Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Eudicotiledôneas

Clique aqui e aprenda um pouco mais a respeito das plantas conhecidas como eudicotiledôneas. Neste texto, falaremos a respeito desse principal grupo de angiospermas, destacando as características que permitem diferenciá-las das monocotiledôneas e citando algumas de suas principais famílias.

A roseira é um exemplo de eudicotiledônea, e sua flor é muito usada na ornamentação. A roseira é um exemplo de eudicotiledônea, e sua flor é muito usada na ornamentação.

Eudicotiledôneas é um grudo de angiospermas que se destaca por englobar cerca de 170 mil espécies, o que corresponde a mais de dois terços das espécies de angiospermas. Denominamos de eudicotiledôneas o grupo que apresenta como característica principal a presença de um pólen com três aberturas (pólen tricolpado).

Anteriormente, costumávamos dividir as angiospermas em monocotiledôneas e dicotiledôneas. Entretanto, após analisar o DNA de uma série de espécies, percebeu-se que algumas não se enquadravam no grupo das dicotiledôneas, por isso, alterou-se essa classificação. Assim, separaram-se algumas espécies e criou-se o grupo das eudicotiledôneas.

Leia também: Monocotiledôneas

Características principais das eudicotiledôneas

As eudicotiledôneas possuem características que permitem diferenciá-las do grupo das monocotiledôneas. Entre as características marcantes desse grupo, temos:


Observe algumas características que são típicas das eudicotiledôneas.

  • Partes florais: geralmente, as eudicotiledôneas possuem elementos florais em múltiplos de quatro ou cinco. Isso significa que é comum encontrar flores com quatro ou cinco pétalas nesse grupo.

  • Pólen: o pólen apresenta três poros ou sucos e é chamado de triaperturado.

  • Cotilédones: essas plantas apresentam dois cotilédones (folhas que primeiro surgem no embrião).

  • Nervura das folhas: as nervuras apresentam um padrão ramificado como as linhas na palma da nossa mão.

  • Feixes vasculares no caule: os feixes vasculares (feixes formados por xilema e floema, ambos tecidos de condução do vegetal) estão dispostos no caule em um arranjo em anel.

Leia também: Tecidos vegetais

  • Raízes: as raízes das eudicotiledôneas são pivotantes. Nesse tipo de raiz, é possível observar uma raiz principal, de onde partem outras.

  • Caule com crescimento secundário: Nas eudicotiledôneas, é comum observar o crescimento secundário, ou seja, o crescimento do caule em espessura.

Famílias de eudicotiledôneas


O cafeeiro é uma espécie de eudicotiledônea que apresenta grande importância econômica.

As eudicotiledôneas apresentam mais de 300 famílias, algumas muito importantes para o ser humano. A família Asteraceae, por exemplo, é a maior família das angiospermas e inclui como representantes as margaridas, que possuem grande valor ornamental. A família das leguminosas (Fabaceae) destaca-se por incluir espécies de grande importância econômica, tais como os feijões. Já a família das rosáceas (Rosaceae) destaca-se por apresentar espécies ornamentais, como as roseiras, e também plantas cujos frutos servem como alimento, como morango, pêssego e maçã.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Estrutura e classificação das folhas vegetais

Ciências

Monocotiledôneas

Ciências

Tecidos vegetais

Últimos artigos

Sistema imunológico

Sistema imunológico nos ajuda a evitar uma série de doenças, sendo uma rede de proteção eficiente e fundamental para nossa sobrevivência.

Ponto e vírgula (;)

O ponto e vírgula é um sinal de pontuação que indica uma pausa mais longa que a pausa da vírgula, mas sem interromper o enunciado, como o ponto.

Alvéolos pulmonares

Alvéolos pulmonares são estruturas que lembram pequenas bolsas e são onde ocorrem as trocas gasosas. São os responsáveis pelo aspecto esponjoso do pulmão.

Cerebelo

Cerebelo é uma parte do encéfalo e está relacionado, entre outras funções, com a manutenção do nosso equilíbrio, postura e ajuste dos movimentos corporais.