Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Encontro vocálico

O encontro vocálico ocorre quando uma vogal e uma semivogal aparecem uma depois da outra em uma palavra. Há três tipos de encontro vocálico: o ditongo, o tritongo e o hiato.

Os encontros vocálicos podem ser classificados como ditongo, tritongo ou hiato. Os encontros vocálicos podem ser classificados como ditongo, tritongo ou hiato.

O encontro vocálico acontece quando uma palavra tem o som de duas ou mais vogais em sequência na palavra. Esse encontro vocálico pode ser classificado como ditongo, tritongo ou hiato, dependendo de como esses sons de vogais aparecem na palavra e entre as sílabas.

Leia também: Quais são os diferentes sons da letra x?

Resumo sobre encontro vocálico

  • O encontro vocálico acontece quando há sons de duas ou mais vogais em sequência na palavra.

  • Quando o som vocálico é forte e marcado, é chamado de “vogal”, podendo ser representado pelas letras “A”, “E”, “I”, “O” e “I”.

  • Quando o som vocálico é fraco e menos marcado, é chamado de “semivogal”, ocorrendo apenas com as letras “I” e “U”.

  • Há três tipos de encontro vocálico: ditongo, tritongo e hiato.

  • O ditongo é o encontro de uma vogal e uma semivogal na mesma sílaba. Pode ser crescente ou decrescente, oral ou nasal.

  • O tritongo é o encontro de uma vogal entre duas semivogais na mesma sílaba.

  • O hiato é o encontro de duas vogais ou de uma vogal e uma semivogal em sílabas diferentes.

Videoaula sobre encontros vocálicos

O que é encontro vocálico?

O encontro vocálico é a sequência de sons de duas (ou mais) vogais em uma mesma palavra. Esses sons vocálicos podem estar na mesma sílaba ou não, contanto que não haja nenhum som de consoante entre eles.

Entre as letras que podem representar os sons vocálicos, temos: “A”, “E”, “I”, “O” e “U”.

Vogais e semivogais

Para entender os tipos de encontro vocálico, primeiro precisamos entender outras duas classificações: a de vogais e semivogais.

Quando o som vocálico é forte e marcado na sílaba, ele é chamado simplesmente de vogal, podendo ser representado pelas letras “A”, “E”, “I”, “O” e “U”.

Quando o som vocálico é mais fraco e menos marcado na sílaba, ele é chamado de semivogal. Apenas duas letras podem ser classificadas como semivogal: “I” e “U”.

Exemplos:

“CADEIRA”

Na palavra “CADEIRA”, a sílaba “DEI” tem uma vogal com o som bem forte (“E”), e uma semivogal, ou seja, uma vogal com som mais fraco (“I”).

OURO”

Da mesma forma, na palavra “OURO”, a sílaba “OU” tem uma vogal (“O”) e uma semivogal (“U”).

Agora que você já aprendeu o que é vogal e semivogal, vamos entender os tipos de encontro vocálico.

Veja também: K, W e Y: vogais ou consoantes?

Ditongo

O ditongo acontece quando uma vogal e uma semivogal aparecem juntas na mesma sílaba. Ele pode ser crescente ou decrescente e oral ou nasal.

  • Ditongo crescente

O ditongo crescente ocorre quando a sequência é composta de uma semivogal primeiro e uma vogal depois. Assim, o som é crescente, ou seja, da vogal mais fraca para a vogal mais forte. Veja alguns exemplos:

semivogal + vogal = ditongo crescente

  • LÍNGUA

  • QUASE

  • IGUAL

  • LINGUIÇA

  • FREQUENTE

ATENÇÃO! Note que, nas palavras acima, todas as vogais são pronunciadas. Quando a vogal não tiver o som pronunciado, não há encontro vocálico. Exemplo: na palavra “QUEBRAR”, a letra “U” não tem som, portanto, não há encontro vocálico.

  • Ditongo decrescente

O ditongo é decrescente quando o som vocálico é do mais forte para o mais fraco, ou seja, quando a vogal aparece primeiro e, depois, a semivogal. Esse tipo de ditongo é mais comum que o ditongo crescente. Vejamos mais alguns exemplos:

vogal + semivogal na mesma sílaba = ditongo decrescente

  • BOI

  • MAU

  • MUI-TO

  • PEI-XE

  • PAI

  • Ditongo oral

No ditongo oral, o som acontece com o ar passando apenas pela boca. Veja os exemplos e tente ler em voz alta para perceber como esse som é feito:

  • REI

  • POU-CO

  • CÉU

  • HE-RÓI

  • A-ZUIS

  • Ditongo nasal

No ditongo nasal, o som é um pouco nasalizado, então o ar não passa só pela boca, mas também pelo nariz. Veja os exemplos e tente ler em voz alta para perceber como esse som é feito:

  • CÃI-BRA

  • MUI-TO

Muitos ditongos nasais têm o som nasalizado representado por letras que não são a letra “I” ou a letra “U”. No entanto, quando falamos a palavra, o som que sai é similar àquele representado por essas letras. Leia em voz alta:

  • MÃO

  • PÃES

Nesse caso, a letra “O” tem o som da semivogal “U”, enquanto a letra E tem o som da semivogal “I”.

  • VE-NHAM

  • BEN-ZI-NHO

Agora, apesar de serem usadas as letras “M” e “N”, que são consoantes, elas representam o mesmo som da semivogal “U” (em “VENHAM”) e da semivogal “I” (em “BENZINHO”).

Tritongo

O tritongo ocorre quando há três sons vocálicos seguidos, sendo de uma vogal entre duas semivogais.

semivogal + vogal + semivogal na mesma sílaba = tritongo

O tritongo pode ser oral ou nasal.

  • Tritongo oral

O tritongo oral ocorre quando os sons vocálicos são feitos com o ar passando apenas pela boca. Leia os exemplos abaixo em voz alta para perceber como isso ocorre:

  • URUGUAI

  • PARAGUAI

  • ENXAGUAI

  • IGUAIS

  • Tritongo nasal

O tritongo nasal ocorre quando os sons vocálicos são feitos com o ar passando pela boca e pelo nariz. Leia os exemplos abaixo em voz alta para perceber como isso ocorre:

  • SAGUÃO

  • QUÃO

  • ENXÁGUAM

ATENÇÃO! Note que, nos exemplos acima, a vogal “O”, nas palavras “SAGUÃO” e “QUÃO”, representa o som vocálico da semivogal “U”. Da mesma forma, na palavra “ENXÁGUAM”, a letra “M” também representa o som vocálico da semivogal “U”.

Hiato

O hiato ocorre quando há dois sons de vogais seguidos. Como ambos são sons de vogais (e, portanto, fortes e marcados), eles não ficam na mesma sílaba. Veja os exemplos abaixo:

vogal + vogal em sílabas separadas = hiato

  • HI-A-TO

  • BA-Ú

  • PA-ÍS

  • SA-Ú-DE

  • ZO-O-LÓ-GI-CO

Diferenças entre encontro vocálico e encontro consonantal

O encontro vocálico é a sequência de sons de vogais sem haver sons consonantais entre eles. O encontro consonantal, por sua vez, é a sequência de sons de consoantes sem haver sons vocálicos entre eles. Veja alguns encontros consonantais:

  • PRECISAR

  • TANTO

  • BRINQUEDO

  • CLARO

  • TORTO

Veja também: O que são fonemas?

Exercícios resolvidos sobre encontro vocálico

Questão 1 - Assinale a alternativa em que há um ditongo, um tritongo e um hiato.

A) Pássaro – Viagem – Céu

B) Receita – Linguiça – Teclado

C) Pais – Paraguai – Caatinga

D) Cinquenta – Música – Baú

Resolução

Alternativa C. Na palavra “pais”, há ditongo, pois a vogal “a” e a semivogal “i” ficam na mesma sílaba; na palavra “Paraguai”, há tritongo, já que a vogal “a” está entre as semivogais “u” e “i”, na mesma sílaba; e, na palavra “caatinga”, há hiato, já que há duas vogais juntas (“a” e “a”), mas que não ficam na mesma sílaba (“ca-a-tin-ga”).

Questão 2 - Cada enunciado abaixo tem uma palavra com encontro vocálico sublinhada. Classifique-as identificando se ocorre ditongo, tritongo ou hiato.

A) Mas você já tem um desenho igual.

B) Você já viajou para o Uruguai?

C) Esse país está muito longe daqui.

D) Gosto muito de ir ao teatro.

E) Ela está esperando no saguão.

F) Minha fruta favorita é o mamão!

Resolução

A) I-gual: ditongo (oral e crescente)

B) U-ru-guai: tritongo (oral)

C) Pa-ís: hiato

D) Te-a-tro: hiato

E) Sa-guão: tritongo (nasal)

F) Ma-mão: ditongo (nasal e decrescente)

Por Guilherme Viana

Você pode se interessar também

Português

Ditongo

Português

Encontros Consonantais

Português

Fonemas

Português

Hiato

Últimos artigos

Cavalo

Cavalo é uma espécie de herbívoro não ruminante muito utilizada pelo homem. Sua domesticação foi muito importante para a nossa história.

Tucanos

Tucanos são animais que possuem bicos multicoloridos e bastante chamativos. Eles fazem parte da ordem Piciformes e família Ramphastidae.

Revolta da Armada

Revolta da Armada foi um levante armado organizado por membros da Marinha, em 1893. Esse movimento se deu pela forte oposição da Marinha a Floriano Peixoto.

Símbolos nacionais

Símbolos nacionais são quatro símbolos que, por determinação da nossa lei, representam a nação brasileira.