Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Listra das zebras

Clique aqui e descubra a importância da listra das zebras e as diversas teorias que tentam explicar esse padrão de cor.

A listra das zebras sempre causou curiosidade nos pesquisadores A listra das zebras sempre causou curiosidade nos pesquisadores

A combinação do preto e branco da zebra, sem sombra de dúvidas, encanta os humanos. Fazemos roupas, bolsas e sapatos tentando copiar a maravilhosa beleza desse animal das savanas. Mas será que essas listras possuem alguma função para a zebra? Ou será que se trata apenas de um padrão de cores sem nenhum significado? Afinal, por que as zebras são listradas?

Essas perguntas não são feitas apenas por você, leitor. Há muitos e muitos anos que pesquisadores tentam colocar um fim nessa questão. Diversos trabalhos foram feitos e várias hipóteses foram criadas. Uma das mais aceitas é de que as listras seriam uma espécie de camuflagem. O predador, ao observar uma grande quantidade de zebras, ficaria confuso, sem saber onde começa ou termina o animal, não conseguindo diferenciar um indivíduo.

Observe a figura a seguir: realmente o padrão de listras nos confunde, não é mesmo?

Por muito tempo acreditou-se que as listras serviam como forma de camuflagem
Por muito tempo acreditou-se que as listras serviam como forma de camuflagem

Além dessa hipótese, várias outras foram criadas. Algumas sugeriam que as listras ajudavam a controlar o calor do corpo das zebras e outras falavam que era uma forma de interação social. Essa última baseava-se no fato de que cada zebra possui um padrão de listras único, assim como cada um de nós apresenta impressões digitais diferentes. Dessa forma, seria uma forma de elas reconhecerem-se.

Em abril de 2014 foi publicado em uma revista científica (Nature Communications) um trabalho que pode colocar um fim nessa dúvida. Segundo os autores, a função da listra das zebras é a de funcionar como um repelente. Isso mesmo! As listras afastam mosquitos que poderiam sugar o sangue desses animais e até mesmo transmitir doenças.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores observaram algumas espécies de equinos, como zebras e cavalos. Eles analisaram a presença ou não de listras, o tamanho delas e a presença de insetos que sugavam o sangue desses animais nos locais onde cada um vivia. O resultado foi surpreendente: eles verificaram que, em locais onde há muitas moscas, existem mais animais listrados. Aparentemente os insetos possuem uma grande aversão às listras, e animais que possuem esse padrão de coloração possuem vantagem em relação aos que não possuem, uma vez que sofrem menos picadas.

Ainda temos que descobrir muito mais fatores a respeito das listras das zebras e por que os insetos não gostam desses padrões. Sendo assim, muitas pesquisas ainda terão de ser realizadas para que possamos colocar um fim definitivo nesse e em outros mistérios.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Animais domésticos e silvestres

Ciências

Animais | Ensino Fundamental I

Ciências

Mamíferos

Últimos artigos

Crise de 1929

A Crise de 1929 foi a maior crise econômica da história dos Estados Unidos e do capitalismo. Foi iniciada pela quebra da Bolsa de Valores de Nova York.

Retângulo

O retângulo possui quatro lados e todos os ângulos internos medindo 90°. Essa forma geométrica está muito presente no cotidiano, como na face de caixas e nas paredes.

Paralelepípedo

O paralelepípedo é um sólido geométrico que possui todas as faces com paralelogramos. Essa forma pode ser percebida nos prédios e em caixas de sapatos.

Hiena

Hiena é um animal encontrado na África e na Ásia, bastante conhecido por seu hábito de se alimentar de carniça. Existem atualmente três espécies diferentes de hienas.