Qual matéria está procurando ?

História

História

Calabar e traição na colônia

Saiba mais sobre Calabar, o suposto traidor do Brasil.

Cartaz da peça de Chico Buarque e Ruy Guerra, Calabar, que debate a traição de Calabar Cartaz da peça de Chico Buarque e Ruy Guerra, Calabar, que debate a traição de Calabar

O processo de formação do Brasil teve sua origem durante o período colonial. A vinda de europeus e africanos para as terras americanas controladas por Portugal, junto aos indígenas que aqui habitavam, garantiu a constituição de uma das raízes do Brasil.

Mas não foram apenas os portugueses a tentar colonizar as ditas terras brasileiras. Houve ainda as invasões francesas e holandesas à colônia. Nessa última apareceu uma figura nova, a do traidor do Brasil, construída ao longo do tempo e representada por Domingos Fernandes Calabar.

Calabar era um proprietário de terras, filho de português com uma índia. Educado pelos jesuítas, Calabar abandonou terras e propriedades para poder lutar ao lado dos portugueses quando os holandeses invadiram Pernambuco, em 1630. Ao lado das tropas comandadas por Matias de Albuquerque, Calabar participou das ações de guerrilha que conseguiram conter as forças militares holandesas.

Entretanto, dois anos depois, Domingos Calabar aliou-se aos holandeses. Afirmou que o fez para fugir da tentativa de portugueses e espanhóis de escravizar a colônia, o contrário do que supostamente queriam os holandeses.

Em virtude de seu conhecimento da região e também das informações repassadas aos invasores, os holandeses conseguiram várias vitórias e também conquistaram um amplo território no Nordeste, já que, além de Pernambuco, controlaram também a Paraíba e o Rio Grande do Norte. Com isso, passaram a controlar a produção de açúcar na região.

Em 1635, durante as lutas entre os invasores holandeses e as forças ligadas aos portugueses, na região de Porto Calvo, os primeiros fecharam a única estrada em boas condições. As tropas de Matias de Albuquerque forçaram a passagem e obtiveram sucesso. Calabar foi preso e condenado. Morreu enforcado e teve o corpo esquartejado.

Durante muito tempo Calabar foi tratado como um traidor da pátria. Mas será que as pessoas que moravam na colônia identificavam-se como brasileiros?

Muito dificilmente essa identificação teria acontecido. As pessoas que habitavam a colônia, excetuando os escravos e a maior parte dos indígenas, eram súditos do rei de Portugal. O conceito de brasileiro surgiria apenas muitos anos depois, nos anos próximos à Independência, que ocorreu em 1822.

Além disso, não foi apenas Calabar que colaborou com os holandeses. Muitos senhores de engenho, lavradores de cana, escravos, cristãos-novos, índios tapuias e mestiços pobres também colaboraram. Talvez o caso não fosse de traição. Talvez fosse apenas o caso de escolher qual dos exploradores coloniais apoiar.


Por Me. Tales Pinto

Por Escola Kids

Você pode se interessar também

História

Capitanias Hereditárias

História

Colonização do Brasil

História

Invasões francesas no Brasil

História

Invasões holandesas no Brasil

Últimos artigos

Folclore brasileiro

O folclore brasileiro é o rico conjunto de manifestações de nossa cultura. Mitos, lendas, danças, músicas, brincadeiras e festas populares fazem parte dele.

El Niño

O El Niño é um fenômeno descrito pelo aquecimento anormal das águas do Oceano Pacífico, provocando chuvas volumosas no Sul do Brasil e secas severas no Norte e no Nordeste.

Bicho-papão

Bicho-papão é uma lenda presente no folclore brasileiro que fala de um monstro que sequestra e devora crianças desobedientes. Foi influência portuguesa em nossa cultura.

Queda da Bastilha

A queda da Bastilha foi um acontecimento marcante que se passou em 14 de julho de 1789, marcando o início da Revolução Francesa.