Cloreto de Sódio

  • Atualmente 0/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Cloreto de Sódio O sal de cozinha faz parte da nossa alimentação diariamente
PUBLICIDADE

Um exemplo fantástico e muito adorado da aplicação do cloreto de sódio no nosso dia a dia é quando colocamos o sal de cozinha em uma batatinha frita. Quem não gosta, não é verdade? Além dessa, com certeza você deve ter uma grande variedade de utilizações para essa importante substância. Mas o que é o cloreto de sódio e qual é a sua relação com o sal de cozinha?

O cloreto de sódio (sal-gema ou sal marinho) é um sal, ou seja, faz parte de um grande grupo de substâncias denominadas de sais. É isso mesmo, além do cloreto de sódio, existem vários outros tipos de sais, como o bicarbonato de sódio (utilizado quando uma pessoa está com azia ou queimação).

A título de curiosidade, é denominada de sal toda substância que apresenta em sua fórmula um grupo diferente do cátion H+ e um grupo diferente do ânion OH-. O NaCl (fórmula do cloreto de sódio), por exemplo, é um sal porque o Na é diferente do cátion H+ e o Cl é diferente do ânion OH-. Além desse fato, um sal é um composto que, quando dissolvido em água, sofre o fenômeno da dissociação, liberando um cátion (grupo positivo) e um ânion (grupo negativo).

A estrutura do cloreto de sódio apresenta cátions Na e ânions Cl formando uma rede de átomos, como podemos observar na representação a seguir:


Estrutura química do cloreto de sódio

A relação que o cloreto de sódio possui com o sal de cozinha é muito significativa, já que o NaCl é o principal componente desse produto. Além do cloreto de sódio, há na composição do sal que utilizamos cotidianamente para o preparo de comida o sal iodado, ou seja, um sal que contém iodo (necessário para evitar a doença chamada bócio endêmico).

O cloreto de sódio pode ser encontrado dissolvido na água do mar ou mesmo em forma de cristais minerais rochosos em minas de sal. Esse produto apresenta diversas aplicações além da mais conhecida, que é a de salgar alimentos. Veja algumas dessas aplicações:

  • adicionado a misturas para torná-las mais espessas (produtos cosméticos e de cuidados pessoais, como o xampu e bronzeadores);
  • limpa e desodoriza os dentes;
  • Mantém o plasma sanguíneo equilibrado quimicamente;
  • Mantém nossas mucosas umidificadas (com presença de água), como a região interna da nossa boca;
  • Evita a proliferação de micro-organismos em alimentos;

A principal ação do sal no organismo é a de que o sódio presente em sua composição é fundamental para que determinadas substâncias possam atravessar as paredes das células para desempenhar sua função no interior delas. Além disso, o sal também participa da produção do ácido do nosso estômago.

Todavia, como toda e qualquer substância quando consumida em excesso, a curto, médio ou longo prazo podemos sofrer com problemas decorrentes da ingestão em demasia do cloreto de sódio. Um dos problemas de saúde provocados pelo excesso de sal em nosso organismo é uma sobrecarga do sistema circulatório. O NaCl eleva a pressão sanguínea e aumenta a retenção de líquidos, o que pode desencadear uma série de outros distúrbios e até mesmo a morte da pessoa.


Para controlar a pressão alta, devemos aferir a pressão arterial constantemente e também diminuir o consumo de sal

CURIOSIDADE: A quantidade de cloreto de sódio que deve ser consumida diariamente é de 750 a 900 mg, quase um grama por dia. Fuja dos excessos com sal para evitar problemas de saúde graves! Cuide-se!


Por Me. Diogo Lopes Dias

Avaliação

-

    Escola Kids