Qual matéria está procurando ?

História

História

Fases da colonização do Brasil

Conheça um resumo das três fases da colonização do Brasil.

O chamado período de colonização do Brasil esteve relacionado com o tempo em que os portugueses mantiveram o controle econômico e administrativo de seus territórios na América, entre 1500 e 1822. Nesse sentido, houve algumas fases da colonização no Brasil que geralmente são indicadas no número de três.

As fases da colonização foram estabelecidas por historiadores para apresentar características comuns de cada período. Mas não há uma uniformidade cronológica, como será possível perceber abaixo.

Antônio Parreiras (1860-1937) pintou a tela A conquista da Amazônia para ilustrar a chegada dos portugueses ao norte da colônia
Antônio Parreiras (1860-1937) pintou a tela A conquista da Amazônia para ilustrar a chegada dos portugueses ao norte da colônia

Período Pré-colonial (1500-1549)

O primeiro período é o Pré-colonial, que se estendeu da chegada de Cabral às terras americanas, em 1500, até a formação do primeiro Governo-Geral, em 1549. Esse período foi marcado principalmente pela exploração da costa brasileira através da extração de produtos que eram vendidos no mercado europeu, cujo mais famoso ficou sendo o pau-brasil.

Não houve nesse período um interesse maior em povoar o território colonial, mas apenas construir fortificações e evitar a presença de não portugueses no litoral, principalmente os franceses. Uma primeira tentativa de administração colonial foi tentada com a criação das Capitanias Hereditárias, a partir de 1530. Porém, o sistema de Capitanias mostrou-se ineficiente, o que levou à formação dos Governos-Gerais, dando início ao período subsequente.

Gravura de Johan Baptist von Spix (1781-1826) em que negros são retratados na exploração de diamantes
Gravura de Johan Baptist von Spix (1781-1826) em que negros são retratados na exploração de diamantes

Período Colonial (1549 - final do século XVIII)

O Período Colonial foi marcado pela formação do primeiro Governo-Geral na colônia portuguesa na América, com a chegada de Tomé de Sousa à Bahia, e pela formação da primeira capital da colônia, a cidade de São Salvador.

Foi durante o Período Colonial que a colônia brasileira possibilitou aos portugueses seus maiores lucros. Os principais momentos da exploração colonial encontram-se nesse período, com os ciclos do açúcar e o ciclo do ouro.

No período colonial, foram sendo desenvolvidas as primeiras cidades do Brasil e iniciou-se a formação da população. As fronteiras expandiram-se para além do Tratado de Tordesilhas, colonizando o sertão brasileiro, a Amazônia e o sul da colônia.

Além do açúcar e do ouro, houve a exploração de outros produtos, como as drogas do sertão e o algodão. A escravidão também se desenvolveu nesse período, transformando-se no principal pilar de sustentação da empresa colonial.

Uma família brasileira, de Henry Chamberlain (1796-1844), evidenciando um dos aspectos da formação da sociedade brasileira
Uma família brasileira, de Henry Chamberlain (1796-1844), evidenciando um dos aspectos da formação da sociedade brasileira

Crise do Sistema Colonia (final do século XVIII-1822)

Uma série de fatores marcou esse terceiro período. A chamada Crise do Sistema Colonial engloba esses fatores: a crise do absolutismo, conhecido como Antigo Regime, e o fortalecimento dos princípios do liberalismo; o crescimento das manufaturas e o início do processo de industrialização, diminuindo a importância do mercantilismo; a eclosão da Independência dos EUA e a Revolução Francesa.

Especificamente na relação entre Portugal e Brasil, esses fatores manifestaram-se com as Reformas Pombalinas, ocorridas a partir de 1750, alterando alguns aspectos da administração colonial. Houve ainda o aparecimento de movimentos de rebeldia contra a administração da Metrópole, cujo caso mais conhecido foi o da Inconfidência Mineira.

Por fim, a chegada da Família Real em 1808 alteraria permanentemente a relação entre Metrópole e Colônia, resultando na Independência do Brasil, em 1822.


Por Me. Tales Pinto

Combate aos botocudos em Mogi das Cruzes, tela de Oscar Pereira da Silva (1865-1939) que mostra a luta de bandeirantes contra indígenas Combate aos botocudos em Mogi das Cruzes, tela de Oscar Pereira da Silva (1865-1939) que mostra a luta de bandeirantes contra indígenas
Por Escola Kids

Você pode se interessar também

História

Colonização do Brasil

História

Conquista dos astecas

História

Capitanias Hereditárias

História

As Invasões Francesas no Brasil

Últimos artigos

Lobisomem

O lobisomem é um homem amaldiçoado com a condição de se transformar em um ser violento, que é metade homem e metade lobo, todas as noites de lua cheia.

Sarampo

O sarampo é uma virose que pode desencadear complicações e até mesmo a morte. Causa febre, manchas no corpo e mal-estar.

Bicho-preguiça

Bicho-preguiça, também conhecido apenas por preguiça, é um animal vertebrado, mamífero, pertence à superordem Xenarthra, e habita desde a América Central até a América do Sul.

USMCA

A nova atualização do acordo trilateral entre Estados Unidos, México e Canadá foi chamada de USMCA. Esse acordo representa uma modernização da zona de livre comércio.