Ação antrópica

  • Atualmente 1/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Ação antrópica A ação antrópica no meio ambiente gera impactos positivos e negativos.
Por Rafaela Sousa
PUBLICIDADE

Ações antrópicas referem-se às ações realizadas pelo homem. Esse termo ganhou destaque quando a humanidade percebeu a necessidade de discutir-se sobre as alterações provocadas pelo homem no meio ambiente e sobre suas consequências.

Ação antrópica no meio ambiente

Desde o início da civilização, o homem altera o meio em que vive por meio de suas ações. Nos primórdios, o homem retirava da natureza somente aquilo de que precisava para seu sustento. Contudo, o ato de retirar da natureza seus recursos não causava tanta interferência no meio ambiente. Com o passar dos anos e com os avanços tecnológicos, no entanto, as ações antrópicas ganharam grandes proporções, passando a extrair da natureza, de maneira inconsequente, insumos necessários para alimentar as indústrias e a demanda de produção para atender à sociedade.

A exploração indiscriminada dos recursos naturais passou a alterar a dinâmica da natureza, ocasionando problemas como aumento do aquecimento global, em decorrência da retirada da cobertura vegetal, perda do habitat de seres vivos, empobrecimento dos solos, impactos nos recursos hídricos.

Quando falamos em impacto, é comum associarmos o termo a algo negativo. É válido, porém, ressaltar que o termo “impacto” refere-se às consequências provocadas no meio ambiente, sejam positivas, sejam negativas.

Ação antrópica no meio ambiente provoca alterações negativas e positivas.
Ação antrópica no meio ambiente provoca alterações negativas e positivas.

Ação antrópica negativa

O homem passou a alterar o meio ambiente de maneira desregrada, sem a preocupação de repor aquilo que dele foi retirado. Esse cenário agravou-se a partir da Revolução Industrial. A industrialização e o modo de produção que visa ao lucro e ao consumo provocaram alterações e danos irreparáveis ao meio ambiente, visto que os recursos naturais passaram a ser explorados de forma indiscriminada.

Por meio dessa exploração provocada pela ação antrópica, acelerou-se o processo de degradação da natureza. O que parecia distante da nossa realidade já faz parte do cotidiano, como alterações climáticas, decorrentes do aumento do aquecimento global, racionamento de água, enchentes, secas extremas, desmatamento e extinção de espécies.

Leia mais: Revolução Industrial

→ Exemplos de ações antrópicas negativas

Podemos citar como principais impactos ambientais provocados pela ação antrópica:

1. Aquecimento global: em decorrência da intensa emissão de gases de efeito estufa à atmosfera, o mundo passou a sentir a elevação da temperatura. A camada de gás que se forma impede a dispersão da radiação solar, provocando um aquecimento anormal do planeta. A queima de combustíveis fósseis e o desmatamento são os principais responsáveis por esse aumento das temperaturas.

2. Maré Negra: o petróleo derramado nos oceanos por conta da sua inadequada extração tem causado grandes impactos na vida marinha. As algas, por exemplo, não conseguem realizar o processo de fotossíntese, colocando em risco a vida marinha.

3. Desmatamento: com o avanço das tecnologias agropecuárias, que permitem maior produção em menos tempo, e a intensificação das atividades das indústrias madeireiras, houve o aumento de áreas desmatadas. A retirada da vegetação, além de alterar as condições climáticas, provoca também a perda do habitat de diversas espécies, podendo levá-las à extinção.

4. Despejo de esgoto e lixo nos rios, lagos e mares: indústrias e comunidade têm usado as águas como local de descarte de esgoto e lixo residencial. Além de poluir as águas, essa ação coloca em risco a vida aquática. O uso inadequado dos recursos hídricos também mostra seus reflexos, e a falta de água já é um grave problema em diversas regiões do mundo.

A conscientização é uma postura recente da humanidade, que se viu em meio a grandes catástrofes causadas, principalmente, pelas alterações climáticas. É necessário que a sociedade mude seus hábitos. Além disso, os países devem buscar alternativas que diminuam os impactos negativos causados pela ação antrópica ao meio ambiente.

Ação antrópica positiva no meio ambiente.
Ação antrópica positiva no meio ambiente.

Ação antrópica positiva

Há uma recente formação de consciência em relação à gravidade das alterações provocadas no meio ambiente pelo homem. É válido, contudo, ressaltar que nem todas as ações realizadas pelo homem são negativas. Quando realizadas a fim de promover a preservação dos recursos naturais ou de conter os danos causados ao meio ambiente, essas ações são consideradas positivas. Revitalizar, reflorestar, reciclar são ações positivas feitas pensando no desenvolvimento sustentável e nas gerações futuras.

A ideia de desenvolvimento sustentável iniciou-se nos anos 80, e seu conceito surgiu na Comissão Mundial sobre Ambiente e Desenvolvimento realizada em 1987. O conceito de desenvolvimento sustentável foi apresentado por meio do relatório “Nosso Futuro Comum”, elaborado pela Organização das Nações Unidas.

A proposta apresentada sobre desenvolvimento sustentável refere-se às ações necessárias para que a exploração dos recursos naturais visando ao desenvolvimento econômico ocorra de maneira sustentável, ou seja, de maneira que não prejudique as gerações futuras. Para que isso seja possível, é necessário que o modelo de desenvolvimento econômico da sociedade em que vivemos – que explora ao máximo os recursos naturais – seja substituído por ações alternativas que diminuam os impactos negativos no meio ambiente.

Uma alternativa está relacionada à produção de energia. O modelo energético atual baseia-se no uso de combustíveis fósseis, cuja queima emite muitos gases poluentes à atmosfera. Para que essa realidade mude, é necessário que se incentive o uso de fontes alternativas de energia, como a energia solar e a energia eólica, consideradas fontes de energia limpa e com baixo impacto no meio ambiente.

→ Exemplos de ações antrópicas positivas

Várias ações positivas podem ser realizadas a fim de preservar os recursos naturais e impactar positivamente o meio ambiente:

• Reflorestamento de áreas desmatadas;

• Uso de filtro nas indústrias para evitar a emissão de gases poluentes à atmosfera;

• Utilização de produtos biodegradáveis como alternativa aos produtos que levam tempo para se decompor na natureza;

• Incentivo de políticas para educação ambiental;

• Recuperação de matas ciliares;

• Uso consciente dos recursos hídricos;

• Economia de energia;

• Coleta seletiva de lixo;

• Reciclagem.

Saiba mais: A importância da reciclagem  

Avaliação

2.0

    Escola Kids