Pâncreas

  • Atualmente 1/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Pâncreas O pâncreas é um órgão que garante a produção do suco pancreático e de hormônios, sendo fundamental para o organismo.
Por Vanessa Sardinha dos Santos
PUBLICIDADE

O pâncreas é uma importante glândula do nosso corpo, sendo responsável pela produção do suco pancreático e dos hormônios insulina e glucagon. Esse órgão está localizado posteriormente ao estômago, na cavidade abdominal, e é uma glândula anexa ao sistema digestório.


Anatomia do pâncreas

O pâncreas é um órgão que possui cerca de 12 cm a 25 cm e apresenta um peso que varia entre 60 g e 170 g. Ele pode ser dividido em três porções básicas:

  • Cabeça: extremidade direita, próxima ao duodeno (porção inicial do intestino delgado);

  • Corpo: região disposta transversalmente;

  • Cauda: extremidade esquerda, próxima ao baço;



O pâncreas é uma glândula mista

O pâncreas pode ser chamado de glândula mista, pois possui uma porção exócrina (elimina sua secreção por meio de ductos) e uma porção endócrina (elimina sua secreção diretamente na corrente sanguínea). Na sua porção endócrina, o pâncreas produz os hormônios insulina e glucagon; na sua porção exócrina, ele é responsável por produzir o suco pancreático.


Pâncreas e o suco pancreático

O chamado suco pancreático, produzido pelo pâncreas, atua no processo de digestão. Essa solução é rica em bicarbonato, o qual atua neutralizando o material vindo do estômago (quimo). Além de bicarbonato, são encontradas enzimas, as quais são ativadas apenas quando chegam ao duodeno (parte do intestino delgado). São enzimas encontradas no suco pancreático as amilases pancreáticas (agem nos carboidratos), tripsina e quimiotripsina pancreáticas (agem nas proteínas), lipase pancreática (age nas gorduras) e nucleases pancreáticas (agem nas gorduras).


Hormônios produzidos pelo pâncreas

No pâncreas, a insulina e o glucagon são produzidos dois importantes hormônios que atuam na regulação dos níveis de glicose no sangue. A insulina reduz os níveis de glicose no sangue, e o glucagon atua de maneira contrária, aumentando os níveis de glicose.

Esses dois hormônios são produzidos nas chamadas ilhotas pancreáticas (ilhotas de Langerhans), grupos de células encontrados no pâncreas. Essas ilhotas apresentam as chamadas células alfa, responsáveis por secretar glucagon, e as células beta, responsáveis por secretar insulina.

Não deixe de ler: Comer muito açúcar causa diabetes?


Câncer de pâncreas


O câncer de pâncreas gera sintomas que são percebidos, muitas vezes, tardiamente.

O câncer de pâncreas, geralmente, atinge pessoas com idade acima dos 50 anos de idade. Os sintomas da doença, muitas vezes, demoram a ser percebidos, o que dificulta um tratamento eficiente. Como sintomas, podemos citar dor abdominal, perda de peso, cansaço, anemia e icterícia (cor amarelada na pele, mucosas e olho).

Apesar de apresentar diferentes causas, dois fatores de risco são importantes quando o assunto é câncer de pâncreas: o álcool e o cigarro. Sendo assim, hábitos de vida saudáveis são importantes para diminuir os riscos de se desenvolver o problema e garantir a saúde do pâncreas.

Leia também: Câncer

Avaliação

2.0

    Escola Kids