Células animais e vegetais

  • Atualmente 0/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Células animais e vegetais As células são as unidades fundamentais da vida
Por Vanessa Sardinha dos Santos
PUBLICIDADE

As células são as menores unidades vivas de um organismo, sendo chamadas, por essa razão, de unidades fundamentais da vida. Elas são encontradas em todos os seres vivos e apresentam algumas diferenças de grupo para grupo. Hoje aprenderemos a diferença entre as células vegetais e as animais.

Características gerais de uma célula

Apesar das diferenças, de uma maneira geral, podemos afirmar que todas as células possuem membrana plasmática, citoplasma e material genético, que pode ou não estar localizado em um núcleo. Quando uma célula não possui núcleo definido, é chamada de procarionte, mas quando apresenta núcleo, é denominada de eucarionte.

As células animais e vegetais são do tipo eucarionte, sendo assim, podemos dizer que elas são compostas de membrana, citoplasma e núcleo. A membrana plasmática é a estrutura que reveste a célula, controlando o que entra e sai dessas estruturas. O citoplasma é a região entre a membrana e o núcleo onde estão localizadas as organelas celulares, que se diferenciam nos dois tipos celulares. Por fim, o núcleo é a região em que estão armazenadas as informações genéticas de cada ser vivo.

Diferenças entre as células animais e vegetais

As células animais e vegetais apresentam algumas diferenças básicas que permitem a sobrevivência do organismo em diferentes situações. Os animais, por exemplo, ingerem alimentos que fornecem matéria orgânica para a célula, o que não ocorre nas plantas. No caso dos vegetais, que são sésseis e não captam seu alimento, as células necessitam de outra forma para adquirir matéria orgânica para a produção de energia, apresentando, portanto, organelas especializadas para esse fim.

As células animais apresentam como organelas exclusivas os lisossomos e os centríolos
As células animais apresentam como organelas típicas os lisossomos e os centríolos

A primeira característica que podemos usar para diferenciar uma célula animal de uma vegetal é a presença de parede celular. Nas células animais, esse envoltório não está presente, sendo, portanto, uma característica exclusiva da célula vegetal. A função dessa estrutura é dar maior resistência à célula e protegê-la da ação de organismos que podem causar danos e doenças.

Analisando o citoplasma, podemos perceber que algumas organelas estão presentes em ambas as células, mas algumas são exclusivas de determinado tipo celular. Entre as organelas presentes em células animais e vegetais, podemos citar os ribossomos, retículo endoplasmático, complexo golgiense, peroxissomos e mitocôndrias.

As organelas típicas da célula animal são os lisossomos e os centríolos. Os lisossomos relacionam-se com a digestão intracelular, sendo responsáveis pela nutrição da célula, além de ajudarem na reciclagem de alguns componentes. Os centríolos, por sua vez, são organelas que atuam no processo de divisão da célula. Vale frisar que as briófitas e pteridófitas também possuem essa organela.

As células vegetais apresentam como estruturas mais marcantes os cloroplastos
As células vegetais apresentam como estruturas mais marcantes os cloroplastos

Nas células vegetais, as organelas exclusivas são os plastos, vacúolo de suco celular e glioxissoma. Os plastos são organelas que têm como característica marcante a presença de DNA próprio e dupla membrana. Um dos plastos mais conhecidos é o cloroplasto, que é responsável pela fotossíntese. O vacúolo de suco celular é uma estrutura que lembra um saco e que atua armazenando substâncias, controlando o pH da célula, realizando controle osmótico, entre outras funções. O glioxissoma, por sua vez, é uma organela que utiliza lipídios para fabricar glicídios.

Avaliação

-

    Escola Kids