica, isto é, o esmalte, a dentina e a polpa. A camada mais externa do dente é chamada de esmalte e funciona como uma cobertura protetora. Essa parte, que é translúcida, é considerada a substância mais dura do nosso corpo e é formada por fosfato de cálcio. Após o esmalte, encontra-se a dentina, uma região rica em pequenos túbulos que conectam essa parte com a região mais interna chamada polpa. Na polpa do dente encontram-se os nervos e os vasos sanguíneos.

Quando uma pessoa não cuida da saúde de seus dentes, pode surgir a cárie. Esse problema é desencadeado pela produção de ácidos pelas bactérias que se desenvolvem na boca. Esses ácidos destroem o esmalte até chegar à dentina e à polpa, onde causam bastante dor.

Leia também: Cuidado com os dentes.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Os dentes são importantes no processo de digestão e merecem, portanto, cuidados Os dentes são importantes no processo de digestão e merecem, portanto, cuidados
Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Cuidado com os Dentes

Ciências

Cáries

Ciências

Glândulas salivares

Ciências

Higiene

Últimos artigos

Pau-brasil

Pau-brasil foi o primeiro artigo que os portugueses exploraram durante a colonização. Era uma madeira conhecida por permitir a fabricação de um corante avermelhado.

Deuses gregos

Os deuses gregos formavam o chamado panteão da religião dos gregos. Na crença grega, eram imortais, mas tinham forma humana e sentimentos comuns aos dos humanos.

Macacos

Macacos são animais mamíferos da ordem dos primatas que, geralmente, são encontrados vivendo em grupos, os quais apresentam comportamento social.

Tutu

Tutu, no folclore brasileiro, é reconhecido como um monstro disforme que é muito associado com o bicho-papão, o monstro devorador de crianças.