Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Marina Colasanti

Neste artigo você vai conhecer a biografia de Marina Colasanti, autora de livros de contos, crônicas e romances infantojuvenis e adultos.

Marina Colasanti é escritora, artista plástica, jornalista, apresentadora, editora, publicitária e autora premiada de vários livros Marina Colasanti é escritora, artista plástica, jornalista, apresentadora, editora, publicitária e autora premiada de vários livros

Marina Colasanti nasceu no dia 26 de setembro de 1937, na cidade de Asmara, capital da Eritreia, norte do continente africano. Viveu alguns anos em Trípoli, na Líbia, e depois se mudou para a Itália. Em 1948, em função das consequências da Segunda Guerra Mundial, emigrou com a família para a cidade do Rio de Janeiro, no Brasil, onde vive até hoje. É casada com o escritor Affonso Romano de Sant'Anna e é mãe de duas filhas, Fabiana e Alessandra.

Carreira profissional

Marina formou-se em Artes Plásticas e ingressou como jornalista no Jornal do Brasil. Além de artista plástica, jornalista e escritora, Marina Colasanti atuou como editora e apresentadora de programas culturais na televisão, além de publicitária e tradutora de diversas obras da literatura universal. Em 1968, publicou o seu primeiro livro, intitulado Eu sozinha.

Até o ano de 2016, possui mais de cinquenta títulos de poesia, contos e crônicas publicados no Brasil e no mundo. Seus livros alcançam públicos diversos, entre crianças, jovens e adultos, e também os mais variados temas, como o papel da mulher da mulher na sociedade, o interior feminino, a arte, os problemas sociais e o amor.

Por meio de sua Literatura, retomou sua atividade de artista plástica ao ilustrar suas próprias obras. Marina Colasanti é uma das mais premiadas escritoras brasileiras, participa ativamente de congressos, simpósios, cursos e feiras literárias no Brasil e em outros países e suas obras são frequentemente objetos de pesquisas de mestrado e doutorados nas mais diversas universidades do Brasil e do exterior.

Leia um dos minicontos de Marina Colasanti:

A busca da razão

Sofreu muito com a adolescência.

Jovem, ainda se queixava.

Depois, todos os dias, subia numa cadeira, agarrava

uma argola presa ao teto e, pendurado, deixava-se ficar.

Até a tarde em que se desprendeu esborrachando-se no chão: estava maduro.

(COLASANTI, Marina. Contos de amor rasgados. Rio de Janeiro: Rocco, 1986.)

Obras premiadas de Marina Colasanti

O homem que não parava de crescer (2005)

23ª histórias de um viajante (2005)

Fragatas para terras distantes (2004)

A moça tecelã (2004)

Aventuras de Pinóquio – histórias de uma marionete (2002)

Ana Z., aonde vai você? (1999)

O leopardo é um animal delicado (1998)

Longe como o meu querer (1997)

Entre a espada e a rosa (1992)

O menino que achou uma estrela (1988)

Contos de amor rasgado (1986)

E por falar em amor (1985)

Doze reis e a moça no labirinto do vento (1978)

Uma Ideia toda Azul (1978)

Alguns prêmios recebidos por Marina Colasanti

  • Grande Prêmio da Crítica Livro/Autor, em literatura infantil, APCA, 1979 — Uma Ideia Toda Azul.

  • Altamente Recomendável, para crianças, FNLIJ, 1988 — O Menino que Achou Uma Estrela.

  • Altamente recomendável para crianças, FNLIJ, 1991 — A mão na massa.

  • Prêmio Jabuti- Câmara Brasileira do Livro, 1993 — Entre a Espada e a Rosa.

  • Prêmio Jabuti - Câmara Brasileira do Livro, 1994 — Rota de Colisão.

  • Prêmio Jabuti - Câmara Brasileira do Livro, 1994 — Ana Z. Aonde Vai você?

  • Melhor Livro do Ano - Câmara Brasileira do Livro- 1994 — Ana Z., Aonde Vai Você?

  • Altamente Recomendável para jovens, FNLIJ, 1998 — Longe Como o Meu Querer.

  • Origenes Lessa- O Melhor para o Jovem, Hors Concours, FNLIJ, 2003 — A Casa das Palavras.

  • Monteiro Lobato- Melhor Tradução Criança- 2002, FNLIJ — As Aventuras de Pinóquio.

  • Altamente Recomendável para Crianças, FNLIJ, 2004 — A moça tecelã.

  • Exposição White Ravens 2009 — Poesia Em Quatro Tempos.

  • Altamente Recomendável, para jovens, FNLIJ, 1982 — Doze Reis e a Moça no Labirinto do Vento.

  • Orígenes Lessa- O Melhor Para o Jovem, 2010, Hors Concours, FNLIJ — Com Certeza Tenho Amor.

  • Prêmio Jabuti - Câmara Brasileira do Livro, Poesia, 2010 — Passageira em Trânsito.

  • Prêmio Ofélia Fontes- O Melhor para a Criança - 2014 - Hors Concours, FNLIJ — Breve História de Um Pequeno Amor.


Por Ma. Luciana Kuchenbecker Araújo

Por Luciana Kuchenbecker Araújo

Você pode se interessar também

Português

Cecília Meireles

Português

José de Alencar

Português

Machado de Assis

Português

Monteiro Lobato

Últimos artigos

Presidente da república

Presidente da república é a autoridade máxima em nosso país. É eleito(a) por meio do voto popular para um mandato de quatro anos.

Porquinho-da-índia

O porquinho-da-índia é um mamífero roedor que possui corpo pequeno e orelhas curtas. Ele pode ser criado como animal de estimação.

Escambo

O escambo é uma modalidade de transação que foi muito comum na Antiguidade. Por meio desse acordo, realiza-se a troca de mercadorias ou serviços.

Nucleotídeo

O nucleotídeo é a subunidade que forma o DNA e o RNA. Cada nucleotídeo é constituído por um grupo fosfato, uma pentose e uma base nitrogenada.