Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Como o sabão funciona?

Descubra aqui como o sabão funciona e por que a água não consegue remover gordura sozinha.

Como será que o sabão ajuda a água na lavagem dos pratos? Como será que o sabão ajuda a água na lavagem dos pratos?

Você já tentou lavar os pratos usando somente água? Não dá muito certo, não é?! Por que a água sozinha não consegue remover a gordura e a sujeira? Isso acontece porque a composição desses materiais é bem diferente da composição da água, o que dificulta que eles se misturem.

Dizemos que as moléculas de água são polares, ou seja, elas apresentam partes que são carregadas: uma parte é positiva e outra é negativa. Já as gorduras e os óleos são apolares, o que significa que suas moléculas não possuem carga. Assim, as moléculas polares da água não conseguem penetrar nas moléculas de gordura e arrastá-las. É por esse mesmo motivo que o óleo não se mistura com a água, como mostra a figura a seguir:


Água e óleo não se misturam porque a água é polar e o óleo é apolar

Outro problema é que as moléculas de água formam uma espécie de “pele” ou “película” que dificulta ainda mais que ela penetre nas sujeiras. Essa fina camada é chamada de tensão superficial da água. Sua formação ocorre porque a parte positiva de uma molécula de água atrai a parte negativa de outra molécula de água e assim sucessivamente.

Desse modo, as moléculas ficam bem juntinhas, principalmente as moléculas da superfície, formando a película que falamos. A ilustração a seguir mostra como as moléculas de água (simbolizadas pelas bolas azuis) atraem uma às outras e criam uma tensão superficial:


A tensão superficial é uma “película” formada pelas forças de atração entre as moléculas de água da superfície

Uma prova que a água possui realmente essa “película” é mostrada na imagem a seguir, em que um inseto consegue andar em cima da água:


Inseto sobre a água em razão da tensão superficial intensa

Assim, para conseguir limpar as gorduras e as sujeiras, precisamos usar o sabão. Mas como o sabão funciona? Como ele limpa?

Basicamente, o sabão consegue “quebrar” essa “película” da água, permitindo que ela penetre nos materiais e remova a sujeira. É por isso que o sabão muitas vezes é chamado de agente tensoativo ou surfactante, pois ele diminui a tensão superficial da água. É como se o sabão deixasse a água mais “molhada”, entende?!

Mas como ele consegue isso? Para entender, olhe a imagem a seguir que apresenta a estrutura de um sabão:


Estrutura típica de um sabão

Veja que o sabão possui uma parte que é apolar (assim como a gordura e o óleo) e outra parte que é polar (assim como a água). Desse modo, a parte apolar da molécula do sabão interage com as moléculas apolares das gorduras e dos óleos, e a parte polar interage com as moléculas polares da água.

As moléculas do sabão distribuem-se e formam micelas, como a figura a seguir mostra:


Micela de sabão envolvendo gordura

Observe que a parte apolar das moléculas do sabão envolve a partícula gordurosa, que é arrastada pela água que está em contato com a parte polar do sabão voltada para fora. Assim, as micelas formadas pelo sabão ajudam a remover a sujeira gordurosa.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Por Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Você pode se interessar também

Ciências

Como fazer um amaciante de roupas

Ciências

Filtração comum

Ciências

Higiene corporal | Ensino Fundamental I

Ciências

Por que a pele dos pés e mãos enruga na água?

Últimos artigos

Crise de 1929

A Crise de 1929 foi a maior crise econômica da história dos Estados Unidos e do capitalismo. Foi iniciada pela quebra da Bolsa de Valores de Nova York.

Retângulo

O retângulo possui quatro lados e todos os ângulos internos medindo 90°. Essa forma geométrica está muito presente no cotidiano, como na face de caixas e nas paredes.

Paralelepípedo

O paralelepípedo é um sólido geométrico que possui todas as faces com paralelogramos. Essa forma pode ser percebida nos prédios e em caixas de sapatos.

Hiena

Hiena é um animal encontrado na África e na Ásia, bastante conhecido por seu hábito de se alimentar de carniça. Existem atualmente três espécies diferentes de hienas.