Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Perda ou perca?

Afinal, qual é a forma correta, perda ou perca? Clique e descubra a resposta para mais uma dúvida linguística!

As palavras parônimas, como perda e perca, apresentam similaridades fonéticas e ortográficas que podem gerar muitas dúvidas na hora de escrever As palavras parônimas, como perda e perca, apresentam similaridades fonéticas e ortográficas que podem gerar muitas dúvidas na hora de escrever

Perda ou perca? Você sabe como e quando utilizar cada um dos vocábulos? Essa é uma dúvida linguística frequente entre os falantes da língua portuguesa, por isso não fique preocupado, ela pode ser facilmente eliminada! É hora de aprender com mais uma dica de português do Escola Kids!

Existem diferenças entre perda e perca. Isso quer dizer que é preciso ficar muito atento para não errar, principalmente nos textos escritos. Observe a explicação e bons estudos!

Perda: é um substantivo feminino, sinônimo de extravio, sumiço, dano, prejuízo, ruína, objeto perdido, morte, entre outros.

A esposa sentiu muito a perda do marido.

Todo nosso esforço foi uma perda de tempo.

O aluno ficou triste com a perda dos livros.

Perca: é a forma conjugada do verbo perder, sinônimo de deixar, desperdiçar, estragar, corromper, esquecer, atrapalhar-se, absorver-se, desapoderar, entre outros. Observe as conjugações:

1) Na primeira pessoa do singular do presente do subjuntivo:

Que eu perca

Que tu percas

Que ele/ela perca

Que nós percamos

Que vós percais

Que eles/elas percam

Exemplo:

Espero que eu não perca o voo!

2) Na terceira pessoa do singular do presente do subjuntivo:

Que eu perca

Que tu percas

Que ele/ela perca

Que nós percamos

Que vós percais

Que eles/elas percam

Exemplo:

Tomara que ele perca o ônibus e fique mais tempo com a gente!

3) Na terceira pessoa do singular do imperativo:

____

Perde tu

Perca ele/ela

Percamos nós

Perdei vós

Percam eles/elas

Exemplo:

Não perca as esperanças!

As palavras perda e perca são chamadas de parônimas, pois são escritas de forma parecida e apresentam similaridades fonéticas, isto é, apresentam pronúncias aproximadas. Na língua portuguesa existem vários outros exemplos de palavras parônimas: precursor/percursor, aferir/auferir, imergir/emergir, diferido/deferido, discriminar/descriminar, iminente/eminente, retificar/ratificar, entre outras.

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto:

Por Luana Castro Alves Perez

Você pode se interessar também

Português

Gênero do substantivo

Português

História da Língua Portuguesa no mundo

Português

Os múltiplos significados entre as palavras

Português

Trás ou traz?

Últimos artigos

Ponto e vírgula (;)

O ponto e vírgula é um sinal de pontuação que indica uma pausa mais longa que a pausa da vírgula, mas sem interromper o enunciado, como o ponto.

Alvéolos pulmonares

Alvéolos pulmonares são estruturas que lembram pequenas bolsas e são onde ocorrem as trocas gasosas. São os responsáveis pelo aspecto esponjoso do pulmão.

Cerebelo

Cerebelo é uma parte do encéfalo e está relacionado, entre outras funções, com a manutenção do nosso equilíbrio, postura e ajuste dos movimentos corporais.

Tríplice Aliança

Tríplice Aliança foi um acordo militar assinado, em maio de 1882, por Alemanha, Áustria-Hungria e Itália, que procuravam se proteger de França e Rússia principalmente.