Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Como encher um balão utilizando a Química?

Clique para aprender a encher um balão utilizando a Química!

Os balões são materiais plásticos com característica elástica muito utilizados para enfeitar ambientes. Com certeza você já encheu ou acompanhou o enchimento de balões por outras pessoas. Agora, você já acompanhou alguém enchendo um balão utilizando a Química? Se não, neste texto vamos mostrar duas maneiras de utilizar a Química para encher um balão. Vamos lá?

Falar em utilizar a Química significa realizar transformações da matéria, ou seja, fazer com que uma ou mais matérias (A e B) transformem-se em outras completamente diferentes (C e D). Esse fato sempre é representado por uma equação:

A + B → C + D

Assim, quando dizemos que vamos encher um balão utilizando a Química, significa que transformaremos certos materiais em outros, e um ou mais desses materiais formados serão gases, que, por sua vez, encherão o balão.

Quando queimamos a gasolina (C8H18) na presença de oxigênio (O2), por exemplo, temos a transformação desses materiais em gás carbônico (CO2) e vapor de água (H2O), como na equação balanceada abaixo. Os produtos formados são capazes de encher um balão.

C8H18 + 25/2 O2 → 8 CO2 + 9 H2O

Conheça agora algumas maneiras práticas de encher um balão utilizando a Química:

a) Enchendo um balão com vinagre e bicarbonato de sódio

→ Materiais necessários:

  • 200 ml de vinagre

  • Duas colheres de sopa de bicarbonato de sódio

  • 100 ml de Água

  • Um copo

  • Garrafa PET de 500 ml

  • Funil

  • Balão

→ Procedimento:

1º Passo: Colocar a água no copo e adicionar todo o bicarbonato de sódio;

2º Passo: Posicionar o funil na garrafa PET e despejar dentro dela toda a mistura de água com bicarbonato.

Para realizar o próximo passo, você precisará da ajuda de alguém, pois é necessário que alguém mexa com balão, e o outro, com o vinagre.

3º Passo: Adicionar todo o vinagre no interior da garrafa e imediatamente posicionar o balão na tampa.


Modelo de posicionamento do balão na garrafa

→ O que acontece?

Quando o bicarbonato de sódio (NaHCO3, um sal) é misturado ao vinagre (formado por ácido acético, H4C2O2), temos uma reação química, representada pela equação:

H4C2O2 + NaHCO3 → NaH3C2O2 + H2O + CO2

Essa reação origina um novo sal (acetato de sódio), água e gás carbônico. O gás formado é capaz de encher o balão posicionado no bico garrafa.

b) Enchendo um balão com caldo de cana e fermento biológico

→ Materiais necessários:

  • Uma garrafa PET de 500 ml

  • Um funil

  • 100 ml de caldo de cana

  • Duas colheres de sopa de fermento biológico

  • Balão

→ Procedimento:

1º Passo: Adicionar todo o caldo de cana na garrafa PET com o auxílio do funil;

2º Passo: Adicionar todo o fermento na garrafa com o caldo de cana;

3º Passo: Tampar a garrafa e agitar bem a mistura, pelo menos por dois minutos;

4º Passo: Destampar a garrafa e posicionar o balão na ponta dela;

5º Passo: Aguardar.

→ O que acontece?

O fermento biológico possui leveduras (fungos) que realizam a decomposição do açúcar presente no caldo de cana. Os produtos da decomposição são o etanol e o gás carbônico, gás esse que encherá o balão.



Por Me. Diogo Lopes Dias

Os balões geralmente são enchidos com infladores mecânicos Os balões geralmente são enchidos com infladores mecânicos
Por Diogo Lopes Dias

Você pode se interessar também

Ciências

Fungos

Ciências

Importância da decomposição

Ciências

Polímero PET

Últimos artigos

Rinocerontes

Rinocerontes são animais de grande porte encontrados na África e Ásia. São animais solitários, territorialistas e que podem viver cerca de 50 anos.

Animais ovíparos, ovovivíparos e vivíparos

Quando falamos em animais ovíparos, ovovivíparos e vivíparos, estamos nos referindo ao local onde o embrião de uma espécie se desenvolve.

Metáfora

A metáfora é uma figura de linguagem que usamos para comparar diferentes ideias por meio de algumas semelhanças entre elas. Isso é feito com o uso de linguagem figurada.

Cuca

Cuca é um ser do folclore brasileiro e apresentada como uma velha má que sequestra crianças. Por meio de Monteiro Lobato, a forma de jacaré da cuca se popularizou.