Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Os radicais gregos mais utilizados em português

Você sabia que muitos radicais da língua portuguesa têm origem grega? Clique e descubra alguns deles!

As palavras, assim como as casas, são constituídas de partes. Nas casas temos os tijolos, nas palavras, os morfemas. Cada morfema tem sua função e significado dentro do estudo de formação das palavras. Por que isso é importante? Para escrevermos corretamente e, também, para conhecermos melhor nossa língua materna.

Um dos morfemas que recebem maior destaque no estudo da estrutura das palavras é o radical. Ele é a parte da palavra que abriga a essência significativa comum de várias outras palavras. Vejam só:

TEMPO
TEMPORAL
PASSATEMPO

Perceberam como o radical diz muito do significado das palavras? Perceberam como brincamos com a língua o tempo todo, formando novas palavras, mas nada disso acontece sem que o radical esteja ali? E vocês sabiam que os radicais vem, muitas vezes, de outra língua? E que é grande o número de radicais gregos que encontramos no vocabulário do português?

Muitos desses radicais de origem grega vieram do latim. Sabem por quê? Antigamente, o latim era a língua predominante nas obras de ciências e de filosofia e ali o que não faltavam eram os empréstimos das palavras gregas.
Preparamos uma boa lista desses radicais para vocês. Olhem só:


- ángel-os, aggel-os (enviado, mensageiro): anjo, evangelho
- âthlon (disputa): atleta
- alpha (a= primeira letra do alfabeto): alfabeto
- agr-ós (campo): agronomia
- atmós (vapor): atmosfera
- aér, aér-os (ar, vapor): aeronauta, aéreo

- bí-os (vida): biografia
- clorós, klorós (verde): clorofila
- cron-os, chrón-os (tempo): crônico, cronologia
- crípto, krípto (escondo): criptografia

- dóx-a (opinião): ortodoxo, paradoxo
- dêm-os (povo): democracia
- édr-a (base): poliedro, pentaedro
- estoma, stóma (boca): estômago, estomatite
- étimos, étymos (verdadeiro): etimologia

- gén-os (gênero, espécie): heterogêneo, homogêneo
- giminós, gyminós (nu): ginástica
- glôss-a, glôtt-a (língua): glossário, epiglote

- hélios (sol): helioscópio, heliotrópio
- héx (seis): hexágono
- ídios (próprio, particular): idioma, idiotismo
- ísos (igual): isotérmico

- lítos, líthos (pedra): monólito, litografia
- lóg-os (discurso, trtado, ciência): diálogo, arqueologia, epílogo
- mónos (só): monólogo
- mélos (música, canto): melodia, melodrama
- necros, nékros (morto, cadáver): necópole, necrologia

- né-os (novo): neologismo, neófito
- ócto (oito): octossílabo
- odus, odóntos (dente): odontologia
- pente (cinco): pentágono
- polis, pólys (muitos): poligamia, polígono

- semion, semeîon (sinal): semiologia, semântica
- telê (longe): telégrafo, telefone, telescópio
- te-os, the-ós (deus): teologia, teocracia, politéismo
- térmos, thermós (calor): termomêtro
- zôi-on (animal, ser vivo): zoologia


Por Mariana Pacheco
Graduada em Letras

A língua grega tem influência na formação de palavras em português A língua grega tem influência na formação de palavras em português
Por Mariana do Carmo Pacheco

Você pode se interessar também

Português

Composição

Português

Estrutura e formação das palavras

Português

Processo de formação das palavras

Português

Vogal temática

Últimos artigos

Cuca

Cuca é um ser do folclore brasileiro e apresentada como uma velha má que sequestra crianças. Por meio de Monteiro Lobato, a forma de jacaré da cuca se popularizou.

Animais herbívoros

Os animais herbívoros se alimentam de algas e/ou vegetais e, portanto, ocupam sempre o nível de consumidores primários na cadeia alimentar.

Realismo no Brasil

Realismo foi um estilo de época do século XIX. No Brasil, Machado de Assis é seu maior representante.

Código de Hamurábi

Código de Hamurábi — código de leis tradicionais na Mesopotâmia — foi compilado por Hamurábi, rei da Babilônia, no século XVIII a.C.