Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Grão de pólen

Entenda o que é o grão de pólen, conheça um pouco mais sobre a sua estrutura e compreenda a sua importância para as angiospermas e gimnospermas.

O grão de pólen é uma importante estrutura vegetal que atua garantindo a reprodução sexuada de plantas gimnospermas e angiospermas. Essa estrutura lembra um pó e é produzida nas flores de angiospermas, mais precisamente na porção conhecida como antera, e nas estruturas reprodutivas das gimnospermas, conhecidas como pinha.

→ Como podemos definir o grão de pólen?

Podemos definir o grão de pólen como um micrósporo que contém um gametófito masculino. Apesar dessas denominações complicadas, o conceito é bem simples. Isso significa que o pólen é um esporo capaz de germinar e produzir um gameta masculino, ou seja, é capaz de produzir a célula reprodutiva masculina. O pólen, portanto, não é a célula reprodutiva masculina e, sim, a estrutura que contém a geração da planta capaz de produzir tais células.

→ Como é um grão de pólen?

Como foi dito anteriormente, o grão de pólen lembra um pó, entretanto, ao analisá-lo de forma mais detalhada, é possível observar uma estrutura magnífica. Nele, há a presença de duas paredes, uma externa e uma mais interna. A mais externa é chamada de exina, e a mais interna é a intina. A exina pode apresentar-se de forma lisa ou possuir ornamentações (estruturas que parecem “enfeitar” o grão de pólen), e é possível encontrar também poros e outras aberturas. Essa camada externa é composta por uma substância bastante resistente, conhecida como esporopolenina, que garante a proteção contra radiação, desidratação e organismos que podem causar danos ao pólen.


Observe que a camada externa do pólen acima apresenta ornamentações

O aspecto de um grão de pólen varia muito de uma espécie para outra. Por causa desse fato, essas estruturas são frequentemente utilizadas na identificação das espécies. Elas podem ser usadas, inclusive, para identificar espécies que não mais existem no planeta, uma vez que, em razão de sua resistência, podem ser encontradas facilmente em registro fóssil.

→ Qual o papel do grão de pólen para uma planta?

O grão de pólen é liberado pela planta no meio ambiente para que encontre o gameta feminino dessa espécie e, assim, garanta a fecundação. Para que isso ocorra, alguns agentes podem estar envolvidos, como o vento, a água e mesmo alguns animais, como é o caso das abelhas. Esses agentes que transportam o pólen são chamados de polinizadores.

Ao chegar na estrutura onde são produzidos os gametas femininos, o grão de pólen germina e dá origem ao chamado tubo polínico, que geralmente sai pelos poros e aberturas da exina. Esse tubo cresce em direção ao gameta feminino, transportando o verdadeiro gameta masculino (o núcleo espermático) em direção à oosfera (gameta feminino).


Por Ma. Vanessa dos Santos

O pólen é produzido pelas angiospermas e gimnospermas O pólen é produzido pelas angiospermas e gimnospermas
Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Classificação das plantas

Ciências

Composição da flor

Ciências

Cor das flores

Ciências

Monocotiledôneas

Últimos artigos

Amensalismo

Amensalismo é uma relação ecológica em que uma das espécies envolvidas inibe o crescimento ou a reprodução de outra. Um exemplo dessa interação é a maré vermelha.

Camelos

Camelos são animais mamíferos que se destacam por possuírem duas corcovas, que funcionam como reserva de gordura, ajudando-os em momentos de escassez de alimento.

Maomé

Maomé ou Muhammad é o profeta do islamismo. Segundo a tradição islâmica, foi por meio das pregações dele que o islamismo surgiu como religião no século VII.

Corujas

As corujas são aves conhecidas, principalmente, pelo hábito noturno de algumas espécies, seus grandes olhos e por serem excelentes predadoras.