Qual matéria está procurando ?

Português

Português

A vista, à vista ou avista?

Neste artigo você vai tirar suas dúvidas a respeito do uso das expressões: a vista, à vista e avista.

As três formas existem na língua portuguesa, mas seus significados e contextos de utilização são diferentes As três formas existem na língua portuguesa, mas seus significados e contextos de utilização são diferentes

Você já passou por alguma situação que tenha lhe deixado em dúvidas quanto à grafia e uso de “a vista, à vista ou avista”? Pois bem, essa é uma dúvida bastante recorrente entre os falantes da língua portuguesa e vamos tentar esclarecê-la de maneira bem simples.

Primeiro, é necessário entendermos que as três formas são corretas, embora seus significados e contextos de uso sejam bastante diferentes. Vejamos:

À vista (separado e com acento grave/crase)

À vista é uma locução adverbial utilizada no sentido de indicar as circunstâncias em que algo ocorreu; significa que algo está e/ou ocorreu ao alcance da vista (visível), na presença de alguém, de imediato.

Observe os exemplos:

  • Mar à vista!

  • O pagamento pode ser à vista, sem juros, ou a prazo, com juros.

  • Deixe as chaves à vista para que não as esqueça.

Com relação à utilização da locução “à vista” para se referir a um pagamento total feito no ato da compra (forma de pagamento de compras), alguns linguistas consideram equivocado utilizar a crase, já que a forma de pagamento contrária seria “a prazo”, que é grafada sem o auxílio de preposição: “ao prazo”.

Entretanto, é necessário utilizar a crase para designar a forma de pagamento, sobretudo para que não haja ambiguidade no enunciado. Existem outras circunstâncias nas quais o acento grave/crase também funciona para atribuir maior clareza aos enunciados. Observe:

- lavar à mão – modo como algo está sendo lavado.
- lavar a mão – ato de lavar as mãos


A vista (separado e sem acento grave/crase)

A vista é a junção do artigo definido feminino singular “a” com o substantivo comum feminino singularvista” e significa “sentido ou órgão da visão”, bem como o ato de ver ou a paisagem.

Observe os exemplos:

  • A vista do mirante de Serra Grande é maravilhosa.

  • Estou com a vista embaçada por causa do colírio.


Avista (junto e sem acento grave/crase)

Avista é o ato de alcançar com a vista. Nesse sentido, trata-se do verboavistar” conjugado na 3ª pessoa do singular do presente do modo indicativo ou na 2ª pessoa do singular do modo imperativo. “Avistar” refere-se, principalmente, ao ato de alcançar com a vista, sendo sinônimo de ver, olhar, enxergar, distinguir, deparar, defrontar-se.

Observe os exemplos:

  • Ele sempre avista o pai subindo o morro a pé.

  • De seu apartamento, Júlio avista toda a praia.

  • Esse é o momento em que o bombeiro avista as primeiras vítimas do terremoto.

Aprenda também a respeito das expressões “as vezes” e “às vezes”. Bons estudos!

Por Luciana Kuchenbecker Araújo

Você pode se interessar também

Português

Acerca de, a cerca de ou há cerca de?

Português

As vezes ou às vezes?

Português

Cozer ou coser?

Português

Locuções verbais

Últimos artigos

Símbolos nacionais

Símbolos nacionais são quatro símbolos que, por determinação da nossa lei, representam a nação brasileira.

Guerra do Contestado

Guerra do Contestado foi um conflito que se estendeu de 1912 a 1916 e mesclou insatisfação social com messianismo religioso.

Encontro vocálico

O encontro vocálico ocorre quando uma vogal e uma semivogal aparecem uma depois da outra em uma palavra. Há três tipos de encontro vocálico: o ditongo, o tritongo e o hiato.

Transporte passivo

Transporte passivo garante o transporte de substâncias através da membrana plasmática sem que ocorra o gasto de energia. A osmose é um tipo de transporte passivo.