Qual matéria está procurando ?

História

História

Machu Picchu

Machu Picchu foi uma cidade construída pelos incas no século XV e conhecida como um refúgio do imperador inca. Foi abandonada no século XVI e redescoberta em 1911.

Machu Picchu, no Peru, cidade  construída pelos incas no século XV. Machu Picchu foi uma cidade inca que atualmente é um importante centro de turismo no Peru.

Machu Picchu foi uma cidade construída pelos incas no século XV, supostamente durante o reinado de Pachacuti. Era considerada um refúgio do imperador, apesar de também ter um papel religioso. Era pouco habitada, possuindo uma população de centenas de pessoas. Está localizada no topo de uma montanha no Vale Sagrado dos Incas.

A cidade foi toda construída em granito, tendo sido abandonada no século XVI, muito provavelmente por conta da presença espanhola no Império Inca. A cidade permaneceu esquecida, sendo redescoberta em 1911. Atualmente é um importante centro de turismo e é considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Leia também: Como os espanhóis conquistaram os incas?

Resumo sobre Machu Picchu

  • Machu Picchu foi uma cidade construída pelos incas no século XV.

  • Acredita-se que tenha sido construída no reinado de Pachacuti.

  • Servia como refúgio para o imperador e tinha uma importância religiosa.

  • Foi abandonada pelos incas no século XVI, muito provavelmente pela conquista espanhola.

  • É considerado um Patrimônio da Humanidade pela Unesco desde 1983 e é o lugar mais visitado do Peru na atualidade.

O que é Machu Picchu?

Machu Picchu foi uma cidade pré-colombiana, fundada pelos incas e localizada no topo de uma montanha no atual Peru, estando a uma altitude de cerca de 2400 metros. Atualmente, o local é um importante sítio arqueológico, visitado por milhares de turistas todos os anos e uma evidência do estilo de vida e da engenhosidade dos incas.

As ruínas de Machu Picchu estão no Vale Urubamba, local que é cruzado pelo rio Urubamba, também conhecido como Vale Sagrados dos Incas. A cidade foi construída próximo da cidade de Cusco, a antiga capital do Império Inca. Estima-se que a distância entre os dois locais seja de cerca de 80 quilômetros.

Popularmente conhecida como “cidade perdida dos incas”, o termo Machu Picchu é traduzido do quéchua (idioma falado pelos incas) como montanha velha. Os pesquisadores, no entanto, possuem evidências que atestam que o nome real da cidade era Huayna Picchu e acredita-se que era assim que os incas se referiam a esse local.

Construção e redescoberta de Machu Picchu

A cidade de Machu Picchu foi construída durante o século XV, sendo habitada pelos incas até o século XVI, quando então foi abandonada. Tradicionalmente, acreditou-se que a cidade tenha sido construída durante o reinado de Pachacuti, primeiro imperador inca e que se manteve na posição entre os anos de 1438 e 1471.

Os historiadores afirmavam que a cidade teria sido inaugurada por volta de 1450, entretanto pesquisas mais recentes sugerem que essa informação pode estar imprecisa. Isso porque novas evidências apontam que a cidade já era habitada desde 1420, sugerindo que teria se desenvolvido antes do reinado de Pachacuti e antes do surgimento do Império Inca.

No século XVI, foi abandonada, permanecendo esquecida durante séculos. Os pesquisadores acreditam que os habitantes locais tinham conhecimento da existência das ruínas de Machu Picchu, mas a cidade só foi redescoberta quando o pesquisador estadunidense chamado Hiram Bingham a encontrou em 1911.

Nessa ocasião ele liderava uma expedição que estava à procura de Vilcabamba, cidade inca que ficou conhecida como a última capital dos incas. Bingham acreditou ter descoberto Vilcabamba, mas ela só foi descoberta pelos pesquisadores na década de 1960.

Características de Machu Picchu

Passagem de pedra dando caminho para a cidade de Machu Picchu.
A cidade de Machu Picchu foi totalmente construída em pedras de granito.

Machu Picchu foi toda construída em pedras de granito, e foi usada uma técnica de encaixe das pedras que dá uma enorme sustentação para as construções. Os historiadores têm algumas dúvidas acerca do real propósito de Machu Picchu. Não se sabe se era um centro religioso, um local de refúgio do imperador ou uma pequena fortaleza. Isso porque as ruínas apontam para esses três usos e, talvez, a cidade cumprisse os três propósitos.

A população de Machu Picchu era pequena, estando entre 500 e 750, e podendo abrigar, no máximo, 1.000 habitantes. Os historiadores sugerem também que a entrada na cidade era limitada a um grupo muito específico de pessoas. Isso é reafirmado pelo fato de que algumas casas da região do vale do Urubamba possuíam estradas particulares que levavam diretamente a Machu Picchu. A dificuldade de chegada ao local reforça o fato de que somente um pequeno grupo conseguia acessá-lo. Além disso, as estruturas de segurança garantiam que Machu Picchu era realmente um local de difícil acesso.

Parte do Templo do Sol, em Machu Picchu.
Parte do Templo do Sol, estrutura que faz com que os historiadores acreditem que a cidade poderia estar relacionada com Inti, o deus Sol dos incas.

Os historiadores sabem que o imperador inca costumava se isolar depois de campanhas militares realizadas pelos incas e Machu Picchu costumava ser esse local. Além disso, a cidade possuía uma importante construção religiosa, o Templo do Sol, e os especialistas acreditam que a cidade poderia estar relacionada com Inti, o deus Sol dos incas, uma divindade com muita ligação com a realeza e nobreza inca.

Ruínas de algumas construções em Machu Picchu.

Machu Picchu possuía uma grande variedade de edificações. A cidade possuía construções de caráter religioso e militar, residenciais e aquelas que eram dedicadas à administração local. Também havia um local para observações astronômicas, além de espaço para plantações (o terraço de muitas construções também era usado para esse propósito), canais que transportavam água, fontes de água e um local onde se enterravam corpos.

Veja também: Moais — grandes blocos de pedra com forma humanoide que os Rapa Nui construíram na Ilha de Páscoa

Por que Machu Picchu foi abandonada?

Machu Picchu foi construída no século XV e esvaziada repentinamente no século XVI. Esse esvaziamento da cidade, possivelmente, tem relação com a chegada e a conquista espanhola realizada nesse século. Alguns pesquisadores sugerem que a varíola disseminada pelos espanhóis pode ter contribuído para matar a população de Machu Picchu.

A historiografia acreditava que os espanhóis não tinham tido conhecimento da existência de Machu Picchu, mas alguns relatos de espanhóis sugerem que os espanhóis teriam, sim, noção da existência dessa cidade.

Machu Picchu como centro turístico

Atualmente, Machu Picchu é um importante centro turístico do Peru, sendo o local mais procurado para visitação em todo o país. Apesar disso, o governo peruano estabeleceu regras rígidas de visitação, estipulando que o máximo de pessoas que podem ir ao local por dia são 2.500. Machu Picchu é considerada um Patrimônio da Humanidade pela Unesco, desde 1983, e foi eleita, em 2007, como uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno.

Fontes

CARTWRIGHT, Mark. Machu Picchu. Disponível em: https://www.worldhistory.org/Machu_Picchu/.

CARTWRIGHT, Mark. Pachacuti Inca Yupanqui. Disponível em: https://www.worldhistory.org/Pachacuti_Inca_Yupanqui/.

CUMMINGS, Mike. Machu Picchu older than expected, study reveals. Disponível em: https://news.yale.edu/2021/08/04/machu-picchu-older-expected-study-reveals.

HEARN, Kelly; GOLOMB, Jason. Machu Picchu. Disponível em: https://www.nationalgeographic.com/history/article/machu-picchu-mystery.

GILL, N.S. Machu Picchu, Peru; Wonder of the World. Disponível em: https://www.thoughtco.com/about-machu-picchu-119770.

ROMO, Vanessa. Historians say explorers got it wrong: It’s not Machu Picchu, it’s Huayna Picchu. Disponível em: https://www.npr.org/2022/03/27/1089088061/machu-picchu-huayna-wrong-name.

SAUNDERS, Nicholas J. Américas antigas: as grandes civilizações. São Paulo: Madras, 2005.

Por Daniel Neves Silva

Você pode se interessar também

História

Astecas

História

Civilizações Pré-Colombianas

História

Conquista do Império Inca

História

Incas

Últimos artigos

Milagre econômico brasileiro

Milagre econômico brasileiro foi um período da Ditadura Militar no qual a economia brasileira apresentou grande crescimento e importantes obras públicas foram realizadas.

Manto terrestre

O manto terrestre é uma camada, constituída pelo magma, muito dinâmica da Terra. Situado entre a crosta e o núcleo, ocupa aproximadamente 84% do volume total do planeta.

Altitude

A altitude é a distância vertical entre um ponto na superfície da Terra e o nível do mar, sendo uma medida importante para a caracterização do relevo de uma área.

Área do cubo

A área do cubo é a medida da superfície desse poliedro. A área da base, a área lateral e a área total do cubo estão relacionadas à área do quadrado.