Qual matéria está procurando ?

História

História

Assembleia Constituinte de 1987

Saiba mais sobre a formação da Assembleia Constituinte de 1987 e a importância que ela teve para a consolidação da democracia no Brasil.

A Assembleia Constituinte de 1987 foi realizada com o objetivo estrito de se elaborar uma nova Constituição para o Brasil. Essa Constituição, promulgada em 1988, selou a transição do regime militar dos anos 1960 e 1970 para o regime democrático e vigora até hoje.

Como você deve saber, o Brasil passou por um período de 25 anos sob regime político militar, regime esse que começou em 1964 e só terminou em 1985. Nesse período, sobretudo a partir do ano de 1968, os direitos básicos do cidadão, como os direitos de ir e vir e de liberdade de expressão, foram suspensos pelo regime. As eleições tornaram-se indiretas, feitas apenas entre o colegiado militar e os congressistas civis, membros das duas únicas legendas partidárias do período: a Aliança Renovadora Nacional – Arena e o Movimento Democrático Brasileiro – MDB. O grosso da população estava à margem das decisões políticas.

Ao contrário de outros países em que vigoraram regimes militares, no Brasil não houve uma ruptura hostil, isto é, não houve guerra civil ou a ascensão de grupos revolucionários ao poder, mas, sim, uma transição para o regime democrático operada pelos próprios militares. Essa transição começou no ano de 1979, com a Lei da Anistia, que absolvia os crimes praticados tanto por guerrilheiros revolucionários quanto por membros das Forças Armadas. De 1979 a 1985, o processo de abertura democrática foi sendo feito de forma gradual: inicialmente, houve novamente a liberdade para a formação de partidos políticos no início dos anos 1980, bem como as primeiras campanhas para as eleições diretas.

Em 1985, o primeiro presidente civil foi eleito (ainda indiretamente): Tancredo Neves. Todavia, ele faleceu antes de tomar posse. O vice-presidente eleito, José Sarney, assumiu o posto, começando então o primeiro governo civil após 21 anos. No ano seguinte (1986), houve a primeira eleição direta para governadores e congressistas. Foram esses congressistas que se encarregaram de elaborar uma nova Constituição para o Brasil. A última datava de 1967 e não contemplava os novos anseios políticos.

A Assembleia Nacional Constituinte começou a se reunir em 1º de fevereiro de 1987. Ela teve um caráter de Congresso Constituinte, isto é, os próprios deputados e senadores eleitos fizeram o texto da Constituição e permaneceram em seus cargos após ela ter sido outorgada. Em outros países, o processo é diferente: os congressistas são eleitos temporariamente apenas para elaborar a Carta Constitucional. Após o término das sessões, a Constituinte dissolveu-se, e novas eleições foram convocadas – esse processo é chamado de Constituinte Exclusiva.

Além dos congressistas que dela participaram, também estavam presentes os chamados “notáveis”, isto é, pessoas especializadas em assuntos como educação, saúde, direito etc. Como diz o historiador Boris Fausto, em seu livro “História do Brasil”: “Havia um anseio de que ela não só fixasse os direitos dos cidadãos e as instituições básicas do país como resolvesse muitos problemas fora de seu alcance. Os trabalhos da Constituinte foram longos, tendo-se encerado formalmente em 5 de outubro de 1988 quando foi promulgada a nova Constituição.[1]

Com a nova Constituição aprovada, uma nova fase histórica do país começava, a qual vemos desenrolar-se atualmente.

* Créditos da imagem: Wikipedia Commons e Agência Brasil

NOTAS

[1] FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo: EDUSP, 2013. p 445.


Por Me. Cláudio Fernandes

Membros da Constituinte em 1987 reunidos no Congresso Nacional * Membros da Constituinte em 1987 reunidos no Congresso Nacional *
Por Cláudio Fernandes

Você pode se interessar também

História

Assembleia Constituinte de 1823

História

Assembleia Nacional Francesa de 1789

História

Constituição de 1988

História

Ditadura Militar no Brasil

Últimos artigos

Cuca

Cuca é um ser do folclore brasileiro e apresentada como uma velha má que sequestra crianças. Por meio de Monteiro Lobato, a forma de jacaré da cuca se popularizou.

Animais herbívoros

Os animais herbívoros se alimentam de algas e/ou vegetais e, portanto, ocupam sempre o nível de consumidores primários na cadeia alimentar.

Realismo no Brasil

Realismo foi um estilo de época do século XIX. No Brasil, Machado de Assis é seu maior representante.

Código de Hamurábi

Código de Hamurábi — código de leis tradicionais na Mesopotâmia — foi compilado por Hamurábi, rei da Babilônia, no século XVIII a.C.