Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Classificações do aposto

Clique aqui e aprenda mais sobre as classificações do aposto.

A cada encontro fazemos um longo e demorado passeio pelos encantados caminhos que nos conduzem à gramática. Como não poderia ser diferente, continuaremos nossa aventura, conhecendo, desta vez, as classificações do aposto. 

Ora, ele não representa para você nenhuma novidade, pois, por meio do texto “Que tal conhecermos o aposto e vocativo?”, tivemos a oportunidade de conhecer um pouco mais das suas características. Dessa forma, como nosso objetivo é ampliar nossos conhecimentos acerca de tudo aquilo que diz respeito à nossa querida Língua Portuguesa, vamos a partir de agora conhecer como se dão as classificações desse termo. Preste bastante atenção, que lá vão elas:

O aposto apresenta distintas classificações, dependendo da relação que estabelece com o termo a que se refere



Aposto explicativo

Como o próprio nome já nos revela, ele dá um significado maior ao termo a que faz referência. Falando sobre ele, nunca se esqueça de um detalhe: aparece sempre entre vírgulas, travessões ou parênteses:

Pedro, que é um dos meus melhores amigos, obteve nota máxima na prova de Matemática.

Aposto enumerativo


Se ele é enumerativo é porque enumera algo, concorda? Assim, desempenha mesmo esse papel, ou seja, o de enumerar as partes que constituem o termo a que se refere, podendo ser separado por vírgula, travessão ou dois pontos:

Na sala, éramos três amigos: eu, Pedro e Ricardo.

Aposto resumidor ou recapitulativo

Ele resume por meio de um pronome tudo aquilo que foi anteriormente expresso pelo termo principal (aquele a que o aposto se refere):

Carinho, atenção, mimos, brincadeiras, tudo isso me deixava encantado. (aqui, o pronome “tudo” se classifica como indefinido)

Aposto especificativo


Ah! Sabia que esse tipo de aposto se diferencia de todos os outros? Sim, porque ele não aparece demarcado por nenhum sinal de pontuação e a função dele é individualizar, ou seja, tornar único, um substantivo de sentido genérico, ligando-se a ele por meio de uma preposição ou de forma direta:

A poetisa Cecília Meireles pertenceu ao Modernismo.

Aposto de oração

Essa modalidade de aposto faz referência a uma oração inteira. Geralmente ele é representado pelo pronome demonstrativo “o” ou por outros substantivos, tais como: “acontecimento, fato, episódio, situação”, entre outros:

Pedro se machucou durante a partida de futebol, fato que me deixou muito triste.

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto:

Dependendo da relação que estabelece com o termo a que se refere, o aposto recebe classificações distintas Dependendo da relação que estabelece com o termo a que se refere, o aposto recebe classificações distintas
Por Escola Kids

Você pode se interessar também

Português

Aprendendo a escrever corretamente

Português

Você concluiu seu texto... é hora de revisá-lo

Português

Termos acessórios da oração

Português

Quando devemos ou não usar a vírgula?

Últimos artigos

Lobisomem

O lobisomem é um homem amaldiçoado com a condição de se transformar em um ser violento, que é metade homem e metade lobo, todas as noites de lua cheia.

Sarampo

O sarampo é uma virose que pode desencadear complicações e até mesmo a morte. Causa febre, manchas no corpo e mal-estar.

Bicho-preguiça

Bicho-preguiça, também conhecido apenas por preguiça, é um animal vertebrado, mamífero, pertence à superordem Xenarthra, e habita desde a América Central até a América do Sul.

USMCA

A nova atualização do acordo trilateral entre Estados Unidos, México e Canadá foi chamada de USMCA. Esse acordo representa uma modernização da zona de livre comércio.