Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Mamba-negra

Saiba mais sobre a mamba-negra, uma das serpentes mais mortíferas do planeta.

A mamba-negra (Dendroaspis polylepis) é uma serpente muito agressiva, quando ameaçada, e extremamente venenosa. Ela é considerada uma das serpentes mais mortíferas do mundo. A espécie, que vive cerca de onze anos na vida selvagem, é encontrada na África, sendo comum em regiões de savanas bem arborizadas e florestas ribeirinhas.

Quais são as características da mamba-negra?

As mambas-negras possuem coloração acinzentada e apresentam como característica mais marcante a coloração negra do interior da boca, o que acabou dando origem para o seu nome. Pesam cerca de 1,6 kg e são relativamente grandes, podendo atingir aproximadamente quatro metros de comprimento.

A agilidade dessas serpentes é um ponto que impressiona. As mambas-negras estão entre as mais velozes do mundo, atingindo cerca de 20 quilômetros por hora. Vale frisar que essa capacidade é usada principalmente para fugir de possíveis predadores e não para atacar uma presa.

O que o veneno da mamba-negra faz com nosso corpo?

O veneno da mamba-negra possui toxinas potentes que podem desencadear um ataque cardíaco e matar uma pessoa. Caso o paciente não procure imediatamente o médico para a aplicação do soro antiofídico, pode morrer em cerca de 20 minutos. Infelizmente, em muitas áreas, o soro não está disponível e número de mortes nessas regiões é maior.

Vale destacar que a mamba-negra, normalmente, evita o confronto com seres humanos. Entretanto, caso se sinta acuada e ameaçada, ela levanta parte do seu corpo, abre a boca e realiza diversas picadas consecutivas, injetando seu poderoso veneno.

O interior da boca da mamba-negra tem coloração escura
O interior da boca da mamba-negra tem coloração escura

Curiosidades

  • Diferentemente de muitas espécies do planeta, a mamba-negra é classificada como “pouco preocupante” na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais). Isso significa que a espécie não apresenta, até o momento, riscos de entrar em extinção;

  • Pesquisadores de uma universidade da França descobriram peptídeos no veneno da mamba-negra que possuem ação analgésica. Esses peptídeos foram chamados de mambalginas. Apesar de conter esses peptídeos, o veneno, bastante tóxico, não pode ser usado para esse fim na forma como o encontramos na natureza. Sendo assim, a recomendação é: Mantenha distância!


Por Ma. Vanessa dos Santos

A mamba-negra é uma das serpentes mais mortíferas do planeta A mamba-negra é uma das serpentes mais mortíferas do planeta
Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Cobra

Ciências

Répteis

Ciências

Cobra-de-duas-cabeças

Ciências

Como a serpente injeta o veneno?

Últimos artigos

1º de abril – Dia da Mentira

O Dia da Mentira é celebrado aqui no Brasil em 1º de abril. Acredita-se que essa data tenha surgido por meio de uma mudança de datas que aconteceu na França do século XVI.

Combate ao coronavírus: vírus

Combate ao coronavírus: sintomas

Combate ao coronavírus: prevenção