Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Monocotiledôneas

Clique aqui e conheça um pouco mais a respeito das monocotiledôneas, um grupo de plantas angiospermas bastante conhecido por todos nós. Neste texto daremos ênfase nas principais características desse grupo de plantas, características essas que permitem diferenciá-las de outras angiospermas.

A orquídea é um exemplo de monocotiledônea. A orquídea é um exemplo de monocotiledônea.

 As monocotiledôneas são um subgrupo de plantas que pertence ao agrupamento das angiospermas. Apesar de possuírem menos representantes que as eudicotiledôneas, esse grupo é bastante conhecido por todos nós. Como exemplos de monocotiledôneas, podemos citar as gramas, orquídeas, palmeiras e bananeiras. Estima-se que existam cerca de 70 mil espécies de monocotiledôneas.

Como diferenciar uma monocotiledônea

As monocotiledôneas apresentam algumas características que nos permitem diferenciá-las das eudicotiledôneas, a saber:

• Cotilédones: as monocotiledôneas possuem apenas um cotilédone (a primeira folha que surge no embrião).

• Partes florais: geralmente, as peças florais estão em número de três ou seus múltiplos. Isso significa que as monocotiledôneas podem apresentar flores com três ou seis pétalas, por exemplo.

• Feixes vasculares: estão dispostos no caule de maneira espalhada (arranjo disperso).

• Nervuras das folhas: apresentam-se de maneira paralela.

• Raiz fasciculada ou raiz em cabeleira: as monocotiledôneas apresentam um sistema radicular formado por raízes que possuem aproximadamente o mesmo diâmetro.

• Grão de pólen: apresenta apenas um poro ou sulco (local por onde os tubos polínicos saem após a germinação). A maioria das monocotiledôneas apresenta pólen monossulcado.

É importante destacar que, apesar de apresentarem geralmente essas características, algumas monocotiledôneas podem fugir à regra.

Exemplos de monocotiledôneas


As palmeiras são plantas do grupo das monocotiledôneas.

Várias espécies de plantas que conhecemos são monocotiledôneas, sendo muito utilizadas na ornamentação e até mesmo na nossa alimentação. Entre as plantas classificadas dessa forma, podemos destacar: antúrios, lírios, orquídeas, palmeiras, gramas, arroz, trigo, aveia, cana-de-açúcar, cebola, alho, bananeira etc.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Angiospermas

Ciências

Composição da flor

Ciências

Estrutura e classificação das folhas vegetais

Ciências

Eudicotiledôneas

Últimos artigos

Epiglote

Epiglote é uma estrutura cartilaginosa que atua como uma válvula. Essa válvula se fecha durante o ato de engolir, impedindo que o alimento entre na via respiratória.

Héstia

Héstia era uma divindade presente nos mitos gregos, considerada a personificação da lareira. Era a deusa do lar, da hospitalidade e da vida doméstica.

Papiro

Papiro é uma planta aquática que era encontrada ao longo do rio Nilo e utilizada para a fabricação de uma superfície para registro de textos.

Hades

Hades era um dos deuses mais tradicionais de toda a mitologia grega, conhecido como senhor do submundo, local para onde iam as almas dos mortos para os gregos.