Brasília – Capital do Brasil

  • Atualmente 4.3333333333333/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Brasília – Capital do Brasil Brasília: uma capital moderna e centro de nossas decisões políticas
PUBLICIDADE

Na década de 1950, o processo de modernização da economia brasileira era um dos pontos fundamentais de discussão nos meios políticos e na sociedade brasileira. Na verdade, desde os tempos de Getúlio Vargas, entre 1930 e 1945, que o processo de industrialização e crescimento das cidades era resultado de uma política desenvolvimentista liderada pela ação do próprio governo brasileiro.

Em 1956, essa busca pelo desenvolvimento e pela modernização ganhou novos rumos com a chegada de Juscelino Kubitscheck ao posto de presidente do Brasil. Tendo como uma de suas marcas a modernização, JK, como era mais conhecido, tinha a ambição de executar o projeto “50 anos em 5”. Segundo esse ambicioso slogan, cada ano de seu governo representaria um avanço de dez anos na sociedade e na economia da nação.

Muitas vezes, esse tipo de projeto é marcado pela realização de grandes obras e construções que comprovam o que é anunciado. No caso de JK, a transferência e a construção de uma nova capital foi uma das ações de maior notoriedade e impacto de seu governo. Contudo, a ideia não era original. Em vários momentos foi cogitada a mudança da capital do país para o interior.

Para executar esse projeto de grandes proporções, o governo brasileiro entregou o projeto dos prédios públicos e do traçado da nova cidade nas mãos do arquiteto Oscar Niemeyer e do urbanista Lúcio Costa. Juntos, desenvolveram um projeto arquitetônico arrojado e que contrastava com a as antigas e tradicionais capitais encontradas na Europa. Explorando curvas e formas, Brasília era algo nunca antes visto na própria história da arquitetura.

Entre as principais construções da cidade podemos destacar o Congresso Nacional, a Catedral de Brasília e a Esplanada dos Ministérios. Além disso, podemos também salientar o desenho da cidade, organizado em formato de cruz e chamado de Plano Piloto. Marcado por grandes vias e grandes quadras, a cidade se organiza em setores que espalharam os serviços em diferentes pontos da cidade e um sistema de endereços eficiente.

Apesar de todas as características positivas e o traço moderno da nova capital, não podemos deixar de apontar os problemas trazidos com o surgimento da nova cidade. Primeiramente, devemos destacar que a construção de Brasília exigiu a realização de um grande número de empréstimos para a execução da obra. Com isso, a dívida externa do país aumentou muito e acabou trazendo sérios problemas para a economia.

Ao mesmo tempo, devemos destacar que a construção atraiu uma enorme quantidade de trabalhadores. Finalizadas as construções, muitos desses trabalhadores acabaram morando em regiões próximas à capital, dando origem a diversas cidades improvisadas que destoavam do projeto original destinado para a região. Ainda hoje, as regiões do chamado entorno de Brasília ainda são um delicado problema a ser resolvido por nossas autoridades.

Pesando problemas e qualidades, percebemos que Brasília é um importante marco histórico e arquitetônico do país. Além disso, tem a sua importância reafirmada ao ser o centro de onde emanam importantes decisões que afetam a vida de milhares de brasileiros. Sendo assim, misturando modernidade e política em suas origens, a capital torna-se um importante patrimônio a ser reconhecido por todos os cidadãos brasileiros.


Por Rainer Gonçalves Sousa
Colaborador Escola Kids
Graduado em História pela Universidade Federal de Goiás - UFG
Mestre em História pela Universidade Federal de Goiás - UFG

Avaliação

8.7

    Escola Kids