Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Ciclone

Entenda como se forma um ciclone, suas características e seus impactos.

Os ciclones, que variam em tamanho e intensidade, recebem nomes diferentes Os ciclones, que variam em tamanho e intensidade, recebem nomes diferentes

Os ciclones são tempestades em forma de redemoinho. São formados por grandes quantidades de ar e água que se deslocam em movimentos giratórios muito rapidamente. São formados nos oceanos em regiões tropicais (onde a água é mais quente).

Furacão, tufão e tornado são tipos de ciclone. O que muda de um fenômeno para outro é o local de origem. Também podem receber os nomes de tempestade tropical, depressão tropical, tempestade ciclônica ou ciclone tropical, também de acordo com a localização de origem.


De acordo com o local de origem, o ciclone pode receber vários nomes: furacão, tufão, tornado e outros

Como são formados os ciclones?

  • Eles têm origem nos oceanos, nas regiões tropicais e, portanto, mais quentes. As águas atingem 27 ºC na superfície, evaporam e dão início ao processo de formação da tempestade;

  • O vapor de água, quando é aquecido, sobe para as camadas mais frias da atmosfera. Depois disso, condensa-se e origina nuvens carregadas;

  • Nesse processo há uma grande liberação de energia, que acaba criando uma zona de baixa pressão no topo, atraindo correntes de ar que vão das partes mais altas para as mais baixas no centro da tempestade;

  • O ar em movimento ao redor do ciclone é atraído para o centro do ciclone e ocupa o lugar do ar que subiu. No centro do ciclone, o movimento do ar é descendente (de cima para baixo) e, nas paredes externas, tem um fluxo ascendente (de baixo para cima).

Onde nascem os ciclones?

Os ciclones ocorrem em quase todos os oceanos. Os locais de maior ocorrência de ciclones são:

  • No norte do Oceano Atlântico;

  • No oeste do Oceano Pacífico;

  • No Oceano Índico próximo à costa.

Que danos pode causar um ciclone?

A escala Saffir-Simpson é uma tabela que é utilizada para avaliar a intensidade dos ciclones. São classificados em categorias que vão da 1 até a 5. Quanto maior o número, mais intensos são os danos causados pelo ciclone. Essa escala é muito utilizada para prever possíveis riscos de estragos a residências, prédios, construções e também para verificar se há risco de inundações.


Os danos causados e a intensidade dos ciclones determinam em que escala está classificado um ciclone

Por Amarolina Ribeiro

Você pode se interessar também

Geografia

Diferença entre furacão e tornado

Geografia

Furacões

Geografia

Por que é tão difícil um furacão atingir o Brasil?

Geografia

Pressão atmosférica

Últimos artigos

Sedentarização

A sedentarização foi o processo por meio do qual os humanos abandonaram o nomadismo, fixando-se em uma localidade.

Comidas de Festa Junina

Algumas comidas de Festa Junina são: a pamonha, o milho cozido, o milho assado, a canjica, o curau, o arroz-doce, a paçoca, o mané pelado, o pé de moleque e o bolo de milho.

Lixiviação

Lixiviação é um processo de degradação do solo que consiste na retirada de seus nutrientes pela percolação da água, o que reduz sua fertilidade e pode levar à desertificação.

Ciclo do Café

O ciclo do café foi o ciclo econômico em que o café predominou na economia brasileira. Iniciou em meados do século XIX, estendendo-se até metade do século XX.