Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Lixo orgânico

Você sabe o que é lixo orgânico? Clique aqui e descubra as características desse lixo, o que diferencia um lixo orgânico de um lixo inorgânico e como o lixo orgânico pode ser um problema para o meio ambiente. Além disso, falaremos um pouco a respeito da compostagem, uma técnica que permite o aproveitamento do lixo orgânico.

O lixo orgânico é aquele que apresenta origem biológica O lixo orgânico é aquele que apresenta origem biológica

O lixo orgânico é todo resíduo originado de um organismo vivo e que pode ser atacado por organismos decompositores. Isso significa que restos de alimento de origem animal ou vegetal fazem parte desse grupo. Geralmente o lixo orgânico é produzido nas residências, escolas, empresas e até mesmo pela própria natureza.

Leia também: 15 curiosidades sobre o lixo
 

Lixo orgânico e inorgânico

Como dito, o lixo orgânico possui origem biológica. O lixo inorgânico, por sua vez, é aquele formado por materiais produzidos pelo homem, tais como plástico, metal, vidro e borracha.

Geralmente o lixo inorgânico é mais volumoso que o lixo orgânico, mas isso não significa que o lixo orgânico não seja um problema. O lixo orgânico está relacionado com a atração de animais, que muitas vezes são vetores de doença, além de formar o chorume – material líquido de cor escura e odor desagradável. O chorume é altamente contaminante e pode infiltrar-se no solo, contaminando a água subterrânea.


Os restos dos nossos alimentos fazem parte do lixo orgânico

Não podemos nos esquecer também dos danos ocasionados pelo lixo inorgânico. Por não ser decomposto com facilidade, passa grandes períodos de tempo no ambiente, afetando o meio e os organismos que nele vivem. Vale salientar, no entanto, que grande parte do lixo inorgânico pode ser reciclada, diminuindo, dessa forma, sua quantidade no ambiente e também reduzindo o uso dos recursos naturais.

Leia também: Tempo de decomposição do lixo
 

Para que serve o lixo orgânico?

Muitas vezes imaginamos que o lixo não apresenta nenhuma utilidade, entretanto, estamos completamente enganados. O lixo orgânico pode ser utilizado, por exemplo, na produção de adubo orgânico, o qual pode ser utilizado na agricultura.

O lixo orgânico é transformado em adubo orgânico na compostagem, um processo que funciona como uma reciclagem do lixo orgânico. Para isso, micro-organismos são utilizados para realizar a decomposição do material orgânico, sob condições adequadas de temperatura e umidade, por exemplo.

Como exemplos de materiais que podem ser usados na compostagem, podemos destacar as cascas de árvore, folhas verdes e estrume de animais. Vidros, plásticos, metais e pedras, por exemplo, não são utilizados na compostagem. Carnes também não devem ser utilizadas, uma vez que estão muito relacionadas com a atração de animais.


A compostagem é uma espécie de reciclagem do lixo orgânico.

Vale destacar que a compostagem pode ser feita até mesmo em casa. Existem diferentes formas de se realizar o processo, sendo uma delas a compostagem em forma de pilha. Para isso, basta escolher um local adequado, que pode ser até mesmo um local de solo impermeável. Posteriormente, deve-se fazer uma pilha intercalando camadas de restos de alimentos com plantas. De tempos em tempos, deve-se revirar a pilha. O composto estará pronto quando possuir cor escura e cheiro de terra.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

15 curiosidades sobre o lixo

Ciências

Coleta seletiva de lixo

Ciências

Minhoca

Ciências

Reciclagem

Últimos artigos

Milagre econômico brasileiro

Milagre econômico brasileiro foi um período da Ditadura Militar no qual a economia brasileira apresentou grande crescimento e importantes obras públicas foram realizadas.

Manto terrestre

O manto terrestre é uma camada, constituída pelo magma, muito dinâmica da Terra. Situado entre a crosta e o núcleo, ocupa aproximadamente 84% do volume total do planeta.

Altitude

A altitude é a distância vertical entre um ponto na superfície da Terra e o nível do mar, sendo uma medida importante para a caracterização do relevo de uma área.

Área do cubo

A área do cubo é a medida da superfície desse poliedro. A área da base, a área lateral e a área total do cubo estão relacionadas à área do quadrado.