Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Articulações

Aprenda mais sobre as articulações, conexões entre os ossos que mantêm o esqueleto unido e que nos tornam capazes de realizar movimentos.

As articulações garantem que nosso esqueleto consiga movimentar-se As articulações garantem que nosso esqueleto consiga movimentar-se

As articulações, também chamadas de junturas, são o local de conexão entre os ossos. A função das articulações é garantir que os ossos do esqueleto permaneçam unidos e que sejamos capazes, por exemplo, de nos movimentar.

Classificação das articulações

As articulações podem ser classificadas de diferentes formas, sendo uma delas a capacidade de movimentação. Utilizando esse critério, temos:

  • Diartroses: São articulações que permitem aos ossos realizar grandes movimentos. Nelas, geralmente, encontra-se uma cápsula que liga a extremidade de um osso a outro e possui líquido em seu interior (líquido sinovial). Esse líquido ajuda, principalmente, no deslizamento dos ossos, atuando como um lubrificante. A presença de cartilagem entre os ossos, além de diminuir o atrito, atua como amortecedor.

  • Sinartroses: São articulações que não garantem movimentos entre os ossos ou proporcionam pequenos movimentos.

Podemos classificar ainda as articulações do tipo sinartrose de acordo com o tecido que une um osso a outro. Elas são:

  • Sinostoses: Nesse caso, há articulações sem nenhuma movimentação e com tecido ósseo entre os ossos. Pode-se observar a existência dessas articulações no crânio de idosos.

  • Sincondroses: Nesse tipo de articulação, o movimento é limitado, e os ossos são unidos por cartilagem hialina. É essa, por exemplo, a articulação existente entre a primeira costela e o osso esterno.

  • Sindesmoses: Observa-se também uma pequena movimentação nessas articulações, e o tecido encontrado entre os ossos é do tipo conjuntivo denso. A articulação entre a tíbia e a fíbula são um exemplo desse tipo de articulação.

Artrite reumatoide

Um problema bastante comum nas articulações é a chamada artrite reumatoide, uma doença crônica que tem como característica principal a inflamação das articulações. Se não tratada adequadamente, essa doença pode levar à destruição das articulações, causando deformidades e, até mesmo, limitando movimentos, o que traz impacto negativo sobre a vida das pessoas acometidas.

Ainda que não exista cura para a artrite reumatoide, um tratamento adequado diminui as chances de complicações mais graves. Com a finalidade de diminuir a inflamação das juntas e, dessa forma, melhorar a qualidade de vida do paciente, o tratamento deve ser feito com um reumatologista.


Por Ma. Vanessa dos Santos


Aproveite para conferir nossas videoaulas relacionadas ao assunto

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

10 curiosidades sobre o esqueleto

Ciências

Características do tecido ósseo

Ciências

Esqueleto e músculos

Ciências

Ossos dos membros superiores e inferiores

Últimos artigos

Crise de 1929

A Crise de 1929 foi a maior crise econômica da história dos Estados Unidos e do capitalismo. Foi iniciada pela quebra da Bolsa de Valores de Nova York.

Retângulo

O retângulo possui quatro lados e todos os ângulos internos medindo 90°. Essa forma geométrica está muito presente no cotidiano, como na face de caixas e nas paredes.

Paralelepípedo

O paralelepípedo é um sólido geométrico que possui todas as faces com paralelogramos. Essa forma pode ser percebida nos prédios e em caixas de sapatos.

Hiena

Hiena é um animal encontrado na África e na Ásia, bastante conhecido por seu hábito de se alimentar de carniça. Existem atualmente três espécies diferentes de hienas.