Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Atos reflexos

Entenda o que são atos reflexos e descubra como ocorrem, quais as estruturas envolvidas e a importância dessas respostas para o organismo.

O reflexo de levantar a perna após o toque do martelo no joelho é um exemplo de ato reflexo O reflexo de levantar a perna após o toque do martelo no joelho é um exemplo de ato reflexo

Você já reparou que, quando colocamos a mão em uma chapa quente, retiramo-la bem rapidamente, antes mesmo de sentir a dor? Essa nossa reação rápida a um estímulo é denominada de ato reflexo e é uma resposta exclusivamente medular.

→ O que são os atos reflexos?

Os atos reflexos são respostas rápidas e involuntárias, isto é, independentes de nossa vontade, que nosso corpo gera diante de determinados estímulos. Essa resposta é gerada pela própria medula, o que significa dizer que a mensagem gerada pelo estímulo não precisa chegar ao cérebro para que uma resposta seja criada.

Levando em consideração o exemplo citado no início deste texto, a mensagem chegaria até a medula, a qual enviaria uma resposta antes de nosso cérebro processar que estamos passando por uma situação de perigo. A resposta ao estímulo (calor) é tão rápida que tiramos a mão antes mesmo de sentirmos a dor. Essa, portanto, é uma resposta rápida, involuntária e medular.

→ Que estruturas estão envolvidas nos atos reflexos?

De uma maneira resumida, podemos dizer que, para ocorrer o ato reflexo, as seguintes estruturas são necessárias:


Observe as estruturas envolvidas no ato reflexo

  • Receptor;

  • Neurônio sensitivo;

  • Neurônio associativo (que nem sempre está presente na produção de atos reflexos);

  • Neurônio motor;

  • Órgão efetuador.

Esses elementos formam o arco-reflexo, responsável pelo ato reflexo.

→ Como ocorre um ato reflexo?

O ato reflexo, como dito anteriormente, é uma ação totalmente involuntária, que ocorre muito rapidamente e que envolve a medula espinhal. Esse ato é produzido da seguinte forma:

  • Um receptor percebe um estímulo;

  • Um neurônio sensitivo leva uma mensagem sobre esse estímulo até a medula espinal;

  • Caso exista um neurônio associativo, ele transmitirá uma mensagem para o neurônio motor;

  • O neurônio motor, então, levará uma resposta ao órgão efetuador, que pode ser, por exemplo, um músculo.

No caso de tocar uma chapa quente, um receptor em nosso corpo sente o calor. Então, um neurônio sensitivo leva a mensagem sobre esse estímulo (o calor) até a medula, a qual gera uma resposta que é levada pelo neurônio motor até o músculo que nos faz retirar a mão da área quente. Percebemos, portanto, que esses atos reflexos são extremamente importantes para nosso organismo, pois nos garantem proteção rápida e eficaz.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Encéfalo

Ciências

Neurônios

Ciências

Sistema nervoso

Ciências

Tecido nervoso

Últimos artigos

Símbolos nacionais

Símbolos nacionais são quatro símbolos que, por determinação da nossa lei, representam a nação brasileira.

Guerra do Contestado

Guerra do Contestado foi um conflito que se estendeu de 1912 a 1916 e mesclou insatisfação social com messianismo religioso.

Encontro vocálico

O encontro vocálico ocorre quando uma vogal e uma semivogal aparecem uma depois da outra em uma palavra. Há três tipos de encontro vocálico: o ditongo, o tritongo e o hiato.

Transporte passivo

Transporte passivo garante o transporte de substâncias através da membrana plasmática sem que ocorra o gasto de energia. A osmose é um tipo de transporte passivo.