Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Para que serve o CEP?

Descubra para que serve o CEP, quando foi criado e qual é o critério para a sua elaboração.

Quando vemos um endereço, é normal que ele apareça com o nome da rua, o número e, em alguns casos, o número da quadra e do lote, além do bairro e da cidade, não é mesmo? Mas também existe um número de oito dígitos que sempre está ali e nunca sabemos o porquê! Aquele é o CEP, sigla que significa “código de endereçamento postal”, mais conhecido somente como código postal.

Mas, afinal, para que serve o CEP?

O CEP é um número criado pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos no ano de 1971 para facilitar a separação e entrega de correspondências. Imagine se você tivesse que organizar milhares de cartas e encomendas direcionadas para os mais diversos lugares, com muitas ruas com o mesmo nome ou com o nome errado... seria uma verdadeira bagunça!

Para isso serve o CEP, pois os números sempre serão os mesmos e ajudarão as pessoas – e principalmente os carteiros e funcionários dos Correios – a não confundirem os endereços. Assim, o código postal funciona como uma coordenada, em que cada rua possui o seu número específico.

No início, o CEP só tinha cinco números, mas depois (em 1991) teve o acréscimo de três algarismos separados por um dígito, ficando com a seguinte forma: 00000-000. Mas é claro que não existe nenhum CEP por aí com todos os números zero!

Como é escolhido o CEP de cada lugar?

A escolha do CEP de uma rua não é feita de qualquer jeito. Ela obedece a um critério específico, e cada número significa uma região ou localidade. Por exemplo, o primeiro número equivale a uma das dez regiões do Brasil a seguir relacionadas:

Número 0: Cidade de São Paulo e Região Metropolitana

Número 1: Interior do estado de São Paulo

Número 2: Estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo

Número 3: Minas Gerais

Número 4: Bahia e Sergipe

Número 5: Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte

Número 6: Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Pará e Roraima

Número 7: Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins

Número 8: Paraná e Santa Catarina

Número 9: Rio Grande do Sul

Portanto, todo o CEP que começa com 3, por exemplo, diz respeito a um endereço que se encontra no estado de Minas Gerais.

Os demais algarismos do código postal referem-se a sub-regiões (cidades ou áreas de uma cidade), setor, subsetores e divisores. Os três últimos algarismos, que ficam depois do dígito, são códigos mais específicos da rua e das unidades utilizadas pelos correios. Assim, cada CEP equivale a uma rua diferente.

Você sabe o CEP da sua rua? Não? Então é melhor decorar ou anotar em um papel, pois cedo ou tarde você precisará dele. Para descobrir o número do seu CEP, é muito fácil, basta digitar o nome da sua rua no site dos Correios, que pode ser acessado aqui!


Por Rodolfo Alves Pena
Graduado em Geografia

O CEP ajuda na localização das ruas O CEP ajuda na localização das ruas
Por Escola Kids

Você pode se interessar também

Geografia

Tipos de moradia

Geografia

Bairros

Português

Vamos conhecer algumas siglas?

Geografia

Rua | Ensino Fundamental I

Últimos artigos

Medidas de volume

Utilizamos o volume para calcular o espaço ocupado por uma determinada matéria. Assim, é necessário desenvolver unidades de medidas de volume, como o metro cúbico.

Sólidos geométricos | Ensino Fundamental I

Sólidos geométricos são figuras com três dimensões e podem ser encontrados facilmente no nosso dia a dia. Cada sólido apresenta características únicas.

Sílabas | Ensino Fundamental I

Sílaba é o som que pronunciamos ao falarmos uma palavra. É formada por vogal ou por consoante mais vogal.

Lei do Ventre Livre

A Lei de Ventre Livre foi uma lei aprovada em 1871 que tinha como proposta iniciar a transição lenta e gradual do Brasil para a abolição do trabalho escravo.