Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Exportação e importação

Exportação e importação correspondem a importantes atividades de compra e venda do comércio exterior e afetam diretamente a economia dos países envolvidos.

 Exportação e importação consistem em atividades relacionadas ao comércio exterior, configurando entrada e saída ou a venda e a compra de mercadorias, bens ou serviços de um país a outro. Essas atividades exercem enorme influência na economia de um país, indicando suas potencialidades no setor industrial, bem como suas deficiências.

Leia também: Setores da economia

O que é exportação?

Segundo o Ministério da Economia, exportação “compreende à saída temporária ou definitiva em território nacional de bens ou serviços originários ou procedentes do país, a título oneroso ou gratuito.”

Assim, exportação compreende à ação de venda, envio ou doação de produtos e serviços de um país a outro. Normalmente, países, empresas ou instituições que pretendem ampliar seus negócios, diversificar seu mercado e crescer economicamente optam por expandir o mercado, voltando-se para o exterior.

A exportação pode ser classificada, segundo o Ministério das Relações Exteriores, em:

  1. Direta: o próprio produtor é quem fatura. Isso significa que o processo de exportação é todo realizado pela própria empresa que exporta, ou seja, são de conhecimento do produtor todas as etapas como documentação, pesquisa de mercado, transações financeiras, entre outras.

  2. Indireta: a venda não é realizada pela empresa que produz as mercadorias a serem exportadas. Isso significa que a empresa que exporta não é a responsável pelo comércio externo do produto em nenhuma de suas etapas, terceirizando essa função a empresas com experiência na atividade.

O que é importação?

Segundo o Ministério da Economia, importação “compreende a entrada temporária ou definitiva em território nacional de bens ou serviços originários ou procedentes de outros países, a título oneroso ou gratuito.”

Assim, importação refere-se à ação de compra de produtos, bens ou serviços. É fato que nenhum país é autossuficiente em todos os setores, apresentando, então, determinadas “deficiências”, fazendo com que seja necessário importar. As importações podem ser de alimentos, matérias-primas, serviços para viabilizar pesquisas científicas, entre outros.

A importação pode ser classificada em duas|1|:

  • Direta: realizada sem intermédio, ou seja, a compra é realizada diretamente com quem fabrica os produtos.

  • Indireta: é realizada por intermédio, por exemplo, de empresas especializadas em importação, ou seja, o vendedor não é o fabricante.

De acordo com o Manual de Importação da Universidade Estadual Paulista (Unesp), a importação apresenta três fases em seu processo:

  1. Administrativa: quando a ação é autorizada sendo realizada de acordo com a operação ou tipo de mercadoria a qual será importada. É necessária, nesse momento, uma licença para importação.

  2. Cambial: quando há pagamento ao exportador, ou seja, ocorre a transação financeira.

  3. Fiscal: quando há o despacho aduaneiro, ou seja, a mercadoria é liberada pela alfândega.

Vantagens e desvantagens

Exportar ou importar apresentam tanto pontos positivos quanto pontos negativos. Tudo depende da natureza comercial, bem como dos países envolvidos.
Exportar ou importar apresentam tanto pontos positivos quanto pontos negativos. Tudo depende da natureza comercial, bem como dos países envolvidos.

As vantagens e desvantagens da exportação e da importação variam segundo a natureza comercial, segundo os países ou empresas envolvidas, força cambial e econômica, localização etc. Sendo assim, são variáveis e podem não ser aplicadas a todas as relações comerciais exteriores. Veja, então, as possibilidades vantajosas e desvantajosas no comércio exterior:

Exportação

Vantagens

Desvantagens

Possibilidade de aumento da produtividade do país que exporta.

É possível que o tempo de retorno financeiro seja maior.

Possibilidade de diminuição da carga tributária da empresa exportadora, em virtude da compensação do recolhimento de impostos nacionais.

A localização faz com que haja diferenças climáticas e culturais entre os países, fazendo com que seja necessário, em alguns casos, um cuidado maior com as mercadorias que irão ser exportadas, evitando prejuízos.

Normalmente, as empresas impulsionadas pelas tendências de mercado tendem a melhorar seus serviços.

Se a empresa que pretende exportar não apresentar qualificação para o mercado, é possível que o comércio exterior torne-se um problema, visto as questões burocráticas e legislativas que essas atividades implicam.

Empresas que exportam acabam por se fortalecer quando há sucesso nas negociações, tornando-se, então, referência para empresas que desejam ser inseridas no mercado externo.

Possíveis greves fiscais ou problemas no transporte podem atrasar e dificultar as exportações.

Importações

Vantagens

Desvantagens

Quando uma moeda de um determinado país for mais valorizada em relação a outro, há vantagem cambial.

Há possibilidade de atrasos na entrega dos produtos que foram importados.

No caso do Brasil, o Governo Federal oferece estímulos a empresas que desejam importar.

A falta de planejamento pode trazer falhas, como prejuízos financeiros em relação, por exemplo, à quantidade necessária de produtos a serem importados.

Se comparado ao tempo de produção de uma mercadoria, o tempo que utilizado no processo de importação é menor do que levaria para o produto ser produzido.

A falta de confiança e credibilidade entre as empresas pode provocar possíveis conflitos entre elas ao longo do processo.

Exportação e importação no Brasil

O Brasil é um dos maiores exportadores de produtos, como a soja e carne bovina, para diversos países.
O Brasil é um dos maiores exportadores de produtos, como a soja e carne bovina, para diversos países.

O Brasil representa a maior economia da América Latina e, segundo o Observatório de Complexidade Econômica, o Brasil é a 22º maior economia de exportação do mundo. Atualmente é o maior exportador de carne bovina, exportando cerca de 1,64 milhões de toneladas, de acordo com dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadores de Carnes.

Em 2019, a balança comercial do Brasil, que representa as importações e exportações do país, segundo o Ministério da Economia, apresentou superavit, ou seja, as exportações superaram as importações, mantendo a balança comercial favorável. As exportações atingiram o valor de US$ 3,948 bilhões e as importações chegaram a US$ 3,340 bilhões.

Os principais produtos exportados no Brasil são:

Soja

Açúcar

Óleos de petróleo

Minério de Ferro


Leia mais: Pré-sal no Brasil

Os principais destinos são:

China

Estados Unidos

Argentina

Alemanha

Holanda


A China é atualmente a principal parceira comercial do Brasil, exportando e importando produtos como a soja, óleos de petróleo e minérios de ferro. No ano de 2017, as importações brasileiras somaram mais de US$ 150 bilhões. Nesse período, as principais importações foram: peças e partes de veículos, medicamentos e óleos combustíveis.

Os principais produtos importados pelo Brasil são:

Peças de veículos

Telefones

Medicamentos

Carros


Os principais importadores são:

China

Estados Unidos

Alemanha

Argentina

Nigéria

O que é melhor: exportar ou importar?

As importações e exportações juntas resultam no que chamamos de balança comercial. Obviamente, um país sempre preza por uma balança comercial favorável, ou seja, ganhar mais do que gastar, ou vender mais do que comprar. Contudo, não se pode dizer que uma é melhor do que a outra, visto que um país não produz tudo aquilo que necessita, tendo, então, a necessidade de importar determinados produtos, bens ou serviços a fim de garantir o suprimento das necessidades da população e até mesmo dos setores da economia: agrícola, industrial e o de serviços.

Notas:

|1| OS DESAFIOS PARA AS OPERAÇÕES DE IMPORTAÇÃO NO BRASIL. Para acessar, clique aqui.

  

Exportação e importação são atividades do comércio exterior de compra e venda de produtos, bens ou serviços. Exportação e importação são atividades do comércio exterior de compra e venda de produtos, bens ou serviços.
Por Rafaela Sousa

Você pode se interessar também

Geografia

China

Geografia

Estados Unidos

Geografia

Fronteira Agrícola

Geografia

Setores da Economia

Últimos artigos

Lobisomem

O lobisomem é um homem amaldiçoado com a condição de se transformar em um ser violento, que é metade homem e metade lobo, todas as noites de lua cheia.

Sarampo

O sarampo é uma virose que pode desencadear complicações e até mesmo a morte. Causa febre, manchas no corpo e mal-estar.

Bicho-preguiça

Bicho-preguiça, também conhecido apenas por preguiça, é um animal vertebrado, mamífero, pertence à superordem Xenarthra, e habita desde a América Central até a América do Sul.

USMCA

A nova atualização do acordo trilateral entre Estados Unidos, México e Canadá foi chamada de USMCA. Esse acordo representa uma modernização da zona de livre comércio.