Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Continentalidade e maritimidade

Entenda o que significa continentalidade e maritimidade e como o clima é influenciado pela distância ou proximidade com o mar.

Continentalidade e maritimidade: distância do mar influencia o clima Continentalidade e maritimidade: distância do mar influencia o clima

Sabemos que, em razão dos vários fatores climáticos que atuam na superfície terrestre, existem diferentes tipos de clima no mundo. Sabemos também que, por causa disso, regiões diferentes podem apresentar características meteorológicas totalmente distintas uma da outra em um mesmo momento. Por causa disso, é preciso investigar e entender bem essas condições que fazem com que os climas sejam diferentes entre os vários lugares.

Alguns dos elementos mais interessantes nesse sentido são as variações provocadas pela continentalidade e maritimidade. Mas, afinal, o que essas expressões significam? E o que elas têm a ver com o tempo e também com o clima?

A continentalidade é o nome dado para os efeitos climáticos sofridos por regiões localizadas no interior dos continentes, ou seja, afastadas das regiões litorâneas. Por outro lado, a maritimidade é a proximidade que algumas áreas possuem do mar, o que provoca grandes mudanças em seus climas.

Mas para entender melhor a relação entre continentalidade, maritimidade e clima, precisamos explicar um importante conceito: a amplitude térmica.

Amplitude térmica significa a variação das temperaturas ao longo do dia, ou seja, a diferença entre a temperatura mais alta e a mais baixa. Por exemplo: em uma cidade em que a mínima foi de 20ºC e a máxima foi de 38ºC, então podemos dizer que a amplitude térmica foi alta, pois houve uma mudança de 18ºC em um único dia. Já em outra área em que a mínima foi de 22ºC e a máxima de 25ºC, a amplitude foi baixa, pois só houve uma alteração de 3ºC na temperatura durante o dia.

Dessa forma, é preciso lembrar que regiões com maior umidade costumam ter uma amplitude térmica menor. Em outras palavras, as áreas que possuem maior quantidade de água no ar em forma de vapor tendem a ter menos variações de suas temperaturas, deixando o clima mais constante ao longo do dia.

Agora que sabemos a relação entre a umidade e a amplitude térmica, podemos entender os efeitos da continentalidade e da maritimidade. Geralmente, as áreas litorâneas, mais próximas do mar, recebem mais umidade, já as áreas mais afastadas recebem menos umidade. Portanto:

Quanto maior a continentalidade, menor é a umidade e maior é a amplitude térmica.

Quanto maior a maritimidade, maior é a umidade e menor é a amplitude térmica.

Isso significa que as áreas localizadas no interior dos continentes (continentalidade) variam mais as suas temperaturas. Já as regiões mais próximas ao mar (maritimidade) tendem a apresentar temperaturas mais constantes durante o dia e até no decorrer do ano, pois o ar está mais úmido nessas localidades.


Por Me. Rodolfo Alves Pena

Por Rodolfo F. Alves Pena

Você pode se interessar também

Geografia

A diferença entre Tempo e Clima

Geografia

A relação entre altitude e clima

Geografia

Amplitude térmica

Geografia

Clima e Agricultura

Últimos artigos

Crise de 1929

A Crise de 1929 foi a maior crise econômica da história dos Estados Unidos e do capitalismo. Foi iniciada pela quebra da Bolsa de Valores de Nova York.

Retângulo

O retângulo possui quatro lados e todos os ângulos internos medindo 90°. Essa forma geométrica está muito presente no cotidiano, como na face de caixas e nas paredes.

Paralelepípedo

O paralelepípedo é um sólido geométrico que possui todas as faces com paralelogramos. Essa forma pode ser percebida nos prédios e em caixas de sapatos.

Hiena

Hiena é um animal encontrado na África e na Ásia, bastante conhecido por seu hábito de se alimentar de carniça. Existem atualmente três espécies diferentes de hienas.