Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Diferenças entre focas, leões-marinhos e morsas

Conheça as principais diferenças entre focas, leões-marinhos e morsas para aprender a identificar esses animais!

Os pinípedes constituem um grupo de mamíferos aquáticos que são classificados em três famílias. Essas famílias incluem as focas, leões-marinhos e morsas, animais que vivem no ambiente aquático e terrestre. São vistos em terra, principalmente, na época reprodutiva, quando também é possível ver lutas entre os machos.

Focas, leões-marinhos e morsas apresentam algumas características que os tornam bastante semelhantes. Entretanto, olhando de perto, é possível diferenciar esses grupos de animais. Vamos conhecer melhor as diferenças entre focas, leões-marinhos e morsas?

Diferenças entre focas, leões-marinhos e morsas

Focas (Família Phocidae)


As focas não possuem orelhas externas

As focas são animais que se destacam por não possuírem orelhas e apresentarem apenas um orifício responsável pela audição. Essa é uma importante característica para diferenciá-las dos leões-marinhos. Além disso, as focas possuem nadadeiras anteriores curtas que não podem ser usadas como apoio. As nadadeiras posteriores sempre estão orientadas para trás, o que favorece a natação, mas prejudica a movimentação em terra firme. Em virtude da disposição de suas nadadeiras, as focas não conseguem andar na terra, sendo capazes apenas de se arrastar, contorcendo seu corpo.

Leões-marinhos (Família Otariidae)


Os leões-marinhos possuem orelhas externas evidentes

Os leões-marinhos, diferentemente das focas, possuem orelhas evidentes. As nadadeiras também são uma importante característica para a diferenciação, pois as anteriores são longas e capazes de servir como apoio. No que diz respeito à nadadeira posterior, ela possui capacidade de rotação, o que permite que elas sejam orientadas para frente. Em virtude das características das nadadeiras, esses animais conseguem locomover-se com maior facilidade do que as focas.

Morsas (Família Odobenidae)

As morsas possuem grandes dentes caninos
As morsas possuem grandes dentes caninos

Sem dúvidas, as morsas são os pinípedes com características mais evidentes. Apenas esses animais possuem dentes caninos gigantes, que podem atingir até um metro de comprimento e pesar mais de cinco quilos cada. Outra característica marcante desses animais é a presença de um bigode bastante perceptível. Assim como as focas, as morsas não apresentam orelhas externas e, como os leões-marinhos, são capazes de orientar a nadadeira posterior para a frente.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Os pinípedes incluem mamíferos pertencentes a três famílias de animais Os pinípedes incluem mamíferos pertencentes a três famílias de animais
Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Focas

Ciências

Mamíferos

Últimos artigos

Pau-brasil

Pau-brasil foi o primeiro artigo que os portugueses exploraram durante a colonização. Era uma madeira conhecida por permitir a fabricação de um corante avermelhado.

Deuses gregos

Os deuses gregos formavam o chamado panteão da religião dos gregos. Na crença grega, eram imortais, mas tinham forma humana e sentimentos comuns aos dos humanos.

Macacos

Macacos são animais mamíferos da ordem dos primatas que, geralmente, são encontrados vivendo em grupos, os quais apresentam comportamento social.

Tutu

Tutu, no folclore brasileiro, é reconhecido como um monstro disforme que é muito associado com o bicho-papão, o monstro devorador de crianças.