Reciclagem

  • Atualmente 1/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Reciclagem Plástico é um exemplo de material que pode ser reciclado
Por Vanessa Sardinha dos Santos
PUBLICIDADE

A reciclagem é um processo por meio do qual objetos já utilizados são transformados em matéria-prima para a criação de um novo produto. Na reciclagem, conseguimos reinserir um resíduo no ciclo produtivo, o que tem um impacto muito positivo no meio ambiente.

Leia também: 15 curiosidades sobre o lixo

Importância da reciclagem

Como vimos, a reciclagem garante que resíduos sejam transformados em matéria-prima para a fabricação de um novo produto. Desse modo, o resíduo não será lançado no ambiente nem será necessário captar nova matéria-prima. Esse processo, portanto, garante a redução do lixo em nosso planeta e também uma diminuição da utilização dos recursos naturais, que muitas vezes não são renováveis. Além disso, devemos destacar a importância da reciclagem para a geração de empregos.

Ao separar o lixo que pode ser reciclado, estamos ajudando o meio ambiente
Ao separar o lixo que pode ser reciclado, estamos ajudando o meio ambiente

Tipos de reciclagem

Vários materiais podem ser reciclados, e as técnicas utilizadas para isso dependem do produto que será usado no processo. Os principais tipos de reciclagem são:

  • Reciclagem do papel: nesse processo são reciclados, por exemplo, jornais, revistas, caixas de papelão e embalagens de papel. Pode ser feita por processo industrial ou doméstico, por meio de processos que se baseiam na formação de uma pasta com o papel que será reciclado.

  • Reciclagem do plástico: nesse processo são reciclados, por exemplo, garrafas PET e embalagens plásticas. O plástico pode ser reciclado de três formas básicas: reciclagem mecânica, química e energética.

Garrafas PET e embalagens podem ser recicladas
Garrafas PET e embalagens podem ser recicladas

  • Reciclagem do metal: nesse processo são reciclados, por exemplo, latas de alumínio e de produtos alimentícios. O material será derretido.

  • Reciclagem do vidro: nesse processo são reciclados, por exemplo, potes de alimentos, garrafas e cacos de vidro. O vidro será submetido a altas temperaturas.

Leia também: Tempo de decomposição do lixo

Cores da coleta seletiva

Cor da lixeira indica o material que deve ser depositado
Cor da lixeira indica o material que deve ser depositado

Você já deve ter percebido lixeiras de cores diferentes nas ruas brasileiras ou em determinados locais. Essas cores representam o material que deve ser colocado em cada uma delas, garantindo, desse modo, a coleta seletiva e separando o que pode ser reciclado daquilo que não pode. As cores da coleta seletiva, de acordo com o Conselho Nacional do Meio Ambiente, são:

AZUL: papel/papelão

VERMELHO: plástico

VERDE: vidro

AMARELO: metal

PRETO: madeira

LARANJA: resíduos perigosos

BRANCO: resíduos ambulatoriais e de serviços de saúde

ROXO: resíduos radioativos

MARROM: resíduos orgânicos

CINZA: resíduo geral não reciclável, misturado ou contaminado não passível de separação

A maioria das cidades já possui coleta seletiva. Entretanto, se na sua cidade não houver esse serviço, isso não deve ser motivo para deixar de fazer a separação do material que pode ser reciclado. Assim que realizar a separação, basta entrar em contato com a Cooperativa de Reciclagem ou Associação de catadores mais próxima de sua residência.

Avaliação

2.0

    Escola Kids