Qual matéria está procurando ?

História

História

República de Weimar

Saiba mais a respeito da República de Weimar e o que ela significou para a Alemanha após a Primeira Guerra Mundial.

Entre a Primeira e a Segunda Guerra Mundial, houve na Europa a ascensão de regimes totalitários que modularam a situação política propícia para a eclosão do segundo conflito. O nazismo foi um desses regimes e o mais emblemático. Para que compreendamos a ascensão do nazismo na Alemanha, é necessário saber o que foi a República de Weimar, fundada em 1919, ainda sobre os escombros da guerra terminada em 1918.

Com o fim da Primeira Guerra e as pesadas sanções que o Tratado de Versalhes obrigou a Alemanha a cumprir, esse país viu-se em uma das piores crises políticas, morais e econômicas de sua história. A despeito de todos os problemas, a Alemanha precisava reerguer-se. O projeto político que procurou estabelecer a ordem no país foi desenvolvido na cidade de Weimar a partir de uma assembleia que se reuniu em 06 de fevereiro de 1919.

Dessa assembleia foi erigida a forma política de um sistema republicano parlamentarista, que teve seu poder dividido em duas casas principais: o Reichstag (Parlamento) e o Reichsrat (Assembleia). Os comandantes do executivo eram o chanceler (Reichskanzler) e o presidente (Reichspräsident), ou comissário do povo. O primeiro a governar a República de Weimar e a exercer esses dois cargos foi Friedrich Ebert, político de orientação socialista que ficou no poder até 1925.

Ao mesmo tempo em que a República de Weimar procurou estruturar-se, houve na Alemanha outros segmentos políticos de caráter radical. Um deles, de expressão comunista revolucionária, foi o Movimento Espartaquista, que tinha como uma de suas representantes mais emblemáticas Rosa Luxemburgo. Os espartaquistas tentaram um golpe contra o governo, mas foram sufocados pelas tropas republicanas.

Outro segmento político radical, que ganhou enorme representação popular durante a República de Weimar, foi o nazismo, movimento associado ao Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães, que reunia uma massa de desempregados e ex-combatentes da Primeira Guerra Mundial, e cujo principal líder, Adolf Hitler, aproximou-se gradativamente do segundo chefe de Estado da república, o marechal Paul Von Hindenburg.

Hindenburg governou a Alemanha de 1925 a 1933. Nesse período, o país recebeu a onda da catástrofe econômica gerada pela Crise de 1929. O agravamento da crise social e econômica da Alemanha fez com que o marechal cedesse às pressões do partido nazista e que desse a Hitler o posto de chanceler. Com a morte de Hindenburg, em 1933, a República de Weimar teve fim e a era nazista na Alemanha, o seu início.


Por Me. Cláudio Fernandes

Acima, o Reichstag, o parlamento alemão, que foi o centro das decisões políticas da República de Weimar Acima, o Reichstag, o parlamento alemão, que foi o centro das decisões políticas da República de Weimar
Por Cláudio Fernandes

Você pode se interessar também

História

Suástica e nazismo

História

Tratado de Versalhes

História

Impeachment

História

Nazismo

Últimos artigos

Lobisomem

O lobisomem é um homem amaldiçoado com a condição de se transformar em um ser violento, que é metade homem e metade lobo, todas as noites de lua cheia.

Sarampo

O sarampo é uma virose que pode desencadear complicações e até mesmo a morte. Causa febre, manchas no corpo e mal-estar.

Bicho-preguiça

Bicho-preguiça, também conhecido apenas por preguiça, é um animal vertebrado, mamífero, pertence à superordem Xenarthra, e habita desde a América Central até a América do Sul.

USMCA

A nova atualização do acordo trilateral entre Estados Unidos, México e Canadá foi chamada de USMCA. Esse acordo representa uma modernização da zona de livre comércio.